sábado, 19 de agosto de 2017

Preso por não pagar pensão, Edilson é solto após quatro dias

Depois de quatro dias detidos por dívida de pensão alimentícia, o ex-jogador de futebol Edilson Silva Ferreira, conhecido como Capetinha, foi solto na noite desta sexta-feira (18). A informação foi  confirmada pela assessoria de comunicação  da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap). Capetinha estava preso em cumprimento de um mandado de prisão temporária expedido pela 2ª Vara da Família, em Brasília. Ele foi detido em um shopping de Salvador, na terça-feira (15).

O ex-jogador  passou três dias detido na Coordenadoria de Polícia Interestadual (Polinter), no Complexo dos Barris, e foi transferido para Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, no início da tarde da última quinta-feira (17).  Após a prisão, o ex-atleta teve bens bloqueados a pedido do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-BA) em função de dívidas trabalhistas. O valor é estimado entre R$ 8 milhões e R$ 10 milhões, segundo o TRT. Os processos, de acordo o Tribunal, estão em andamento desde 2011.

O CORREIO tentou falar com a defesa de Edilson, mas até a publicação dessa reportagem não teve retorno. O atleta teria feito um acordo em relação à dívida com a pensão para conseguir a liberação, mas o valor envolvido não foi

HISTÓRICO DE PRISÕES

Capetinha já tem um histórico de prisões por dívida de pensão alimentícia. Esta é a terceira vez que o ex-jogador é detido pelo mesmo motivo. A primeira vez aconteceu em março de 2014, também em Salvador. A segunda foi em julho de 2016, em Brasília, com uma dívida de R$ 430 mil.

Edílson também é alvo de uma operação da Polícia Federal que investiga fraudes em pagamentos de prêmios das loterias da Caixa Econômica Federal. Ele chegou a ser conduzido coercitivamente, mas não ficou preso. Segundo a Polícia Federal, ele usaria sua conta bancária para movimentar valores referentes a um esquema que, segundo estimativa, teria desviado cerca R$ 60 milhões em pouco mais de um ano. //Correio da Bahia

Investigação confirma aposentadoria irregular de Dilma

Na manhã de 1 de setembro de 2016, o ex-ministro da Previdência Carlos Gabas e uma secretária pessoal da ex-presidente Dilma Rousseff entraram pela porta dos fundos de uma agência da Previdência na Asa Sul, em Brasília.

No dia anterior, o Senado havia formalmente cassado o mandato de Dilma Rousseff. Gabas, já ex-ministro do moribundo governo petista, chamou a atenção dos funcionários da agência ao surgir na porta e logo se isolar na sala do chefe da agência. 

O que o ex-ministro da Previdência faria ali? Vasculhando o sistema do INSS, um grupo de servidores logo descobriu algo errado: no intervalo de poucos minutos que o ex-ministro e a secretária de Dilma estiveram na agência, o processo de aposentadoria da ex-presidente foi aberto no sistema e concluído sigilosamente. 

Graças ao lobby de Gabas e a presença da secretária, que tinha procuração para assinar a papelada em nome da petista, em poucos minutos, Dilma deixou a condição de recém-desempregada para furar a fila de milhares de brasileiros e tornar-se aposentada com o salário máximo de 5 189 reais. Ao tomar conhecimento do caso, o governo abriu uma sindicância para investigar a concessão do benefício.

Nesta sexta-feira, VEJA obteve as conclusões dessa investigação. No momento em que o PT trava uma luta contra a reforma da previdência, os achados da sindicância não poderiam ser mais desabonadores à ex-presidente petista. Segundo a investigação, aposentada pelo INSS desde setembro do ano passado, Dilma Rousseff foi favorecida pela conduta irregular de dois servidores do órgão que manipularam o sistema do INSS para conseguir aprovar seu benefício e ainda usaram influência política para conseguir furar a fila de benefícios.
 

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Bahia: Amigos brigam por causa de R$ 15 em conta de bar e morrem após um atirar no outro

Dois amigos morreram após um atirar no outro por causa de R$ 15 em uma conta de bar, na cidade de Wanderley, no oeste do estado. Segundo publicação do G1, o caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira (18). De acordo com a polícia, Davi Barros e Gileno Santana assistiam a uma partida de futebol em um bar. 

No momento de deixar o estabelecimento, os dois brigaram sobre quem deveria pagar o valor de R$ 15 cobrado no bar. Durante a discussão, Davi teria dito que não ia pagar o valor porque tinha sido convidado por Gileno, que não gostou da resposta e ameaçou o amigo com um revólver. Os dois discutiram e Davi deixou rapidamente o bar. 

De acordo com a polícia, momentos depois da briga, Davi voltou para o estabelecimento, também armado, e atirou contra Gileno, que revidou. A dupla foi socorrida por populares e levada para o hospital municipal, mas já chegou sem vida. O corpo de Gileno foi sepultado por volta das 8h desta sexta-feira. Segundo a polícia, o corpo de Davi será levado para Irecê, no norte da Bahia, onde deve ocorrer o sepultamento.

Tia do jogador Daniel Alves morre afogada no Rio São Francisco

Uma tia do jogador baiano Daniel Alves, que atua no clube francês PSG, morreu afogada no rio Salitre, afluente do rio São Francisco, em Juazeiro, norte da Bahia, nesta sexta-feira (18). A informação foi confirmada pela Polícia Civil e por familiares do jogador.

Conforme familiares, a mãe de Daniel Alves é irmã da vítima e passou mal ao receber a notícia. Ela recebeu atendimento médico em um hospital de Juazeiro.

Segundo a polícia, o caso aconteceu na manhã desta sexta, após a vítima, Marlúcia Capistania, 46 anos, sair para cuidar de umas mudas de banana na fazenda Mulungu, no povoado de Salitre, onde morava. De acordo com a polícia, a família estranhou a demora dela e foi procurá-la. O corpo foi encontrado no dreno do rio, perto da fazenda, e retirado da água por familiares.

O corpo de Marlúcia foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Juazeiro. A delegada Lígia Nunes, titular da 17ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/ Juazeiro), informou que, conforme o relato de familiares, Marlúcia teve um AVC há dois anos e também estava abalada com a morte de um primo, ocorrida na noite de quinta-feira (17), também no povoado de Salitre. O rapaz, que tinha 42 anos, foi morto a tiros. O crime é investigado. Ninguém foi preso.

Barateiro Supermercados

Polícia Civil prende acusado de participar da morte da pequena Ana Ketelen, de 4 anos

Policiais Civis da 6ª coordenadoria, DH, DTE, DRFR, 1ª e 2ª DT, deflagraram, na manhã desta sexta-feira (18), uma operação no condomínio Pedro Fontes I, em Itabuna. O objetivo da operação foi o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão. 

Um homem, identificado como Marcelo Gomes de Melo, acusado de participar do homicídio da menina Ana Ketelen, de apenas 4 anos, em 15 de agosto de 2012, no bairro Corbiniano Freire, foi preso. 
Marcelo, conhecido também como “Gazinho”, foi preso no bloco 29 do condomínio. Segundo informações, ele tentou despistar os policiais apresentando documento falso no nome de Jackson de Jesus Santos, mas foi descoberta a farsa, e que, contra ele havia mandado de prisão em aberto pela morte da criança.
Na época do crime, “Gazinho”, Edimlison Soares Oliveira, vulgo “Missinho” e mais 13 homens fortemente armados, que eram conhecidos como “o bonde do Novo Horizonte”, invadiram o bairro Corbiniano Freire, conhecido também como “Pau Caído” e efetuaram vários disparos de arma de fogo, causando a morte de Ana Ketelen, que foi atingida por um tiro de escopeta enquanto dormia.

Inovato Excurão: Qualidade Comprovada!

Homem é morto a tiros em Itapé



Um jovem de 22 anos, identificado como André de Jesus Santos, foi morto a tiros nesta sexta-feira (18) na cidade de Itapé. 

O crime aconteceu dentro de uma casa no bairro Luiz Viana Filho. A autoria e motivação do crime são desconhecidas.

Supermercado Bom D+

O Supermercado Bom D+ fica Localizado na Av. Pedro Jorge, 116, bairro pedro Jerônimo - Itabuna-Ba. De acordo com o proprietário, Gerson Teixeira, o Bom d+ tem o melhor preço do bairro.

“Brava gente brasileira” será tema do Sete de Setembro em Itabuna


Representantes de diversos segmentos da sociedade civil organizada se reuniram na manhã desta sexta-feira (18), na Faculdade de Tecnologia e Ciência (FTC), para definir os detalhes finais para o tradicional Desfile de 7 de Setembro em Itabuna, que terá como tema este ano, “Brava gente brasileira”. A agenda girou em torno de questões relacionadas à ordem do desfile, da segurança, do tempo determinado para cada escola, e ainda, o que representa a data na própria História do Brasil. 

De acordo com a organização, a solenidade cívica será aberta às 7h40min com a leitura do texto oficial pelo cerimonial do governo, seguido de hasteamento das bandeiras do Brasil, pelo prefeito Fernando Gomes; da Bahia, pelo tenente-coronel PM Daniel Riccio, Comandante do 15º BPM, e de Itabuna, pelo presidente da Câmara de Vereadores, Chico Reis.

Aqui seu som sai Qualificado

Menor é apreendido após vítima reagir a assalto no bairro de Fátima


Um menor, de 16 anos, foi apreendido pela Polícia Militar, vtr 1501, acusado de tentativa assalto no bairro de Fátima, em Itabuna.  Com o menor a polícia apreendeu um revólver calibre 32 municiado.

De acordo com informações, o menor estava com um comparsa, que conseguiu fugir. Inicialmente eles iriam assaltar uma padaria na Rua São Francisco, mas abordaram duas vítimas na esquina que reagiram e conseguiram se livrar e conter um dos indivíduos. A vítima informou ainda, que o menor chegou a apontar a arma por trás dele, mas conseguiu desvencilhar-se. 
A Polícia Militar foi acionada e o menor conduzido à delegacia. A vítima também compareceu ao Complexo Policial para registrar a ocorrência.

O menor estava trajando uniforme de colégio estadual e uma mochila. Dentro da mochila havia um caderno, mas segundo o próprio menor, ele não estuda.





44 mil pessoas curtiram o Verdinho Itabuna, agora só falta você!



Funcionário da Conlar é baleado em tentativa de assalto

Hesdras Santos Matos, de 25 anos, foi baleado na madrugada desta sexta-feira (18), por volta da 00h50, vítima de tentativa de assalto na Rua Imperador, bairro Califórnia, em Itabuna.

Segundo informações, a vítima foi abordada por indivíduos que tentaram tomar sua moto em assalto no momento em que chegava em casa. Hesdras, que é funcionário da Conlar, foi baleado com dois tiros, alvejado no rosto e ombro.

A vítima foi socorrida por uma equipe do SAMU e conduzida ao Hospital de Base, onde segue internado.

Promoção de pizza pré assada, a partir de 13,99 aproveitem

Atenção!!! De segunda a sexta, a entrega é grátis

Mega promoção bemrecheada
Peça a sua pizza pelo Whatsapp

Polícia de Ilhéus investiga relação entre assassinatos de Júnior Scher e adolescente de 14 anos

Polícia investiga relação entre mortes de Mateus e Scher || Reprodução
A coordenadora do Núcleo de Homicídios de Ilhéus e Região, delegada Andréa Oliveira, ouviu nesta quinta-feira (17) duas testemunhas nos inquéritos que investigam os assassinatos de Ismenio Roberto de Menezes Scher Júnior, mais conhecido como Júnior Scher, 38 anos, e Mateus Gomes dos Santos, 14 de anos. Os dois foram mortos com requintes de crueldade em Ilhéus.
A delegada confirmou ao PIMENTA que Ismenio Roberto foi amarrado com os braços para trás, espancado e executado com tiros de pistola 380. Ele foi assassinado na tarde de quarta-feira (16), no Condomínio Águas de Olivença, mesma localidade onde o adolescente também foi morto.

A polícia investiga se a execução de Júnior tem relação com o assassinato do menor. O corpo do adolescente foi encontrado na terça-feira (15), com cabeça e braço decapitados. A cabeça da vítima foi encontrada em um terreno próximo de onde a outra parte do corpo foi enterrada. Ele estava desaparecido desde sexta-feira passada.

Segundo a delegada, existem rumores de que Júnior Scher estaria envolvido no assassinato de Mateus Gomes, e que aquele teria sido morto por vingança. “Mas ainda não temos elementos que confirmem a relação entre esses crimes. Por isso, estamos investigando outras hipóteses para as duas mortes. Não podemos descartar nenhuma possibilidade até elucidação dos dois crimes”, afirmou a delegada Andréa Oliveira.

BRIGAS

A delegada explicou ainda que está apurando informações de que tanto Júnior Scher, que era de Itabuna, quanto Mateus Gomes teriam se envolvido em brigas recentemente. Júnior teria se envolvido em mais de uma briga, sendo que uma delas durante festa numa casa que tomava conta em Águas de Olivença.

A delegada investiga ainda se os crimes estão relacionados ao tráfico de drogas. A policial já solicitou laudos sobre os dois crimes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus e marcou para a próxima semana novos depoimentos relacionados aos dois inquéritos.


UFRB vai recorrer de decisão que barrou título a Lula na Bahia

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) divulgou nota nesta quinta-feira (17) dizendo que ficou "surpresa" com a notificação da decisão da 10ª Vara Federal Cível de Salvador que suspendeu a entrega pela instituição do título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula. 

A UFRB afirma que a decisão do juiz Evandro Reimão dos Reis "fere um dos princípios fundamentais das universidades públicas que é a autonomia universitária", citando o artigo 207 da Constituição. Diz ainda que a quebra desta autonomia cria um "perigoso precedente, de consequências danosas" para o ambiente universitário brasileiro.

"A honraria ao ex-presidente Lula é um antigo desejo de setores da comunidade universitária da UFRB, pela implicação do seu governo com a expansão e a interiorização do ensino público superior", diz ainda o texto. A universidade explica que a proposta de conceder o título a Lula foi proposta por cinco membros do Consuni, que teve parecer favorável dos conselheiros e do plenário, em 11 de agosto, por ampla maioria. 

A entrega estava marcada para às 11h desta sexta (18) - Lula está na Bahia desde hoje cumprindo uma agenda variada.

A UFRB pediu que a Advocacia Geral da União (AGU) recorra da decisão e espera que esta seja revertida "com a certeza de que o respeito à autonomia das instituições de ensino superior público seja preservado e garantido".

Decisão
A decisão do juiz atendeu a ação popular ajuizada pelo vereador soteropolitano Alexandre Aleluia (DEM). Segundo o magistrado, a entrega do título tem "vistas a propiciar manifestação ruidosa do réu Luiz Inácio Lula da Silva no local da entrega da homenagem ao coincidi-la com o evento que ele está envolvido de visibilidade político-partidária denominado 'Brasil em Movimento'".

"Encaro esse título realmente como um absurdo. O Brasil não pode mais se acostumar com absurdos como esse. Não dá para aceitar um título de honra a um condenado a nove anos, ainda mais um título dado por universidade pública. Não da pra enxergar com braços cruzados um ex-presidente utilizar universidade pública como palanque eleitoral. A viagem à universidade foi marcada antes do titulo ser anunciado, isso acho que é uma prova cabal que existiu sim uma utilização eleitoral de um órgão público", diz Aleluia.

Decisão do STF sobre impeachment de Temer sai até próxima semana, diz Moraes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes disse hoje (17) que decidirá até o início da semana que vem sobre os mandados de segurança que querem obrigar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a dar um parecer sobre os pedidos de impeachment contra o presidente Michel Temer que estão no Congresso Nacional.

Moraes foi escolhido relator do mandado protocolado nesta quinta-feira pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), com pedido de liminar, no qual pede que o STF ordene a apreciação de um pedido de impeachment contra Temer feito pela entidade em maio. O pedido foi encaminhado à Câmara, mas não foi apreciado pela Casa.

O ministro recebeu o processo por prevenção, por ser relator de um outro mandado de segurança, impetrado pela Rede, cujos deputados também pediram o impeachment do presidente.

O partido de oposição quer que o Supremo obrigue o presidente da Câmara a se posicionar a respeito de todos os 25 pedidos de impeachment contra Temer que se encontram parados na Casa. Antes da sessão plenária do STF desta quinta-feira, Alexandre de Moraes afirmou que já recebeu as informações necessárias das partes interessadas, estando apto a decidir sobre o assunto já nos próximos

Batida entre dois carros deixa ao menos três mortos e cinco feridos no oeste da Bahia


Uma batida frontal entre uma caminhonete e um carro de passeio, ocorrida na tarde desta quinta-feira (17), deixou ao menos três mortos e cinco feridos na BR-020, trecho de Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia. Os carros envolvidos no acidente ficaram com as frentes destruídas.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ainda não há detalhes do que causou o acidente, apenas que a colisão ocorreu na altura do povoado de Novo Paraná. O Corpo de Bombeiros, confirmou que entre os mortos está o vereador Mardonio da Rocha Carvalho, de 39 anos, do Partido Solidariedade, de Luís Eduardo Magalhães.

Ainda segundo a PRF, o acidente ocorreu por volta das 17h20, e uma equipe da polícia foi encaminhada ao local do acidente. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhado ao local para dar socorro às vítimas.

Vereador é condenado após espancar a ex, arrastá-la pela escada e fazê-la comer terra em SP

O vereador Guilherme Prócida (PSDB), de Mongaguá, no litoral de São Paulo, foi condenado esta semana a três meses e 18 dias de detenção por agredir a ex-mulher. A vítima, uma professora de Educação Física, de 33 anos, foi alvo de socos na cabeça, teve o cabelo puxado e foi arrastada pela escada de casa.

As agressões que motivaram a mulher a denunciar Guilherme à polícia ocorreram às vésperas do Natal de 2011, segundo a advogada Cristina Yoshiko Saito. Na ocasião, ela discutiu e acabou ferida pelo ex-marido após descobrir uma suposta traição no relacionamento que mantinham há cerca de 3 anos.

"A briga ocorreu dentro da casa deles. Após relatar o que sabia ao Guilherme, ele deu diversos socos na cara dela, a puxou pelos cabelos e a arrastou pelas escadas. Ela disse que contaria a todos sobre a vida promíscua que ele mantinha, inclusive frequentando casas de swing (troca de casais)", disse a advogada.

Segundo Cristina, na mesma ocasião, ele a fez engolir a raiz de uma planta. "Ele disse que ela tinha que comer terra para parar de falar as coisas. Depois disso, a ex-mulher saiu da cidade ameaçada e escorraçada. Ela decidiu por registrar o caso na polícia e continuar com a ação em seguida", explicou.

Durante o processo, a advogada afirma, também, que a educadora física chegou a ser ameaçada. "Ela recebeu e-mails com avisos. Em um deles, estava escrito: 'Cuidado, você pode amanhecer boiando em um rio'. Tudo isso está nos autos, que foram julgados após quase cinco anos", afirmou a defensora.

A ex-mulher decidiu se separar do vereador após o ocorrido e se mudou para o interior do estado. "Ela achou pequena a pena, por isso avaliamos se vamos recorrer. Agora, vamos verificar se entramos com uma ação de danos morais para indenização", disse. A sentença foi estabelecida na segunda-feira (13).

Atualmente divorciado, Guilherme Prócida é filho do prefeito da cidade, Artur Parada Prócida (PSDB). O advogado de defesa, Eugênio Malavasi, afirma que o cliente é inocente e está ciente da sentença. "Vamos entrar com recurso da apelação, pois não houve agressão ou ameaça, além do que, tudo já está prescrito", disse.

Oitenta pássaros silvestres são apreendidos em residência na cidade de Vitória da Conquista

Oitenta pássaros silvestres foram apreendidos na tarde da última quarta-feira (16), em uma casa do bairro Bruno Bacelar, em Vitória da Conquista, cidade que fica no sudoeste da Bahia. Entre as espécies estão azulão, papa capim, canário, pássaro preto, periquito e sabiá.

O proprietário do imóvel, identificado como Renato Alves dos Santos, de 46 anos, foi preso e confessou o crime ambiental. Segundo a polícia, ele pode responder também por tráfico de drogas, já que no no local a polícia também encontrou maconha prensada e plantada.

Estado Islâmico assume autoria do atentado em Barcelona

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do atentado terrorista ocorrido hoje (17) em Barcelona, na Espanha, que causou a morte de 13 pessoas e deixou mais de 80 feridos, informou a agência de notícias Amaq, ligada aos extremistas. A informação é da EFE.

Em um breve comunicado, cuja autenticidade não pôde ser verificada, o EI disse pela rede de serviços de mensagens Telegram que "uma fonte de segurança afirmou à Amaq que os autores do ataque de Barcelona são soldados do Estado Islâmico".

O EI afirmou que a ação terrorista aconteceu "em resposta aos chamados do grupo para atacar os países da coalizão", em referência à aliança internacional liderada pelos Estados Unidos que atua contra jihadistas no Iraque e na Síria.

Até o momento, foi preso um suspeito de participar do ataque, identificado como Driss Oukabir, que em 2012 passou um mês na penitenciária de Figueras, na província de Girona, na Espanha, em regime preventivo. Ele tinha sido acusado de abuso sexual, disseram à Agência Efe fontes da investigação.

Oukabir, de origem norte-africana, tinha residência permanente na Espanha, o que significa que vivia há pelo menos cinco anos no país, segundo fontes da polícia.

Dinheiro do Bolsa Família está bloqueado para quase 58 mil baianos

O dinheiro do programa Bolsa Família está bloqueado para quase 58 mil baianos, segundo informações do Ministério do Desenvolvimento Social. Ainda segundo a pasta, o bloqueio atinge beneficiários que apresentaram problemas no cadastro e que não atenderam ao chamado para regularizar a situação. No estado, cerca de 3 milhões de famílias estão cadastradas no programa.

Periodicamente, os beneficiários são chamados para prestar informações sobre o cadastro. Eles são dividos em grupos, cada um diz respeito a uma situação, como revisão, atualização cadastral e averiguação. Ao todo, são oito grupos. Dessa vez, quatro grupos foram chamados com uma mesma data limite e, por isso, uma multidão foi à Secretaria Municipal de Promoção Social (Semps) nesta quinta-feira (17).

Entre os beneficiários que tiveram o dinheiro bloqueado está a dona de casa Eliana dos Santos. No cadastro consta que o marido passou a trabalhar com carteira assinada e, por isso, ela perdeu o benefício. O problema é que o marido saiu de casa há dois meses e ela está sem dinheiro para sustentar os dois filhos pequenos.

"Tenho dois meses com dinheiro bloqueado. Eu sou sozinha, cuidando da casa e dos meninos e dependendo da ajuda dos outros", contou.

Pendências na atualização do cadastro e averiguação, como subdeclaração de renda, que é quando alguém da família passa a trabalhar com carteira assinada, são as situações que mais levam ao bloqueio do Bolsa Família.

A ausência dos filhos na escola também é outro fator que leva ao bloqueio. Isso porque na regra para se manter no programa, a frequência exigida é de 75% a 80%, dependendo da faixa etária. Nesses casos, os pais podem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) para buscar ajuda. Conforme Leandra Adelino, chefe do setor de acompanhamento do Bolsa Família, alguns problemas podem causar a falta às aulas ou até mesmo o abandono escolar. Por isso é necessário procurar o Cras.

"Pode ser até uma questão de problema de visão, que a família não se deu conta. De repende está tendo uma dificuldade. Pode ser uma questão de déficit de atenção, pode ser questões relacionadas à segurança da escola, tráfico, bullying", explica Leandra.

Em Salvador, dos 183 mil beneficiários, quase cinco mil estão sem receber o dinheiro. Um problema que a dona de casa Sônia Sales enfrenta há um ano, quando a filha dela morreu e por isso, o benefício foi suspenso. O dinheiro faz falta na criação dos dois netos. "A moça me falou ali que ainda não está liberado, mas vai liberar", disse Sônia, aliviada.

Torre Eiffel terá luzes apagadas em solidariedade aos mortos em Barcelona

A Torre Eiffel apagou a iluminação habitual na madrugada desta sexta-feira (17), como forma de lembrar das vítimas do atentado em Barcelona, em que 13 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas, anunciou a prefeita de Paris, Anne Hidalgo.

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ato, em breve comunicado, cuja autenticidade não pôde ser verificada, segundo informou a agência de notícias "Amaq", ligada ao grupo extremista.

Pelo Twitter, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, afirmou que "Paris apagará a Torre Eiffel a partir de 0h45 (19h45 desta quinta-feira, no horário de Brasília), em homenagem às vítimas do atentado em Barcelona. Além disso, a prefeita completou a mensagem com a hashtag #SomosBarcelona.

A líder do Executivo municipal, que nasceu em Cádiz, na Espanha, e tem dupla nacionalidade, foi uma das primeiras políticas a se manifestar para condenar o ataque em Barcelona, demonstrando "tristeza e indignação".

Hidalgo enviou mensagem de solidariedade à prefeita de Barcelona, Ada Colau, e a todos os moradores da capital da Catalunha.

"Os parisienses estão do lado de vocês. Barcelona e Paris são cidades do amor e da tolerância. Esses são valores mais fortes do que esse terrorismo odioso e covarde", escreveu.

Ex-jogador Edilson é transferido para presídio

Preso há dois dias por conta de dívidas com pensão alimentícia, o ex-jogador Edilson "Capetinha" foi transferido da Coordenadoria de Polícia Interestadual (Polinter) para o Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, na tarde desta quinta-feira (17). A informação foi passada pelo delegado Ivo Tourinho, coordenador da Polinter.

De acordo com o delegado, Edilson foi levado para Centro de Observações Penais (Cop), que fica dentro do complexo, por volta de 12h. Além do ex-atleta, conforme o delegado, outros três homens que também estavam presos pelo mesmo motivo foram levados para o local. 

Edilson foi preso na terça-feira (15), em cumprimento de um mandado de prisão expedido pela 2ª Vara da Família, em Brasilia. O ex-jogador estava dentro de um shopping de Salvador quando foi abordado pela polícia. O valor que o ex-atleta deve de pensão é em torno de R$ 450 mil. Ele pode ficar preso por até 30 dias. (G1)