sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Moro dá prazo de 48 horas para defesa de Lula entregar recibos originais de aluguel de imóvel

O juiz Sérgio Moro determinou nesta sexta-feira (13) que a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entregue em 48 horas os recibos originais de pagamentos de aluguéis do apartamento vizinho ao de Lula em São Bernardo do Campo (SP), que é investigado na Operação Lava Jato.

“Os recibos deverão ser entregues na Secretaria deste Juízo e que os acautelará para submetê-los a perícia caso seja de fato deferida.”, determinou o juiz. A defesa do ex-presidente havia pedido uma audiência formal para a entrega dos recibos e a presença de um perito.

"Desnecessária audiência formal para entrega ou a presença de perito", afirmou o juiz responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância. Moro afirmou que a defesa pode fazer cópias dos recibos antes de entregá-los.

A propriedade do apartamento faz parte da denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF), que acusa o político de receber propina da Odebrecht em decorrência de contratos entre a empresa e a Petrobras. Também é investigada a compra de um terreno onde, de acordo com os procuradores, seria construída a nova sede do Instituto Lula.

De acordo com a denúncia, o imóvel foi comprado por Glaucos da Costamarques, a pedido do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula. Ambos também são investigados na operação.

Costamarques disse ao juiz Sérgio Moro que estabeleceu um contrato de locação do apartamento em 2011, mas que começou a receber os alugueis a partir de 2015. Ele também afirmou que assinou no mesmo dia, enquanto estava hospitalizado, os recibos de pagamentos de aluguel apresentados pela defesa de Lula.

O ex-presidente nega a acusação do MPF

Cristiano Zanin, advogado de Lula, afirmou que assim que for intimado fará a entrega dos recibos no prazo estipulado. Ele considerou surpreende o fato de o juiz não aceitar a audiência e a presença do perito.

"Temos interesse no reconhecimento de que os documentos são autênticos, como sempre afirmamos, e atendem a recomendação de entrega feita pelo próprio juiz na audiência de 13/09", declarou o advogado.

Recibos sob investigação

Para contestar a versão, a defesa de Lula apresentadou a Justiça 31 recibos, para comprovar que a família de Lula paga os aluguéis regularmente. As datas são de 2011 a 2015. Alguns deles possuem erros de grafia semelhantes, além de datas que não constam no calendário.

O MPF, por sua vez, contestou a originalidade dos 26 primeiros recibos. Os procuradores abriram um incidente de falsidade criminal, procedimento para investigar a origem de provas anexadas a um processo. Para eles, os recibos são "ideologicamente falsos".

O juiz Moro determinou, no dia 9 de setembro, que a defesa do ex-presidente Lula da Silva esclarecesse se possui os originais dos recibos e que, caso eles existam, que fossem apresentados.

Na quarta-feira (11), a defesa do ex-presidente apresentou, via sistema eletrônico da Justiça Federal, outros seis recibos de 2011, sendo que um já fazia parte dos 26 primeiros recibos, e informou estar com os originais.

A defesa também protocolou outros documentos referentes à locação do imóvel, como uma carta de Glaucos Costamarques para a Dona Marisa, solicitando que o pagamento fosse efetuado em um banco diferente.

16 comentários:

  1. Esses FDP só perseguem Lula.Vão prender o Aécio...Temer...José Serra,bandidos!

    ResponderExcluir
  2. Vai apresentar é nada esse verme! Vai falar que a finada abiduziu os originais

    ResponderExcluir
  3. os mortadelas fica metendo o dedo no próprio rabo dizendo que o MORO estar perseguindo o luladrão, o safado estar tendo todas as oportunidades de poder provar que não é um ladrão, o desespero é que não vai ter como se inocentar, vai pro xilindró mesmo kkkkkkk.......

    ResponderExcluir
  4. Não entendo como tem idiotas que ainda acredita em um bandido desse, tanto faz Lula, Aecio, Temer, são todos cachorros famintos que querm roer até o osso, e o problema é que tem idiotas militantes e partidários que maram e morrem por essa corja de ratos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem está defendendo são os esfomeado da mortadella.kkkkkkkk

      Excluir
    2. Falou tudo só quem defende é os pobres miséraveis da mortadellas.kkkkkkk

      Excluir
  5. O moro é um juiz vagabundo, partidarista a serviço do PSDB

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vagabundo ê vc que defende ladrão seu monstro
      ..

      Excluir
    2. E quem defende ladrão com grande números de provas acusando dos crimes cometidos é o q?

      Excluir
  6. Lula 2018... ...Na prisão!

    ResponderExcluir
  7. Até a pose ou seja a maneira de se portar diante do magistrado, é de BANDIDO !

    ResponderExcluir
  8. Não tem recibo não prende logo esse ladrão.

    ResponderExcluir
  9. SERGIO MORO PRESTOU CONTAS AOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO E À OPINIÃO PÚBLICA QUE FORMOU CONTRA LULA.E QUANDO SE TRATA DE TUCANOS,ESSA SANTA JUSTICEIRA DO JUIZ DE CURITIBA NÃO SE MANIFESTA.É UMA CONDENAÇÃO SEM QUALQUER PROVA CONTRA O LULA AS ELEIÇÕES 2018 SE APROXIMA E NADA ACONTECE!VERGONHOSO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por onde a população brasileira iria saber sobre esses crimes, se não fosse as coletivas do ministério público pra todas emissoras, jornais e portais de notícias, a q meio de divulgação moro deu entrevista exclusiva, a investigação trata dos partidos aliados do Pt, q davam suporte ao seu governo. É MUITA BURRICE OU PARTIDARISMO DOENTE ACHAR Q LULA É O HOMEM MAIS HONESTO DO MUNDO, COMO ESSE ESCROTO JÁ FALOU.

      Excluir
  10. Na reportagem anterior, um ladrão arrependido confesso o crime e devolve os bens roubados. Enquanto isso, Lulaladrão, o maior gatuno da história da humanidade, afirma ser mais honesto que Jesus Cristo. Sorte dele que os Deuses não primam pela punição exemplar deste boquirroto. Seja modesto Lulaladrão! Embora seja impossível o surgimento de outro ladrão superior a ti, não se vanglorie da sua eficiência e capacidade!

    ResponderExcluir