quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Semana de Mobilidade Urbana debate regulamentação de mototaxi em Ilhéus

Um dos temas em discussão durante a Semana de Mobilidade Urbana, que começa nesta quinta-feira, dia 14, em Ilhéus, é a viabilidade de regulamentação do serviço de mototaxi na cidade. O evento, promovido pelo Instituto Nossa Ilhéus, financiado pela União Europeia, conta com o apoio da Prefeitura. A consulta popular será feita através do Delibera Brasil, com a metodologia mini público aplicada pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC).

As atividades da Semana de Mobilidade Urbana foram discutidas, na manhã de hoje, 13, em reunião realizada no auditório do Centro Administrativo do Município, com a participação do vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal, dos secretários de Relações Institucionais e de Indústria e Comércio, Sérgio Souza e Paulo Sérgio dos Santos, do superintendente de Trânsito e Transportes, Gilson Nascimento, além do presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito (Sindatran), Valério Bonfim, do chefe de Fiscalização da Sutran, Rogério Buralho, da presidente da Abedefi (Associação Beneficente dos Deficientes Físicos de Ilhéus), Cleide Avelino, Arthur Valente, do Serviço de Licença de Obras Particulares ( LOP), Odailson Aranha, diretor do Conselho Comunitário da Zona Sul, entre outros.

Segundo Marília Arruda, representante do Instituto Nossa Ilhéus, esta é a primeira vez que o projeto acontece no Brasil. E Ilhéus está entre as nove cidades contempladas no País. “Este é um projeto piloto que serve como se fosse um júri popular, onde especialistas irão tratar sobre o tema Moto Taxistas e Taxis lotação, que também é um assunto muito complicado aqui em Ilhéus, onde, inclusive, alguns acidentes já ocorreram com vítimas fatais, que teve uma repercussão muito grande. Então, vamos tratar com a sociedade, com pessoas leigas, para ouvir suas opiniões sobre o assunto”, afirma Arruda.

Essa pauta será discutida por dois dias, 14 e 15, como uma espécie de júri popular, onde essas questões serão abordadas e o resultado do trabalho transformado em um relatório, a ser elaborado por técnicos do Delibera, em São Paulo, e depois entregue ao Poder Executivo para servir de subsídio de uma possível regulamentação desse serviço no município.

Na opinião do chefe do Sutran, Gilson Nascimento, “a legislação do Moto Taxista já existe em várias partes do País, e é preciso que o município regulamente. Já estamos com esse estudo e recebemos agora esse presente do Delibera Brasil, do Instituto Nossa Ilhéus, que vai provocar a sociedade para identificar qual o modelo ideal do serviço que ela quer para Ilhéus”. Segundo ele, a particularidade de Ilhéus é diferente de outras cidades e por isso é muito importante fazer este diagnóstico junto ao público alvo, no caso, as pessoas que irão preferir andar de ônibus, de moto táxi ou de taxi.

Programa - A programação da Semana de Mobilidade Urbana é gratuita e faz parte do projeto da União Europeia “Orçamento e Direito à Cidade – Fortalecimento e Organizações da Sociedade Civil para Monitoramento e Incidência na Política de Mobilidade Urbana”, coordenado pelo INESC, que busca fortalecer políticas de mobilidade urbana no Brasil. O evento inclui ainda outros debates, concursos de fotografia e de arquitetura e urbanismo, bicicletaço e atividades nas ruas em diversos pontos da cidade até o próximo dia 24. 

Haverá o concurso VivaAcidade, voltado para estudantes de Arquitetura e Urbanismo, que podem apresentar propostas criativas para a revitalização da área referente à Poligonal que compreende as Ruas Araújo Pinho e Santos Dumont. Outro concurso é o “Essa Rua tem história”, cuja ação vai oportunizar 480 alunos do ensino fundamental a participarem de caminhadas guiadas pelo Centro, buscando o conhecimento da história das personalidades cujos nomes denominam as ruas da cidade. As selfies serão publicadas nas redes sociais junto com as informações sobre os nomes das ruas, sendo que a mais curtida será premiada no dia 22.

Na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes, entre os dias 19 e 21, sempre às 19 horas, será realizada uma série de “Improviso, Oxente!”, mesa-redonda com intervenções artísticas, com debate livre sobre temas como acessibilidade, cidade para pessoas, mobilidade em bicicleta e requalificação do quarteirão Jorge Amado. Também será abordado o PPA 2018-2021, entregue pelo Poder Executivo ao Legislativo para discussão e aprovação até 15 de dezembro deste ano.

Na manhã do dia 24, ruas serão fechadas para estimular a reflexão sobre o melhor uso do espaço público, por meio de atividades lúdicas, e um bicicletaço sairá do Bairro Hernani Sá até o Centro da Cidade, como um estímulo ao uso de bicicletas como meio de transporte e pela criação de ciclovias na cidade.

Apoio - A Semana de Mobilidade Urbana tem também o apoio da Associação de Deficientes Físicos de Ilhéus (ADEFI), Casa de Apoio aos Deficientes Físicos (CADEFI), Associação dos Moradores Hernani Sá, Associação Ciclistas de Ilhéus, Delibera Brasil, Câmara de Vereadores, Secretaria de Educação (Seduc) Polícia Militar, Universidade Estadual de Santa Cruz, Sebrae, Conder, Hotéis Tororomba e Village Indaiá, Rotary Club Jorge Amado, Rotary Club de Ilhéus, Serviço de Assistência Familiar (SAF), Faculdade Madre Thaís, UNIME, Goca Moreno e Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP do Chocolate Nelson Schaun).

Para mais informações, acesse www.nossailheus.org.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário