sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Homem é preso suspeito de matar jovem que testemunhou contra ele em processo por assassinato

Um guarda civil municipal foi preso suspeito de matar um jovem que testemunhou contra ele em um processo por assassinato, em Salvador. A informação foi divulgada pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (22). O crime ocorreu no dia 4 de setembro, no bairro de Cosme de Farias, na capital.

Conforme a polícia, a vítima, identificada como Pedro Santos Neves, de 26 anos, foi morta a tiros, na Ladeira do Sossego, quando estava na porta de casa com os irmãos. De acordo com a polícia, a vítima foi surpreendida pelo guarda e por um outro homem, que ainda não foi identificado.

Segundo a polícia, o suspeito, Marcos Cardoso dos Santos, 35 anos, teve mandado de prisão cumprido após se apresentar no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), acompanhado de um advogado, na segunda-feira (19). 

De acordo com a polícia, o guarda preso já respondia pelo assassinato de uma outra pessoa, ocorrido em 2012. O jovem morto neste mês era testemunha do caso e, segundo a polícia, havia sido ameaçado pelo suspeito por conta disso. Conforme a polícia, durante uma das audiências do caso, a vítima precisou sair do fórum escoltado pela polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário