segunda-feira, 25 de setembro de 2017

População realiza protesto na porta do Fórum após sepultamento de mulher morta no Daniel Gomes

Familiares e amigos da jovem Ariana Santos, assassinada na tarde de ontem (24) durante ação de criminosos no bairro Daniel Gomes, em Itabuna, deram o último adeus a manicure na tarde desta segunda-feira (25), no cemitério Campo Santo. 

O clima era de total comoção. Após o sepultamento, amigos e familiares se dirigiram em direção ao Fórum Ruy Barbosa onde pediram por Justiça.

Vários cartazes com dizeres como: “Queremos paz!”, “ Mais uma vida inocente que se vai”, foram erguidos por quem estava presente na pequena manifestação.
Durante o protesto, um pequeno grupo de adolescentes que estavam pedindo por justiça entraram em conflito com uma outra adolescente que ia passando no local. Cerca de três adolescentes chegaram a tentar agredir a menina que se abrigou em um comércio próximo ao Fórum.

As adolescentes diziam que elas eram do “tudo três” e acusavam a  menina de ser do “tudo dois”. Segundo informações, “Tudo dois” é da facção Raio A e “Tudo três” é da facção DMP.
O proprietário do estabelecimento acionou a Polícia Militar para conter os ânimos das adolescentes que aparentavam ser menores.

O Crime

Ariana foi morta com um tiro no peito quando estava em um bar no bairro Daniel Gomes, em Itabuna. De acordo com informações, indivíduos em um carro prata passaram atirando aleatoriamente. Além de Ariana, mais cinco pessoas ficaram feridas e foram socorridas para o Hospital de Base.

Segundo a polícia, todas as vítimas atingidas eram inocentes, sem nenhum envolvimento com o mundo do crime. Todos estavam comemorando a classificação do time nos jogos do interbairros, quando aconteceu o atentado.

A Polícia Civil está investigando o caso e informou que já tem o nome de dois dos cinco suspeitos de participarem da ação criminosa

Links relacionados:



Nenhum comentário:

Postar um comentário