terça-feira, 14 de novembro de 2017

Rui anuncia mil vagas para concurso da Polícia Civil


Em mais uma edição do programa #PapoCorreria, transmitido ao vivo pela rede social Facebook, o governador Rui Costa confirmou a publicação do edital do concurso da Polícia Civil ainda este ano, na primeira quinzena de dezembro, e deu mais detalhes sobre o processo.

“Me reuni nesta semana com o secretário da Segurança Pública, com o secretário da Administração do Estado e também com o secretário da Fazenda, e nós batemos o martelo, e o concurso público será realizado com mil vagas para a Polícia Civil, entre agentes policiais civis e delegados”, afirmou o governador.

O Governador do Estado autorizou a realização de concurso público para contratação de mil novos policiais civis, atendendo a resolução número 433/2017, expedida pelo Conselho de Política de Recursos Humanos (Cope).

O concurso vai abrir 880 vagas para investigador de polícia, 82 para delegado e 38 para escrivão. O edital de abertura para inscrição dos candidatos no certame está previsto para ser lançado na primeira quinzena de dezembro deste ano.

O Cope é um colegiado consultivo e de supervisão que tem por finalidade estabelecer diretrizes e normas relativas à política de recursos humanos do Estado. O conselho é presidido pelo secretário da administração e composto por outros três secretários de estado, além do procurador geral e pelo superintendente de Recursos Humanos do Estado.

A Polícia Civil solicitou a abertura do concurso para delegados, investigadores e escrivães em função da aposentadoria, exonerações e falecimento de policiais. O pedido passou por análise da Secretaria da Administração quanto ao número de vagas disponível nas carreiras e pela avaliação da Diretoria de Planejamento Orçamentário, para verificar a disponibilidade orçamentária e financeira. Os estudos foram encaminhados ao Cope para subsidiar a decisão dos conselheiros. O Governador autorizou a realização do concurso, homologando a resolução do Cope.

Nomeação

A previsão para o ingresso dos novos policiais civis na corporação é em julho de 2018. Antes de serem convocados os candidatos vão fazer provas objetivas e discursivas. Depois precisam passar por exames médicos e teste de aptidão física, fases que também são eliminatórias. Serão submetidos também a exames psicotécnicos e passarão por investigação social.

Entre 2015 e 2017, o Governo nomeou 1.850 novos policiais militares. No ano de 2016, 687 novos policiais foram incorporados aos quadros da Polícia Civil. Contratou, também, 414 novos agentes penitenciários e 121 peritos para o Departamento de Polícia Técnica.

Em junho de 2017, realizou o maior concurso da história da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, com cerca de 140 mil candidatos para 2.750 vagas (2 mil para PM e 750 para Bombeiros). Ainda em 2017, realizou concurso para oficiais, sendo 60 da PM e 30 do Corpo de Bombeiros.

O governo também aumentou o valor pago aos policiais pelo Prêmio por Desempenho Policial (PDP), concedido àqueles que atingirem as metas de redução de criminalidade nas suas áreas de atuação. Além do aumento no valor, o governo passou a conceder a premiação duas vezes ao ano a conceder para um número maior de policiais.

10 comentários:

  1. Qual o valor do salário?nível superior para um salário irrisório é melhor não fazer para não se vende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o cargo de AGENTE DE POLICIA CIVIL no
      meu haver deveria ser exigido o nível médio e para DELEGADO DE POLICIA CIVIl E ESCRIVÃO AI SIM seria o nível superior

      Excluir
  2. Ano que vem tem eleição.
    O governo comesou a trabalhar pelo entrece do povo em

    ResponderExcluir
  3. Ano que vem tem eleição.
    O governo comesou a trabalhar pelo entrece do povo em

    ResponderExcluir
  4. kkkk, desenformado você, maior concurso ? kkk

    ResponderExcluir
  5. É muito importante a realização de concursos públicos em todas as áreas, mas mais do que isto é preciso dar condições de trabalho aos policiais que já estão
    na instituição. O que se observa atualmente é um descaso em todas as áreas, educação saúde e sobretudo no que se refere à Segurança Pública. Policiais civis mal remunerados, Delegados com raríssimas exceções arrogantes e despreparados para a função, sobrecarga de trabalho sem as mínimas condições. A Polícia Civil vive um drama sem apoio estrutural, ex: gasolina escassa, ficam vivendo de migalhas das prefeituras para abastecerem, operações cinematográficas realizadas como dizia minha avó: "de caju em caju" e quando realizam aparecem os "Homens do Judiciário" para liberarem os presos na tal Audiência de Custódia. Então os Policiais tanto civis como militares ficam de pés e mãos atados. Uma Promotoria sonolenta, onde a grande parte dos promotores se preocupam em ministrarem sua aulas nas Universidades e faculdades e o passa tempo é "encher o saco" da Polícia com as revistas de Auto de Resistência, quando não estão preocupados com o bem estar dosa presos e nós cidadão que pagamos os impostos estamos à mercê da sorte. É o Sistema que faliu plenamente e a corrupção existente no Poder Público. Vive-se uma Bahêeaa da propaganda programada para iludir o povo onde se mudam os artistas políticos, mas os objetivos escusos são os mesmos. Viva o pão e viva o circo e segue-se o funeral de um país chamado Brasil.

    ResponderExcluir
  6. Uma salva de Bufas para ele...

    ResponderExcluir
  7. Aqui, no besteirol das 13:58 horas, um asno manifestou a "reação padrão" de um povo covarde, ignorante e estúpido. Devido à inércia do povo, o Brasil tornou-se uma república dominada pela bandidagem organizada em quadrilhas políticas que, além de roubar, mantém escravizados os imbecis covardes.

    ResponderExcluir
  8. É isso aí melhor Governador. Salário em dias. Inauguração de obras.

    Parabens,o melhor governador

    ResponderExcluir