segunda-feira, 4 de setembro de 2017

NOTA PUBLICA DA ASSOCIAÇÃO EROS

A Associação EROS primeiro Grupo Gay de Ilhéus desde o ano de 2005 a 2013 fundamentou a criação e organização do projeto PARADA GAY DE ILHÉUS a cada realização e organização foi atribuído o respaldo e reconhecimento em todas as esferas Nacional, Estadual e Municipal após logos anos de aprovação e realização do Projeto da Parada da Gay de Ilhéus em parceria com a Prefeitura Municipal de Ilhéus, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Turismo, Coordenação Municipal de DST e AIDS.

Nossa proposta de ações do projeto da Associação EROS visa a qualidade das ações norteando a base de Campanhas de Prevenção e Controle das DST/AIDS através da parceria efetiva e incentivada através da Prefeitura Municipal, Secretaria de Saúde e a equipe técnica da Coordenação de DST e AIDS de Ilhéus que certamente incorpora os serviços de teste rápido de AIDS e Hepatites Virais, distribuição de materiais educativos e preventivo bem como o incentivo ao exercício a cidadania dos Homossexuais em geral princípios estes primordiais promovidos pelo movimento social instituído desde o ano de 2002 fundação da Associação EROS na cidade visando o controle social e a luta contra o preconceito, discriminação racial e homofobia na sua historicidade.

A Associação EROS nesta nota pública de forma respeitosa vem através deste, informar a todos os órgãos públicos de Governo, Policia Militar da Bahia e região, empresa privada, grupos políticos, movimentos sociais, rede de TV e Rádio, organismos de controle social, e toda sociedade de Ilhéus e demais população de cidades que compõe o estado da Bahia que “Não se responsabilizamos por quaisquer eventuais problemas e danos causados pela desordem, falta de coerência com relação a Campanha de Saúde pública, á Violência incorporada nesta organização da 13ª PARADA GAY DE ILHÉUS do dia 24 de setembro de 2017 provida de forma tendenciosa e desordeira por outra entidade.

Apesar dessa desastrosa situação e outras entidades que contrapõem a proposta real do projeto de cunho criado pela Associação EROS estamos vindo a público ressaltar a todos que estaremos SIM procurando parceria efetivas para que possamos em outra data, mês do ano de 2017 realizara

organização a 13ª PARADA GAY DE ILHÉUS com a finalidade de promover ações concretas de controle social referente as politicas públicas de saúde as DST e AIDS e o fomento a cultura, turismo e o respeito aos cidadãos e cidadãs homossexuais e heterossexuais que sempre apoiaram nossa causa nesta cidade de Ilhéus.

Para nós da Associação EROS é repudiante estas ocorrências e atrocidades de apropriação indevida do nosso projeto criado pelo EROS na sua integridade desde a sua primeira edição no ano de 2005, foram muitos anos de luta, persistência e dificuldades vencidas para alcançar, respaldo do Governo Municipal de Ilhéus nestes atuais tempos.

Lamentamos a todos que nos deram apoio direta e indiretamente ao projeto construído mas infelizmente ocorrências e imprudências nos assolaram ficando marcas e cicatrizes marcadas por tiroteio, violências, perda de vidas, farras exageradas, banda, bagunça e falta de organização com os demais organizadores infiltrados em nosso sonhado projeto, nosso sentimento não é de culpa pelos desastres presenciado por todos que acompanharam todas as edições da realização da Parada Gay, não podemos esquecer o período assombroso dos tiros que culminaram em desespero total das pessoas correndo sendo pisoteadas no asfalto da avenida soares Lopes e a falta de controle daquela organização truculenta falta amor pela vida de todos os participantes no evento isso é desorganização e falta de planejamento das ações do projeto.

Precisamos que algo seja feito para devolver a ordem, ética e moral a organização da Parada Gay que leva o peso do nome da cidade de Ilhéus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário