segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Policial civil é morto a tiros e mulher é baleada na ilha de Vera Cruz

Um policial civil foi morto a tiros em via pública, na localidade de Catu, na Ilha de Vera Cruz, região metropolitana de Salvador. O crime ocorreu neste domingo (17), por volta das 15h.

De acordo com a Polícia Militar, a companheira dele também foi baleada. Testemunhas informaram aos PMs que quatro homens armados chegaram ao local em um veículo preto, atirou no policial e na mulher dele e, em seguida, fugiram levando o carro do policial, de cor branca.

A Secretaria de Segurança Pública informou, por meio de nota, que a companheira do policial foi socorrida por populares para o Hospital Geral de Itaparica. Não há informações sobre o estado de saúde dela.

Ainda por meio de nota, a SSP informou que o policial foi identificado como o investigador Édson Silva Oliveira. Equipes da 24ª Delegacia Territorial, com apoio de guarnições da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar, ambas unidades de Vera Cruz, investigam a morte do policial.

'Macarrão', como era conhecido, trabalhava no posto policial do Hospital do Subúrbio. O investigador respondia a um Processo Administrativo Disciplinar por trafegar com carro adulterado e por envolvimento com prática criminosa de extorsão.

Édson chegou a ficar preso na Corregedoria da Polícia Civil. Em novembro do ano passado, mandados de busca e apreensão foram cumpridos em endereços ligados ao investigador.

Segundo a SSP, apuração preliminar e ainda não confirmada é de que dois homens encapuzados participaram da ação criminosa. Informações sobre o caso podem ser enviadas através dos telefones 3235-0000 (Disque Denúncia), 3633-5804 e 3633-5800 da 24ª DT e 190.

Nenhum comentário:

Postar um comentário