quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Homem é preso suspeito de tentativa de feminicídio contra a ex; mulher ficou cega

Um homem foi preso na tarde de segunda-feira (7), na cidade de Feira de Santana, na Bahia, suspeito de tentar matar a ex-namorada e deixá-la cega de um olho. De acordo com informações da Polícia Civil de Feira de Santana, Wesley Santos se apresentou na Delegacia da Mulher, acompanhado de um advogado, mas como havia um mandado de prisão preventiva decretado, ele ficou preso.

Segundo a polícia, Wesley atacou a ex-namorada Ana Luíza Nascimento, de 19 anos, no Dia dos Namorados, em 12 de junho deste ano, também em Feira de Santana. Ana Luíza tinha terminado o namoro com Wesley uma semana antes do crime, mas o homem telefonou para a vítima pedindo para conversar com ela e dar um presente.

No encontro, Ana Luíza levou várias facadas, e um dos olhos dela foi perfurado. A polícia disse que Wesley só não continuou com os golpes porque um carro passou pelo local e ele decidiu fugir. Ana Luíza Foi socorrida para o Hospital Clériston Andrade, também em Feira de Santana.

Um comentário:

  1. Tomara que alguém faça com ele o mesmo que fez com a mulher pra vê como é bom!Agora, peço que faça devagarinho de preferência com uma faca cega e enferrujada.
    Mulherada! Aproveitem a nov a lei do armamento e procurem andar armada, aprenda atirar, façam defesa pessoal e bote pra lascar em cima desses filhos da puta covardes! Sim são covardes porque se fossem valentes de verdade, enfrentariam outros homens. Essa semana, vi uma reportagem que uma mulher matou o marido a facadas. Aproveitou que ele estava bêbado, partiu pra cima dela como era de costume, ela o matou, chamou o Samu e ainda chamou a polícia. Estava sendo presa, mas de alma lavada e quê faria tudo de novo se preciso fosse. Estava cansada de apanhar e sofrer tentativa de morte. Aí tem gente que diz: Se apanhava, por quê não largou? Se ficar Apanha, se largar morre. Então, pegue o filho da puta na hora que menos espera, que são várias e manda pro inferno.

    ResponderExcluir