terça-feira, 17 de outubro de 2017

Vídeo - Homem adota cachorro que fez xixi em suas costas, marcou território

Heinze Sánchez, de 27 anos, estava distraído mandando mensagem para uma garota no aplicativo de paquera Tinder quando foi surpreendido por um cachorro que fez xixi em suas costas, na sexta-feira (13). O momento foi registrado por uma câmera de segurança do local e fez sucesso na internet.

Os primeiros minutos foram de indignação, mas, logo depois, o sentimento de Heinze se transformou e ele decidiu adotar o animal, que agora se chama Enzo Sánchez e tem um lar para viver.

O estudante de educação física contou ao G1 que estava sentado no meio-fio de uma rua em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, porque queria dar um “bom dia diferente” para a menina com quem falava e que só percebeu o que havia acontecido porque sentiu um “líquido quentinho”.

“Eu estava concentrado. Só percebi porque senti aquele negócio quente escorrendo pelas minhas costas. Fiquei indignado na hora, mas em nenhum momento quis machucar o animal. Quando dou o chute, minha perna estava bem longe do cachorro, foi mais para dar o susto”, explicou.

Mas quase que Heinze perde a paquera por conta do incidente. “Eu parei de responder a conversa, depois vi que a menina tinha mandando várias mensagens perguntando por que eu não queria mais falar com ela. Tive que explicar que um cão tinha mijado em mim”, divertiu-se.

Heinze ficou sabendo que o vídeo estava circulando na internet porque um homem no metrô estava comentando sobre o caso. “Eu estava indo para a praia do Arpoador e tinha um cara falando do vídeo dentro do metrô. Pedi para ver a imagem e foi assim que percebi que era eu”, contou ele, que chegou a ser ameaçado por algumas pessoas que acharam que ele queria agredir o bicho.
“Nunca faria isso, tanto que voltei lá no dia seguinte para procurar o cachorro. Ele estava lá. Perguntei aos moradores se ele tinha dono e disseram que não. Estava chovendo no dia e, assim que o chamei, ele veio na hora esfregando a cabeça em mim.” G1 Vídeo abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário