quinta-feira, 15 de agosto de 2019

MPF denuncia 5 pessoas por invasão de área federal para construção de aeródromo privado em Vitória da Conquista

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou cinco homens pelos crimes de invasão de terreno público e de desmatamento de área de Mata Atlântica, considerada área de preservação permanente, em Vitória da Conquista (BA). O aeródromo particular Fly Club Ninho das Águias foi construído no terreno que integra o Projeto de Assentamento Amaralina (PA Amaralina) e é destinada ao Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA).

De acordo com a denúncia, os crimes foram descobertos em 2014, quando agentes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) deram início à titulação dos beneficiários do projeto e encontraram uma pista de pouso e decolagem medindo aproximadamente 1.200 metros. A apuração dos fatos (Inquérito Policial n° 0173/2015) culminou na deflagração da Operação Overbooking, realizada em conjunto pelo MPF, Polícia Federal (PF) e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em outubro de 2016, quando foram cumpridos mandados de busca e apreensão no aeródromo e em quatro residências. (ipolítica)

2 comentários:

  1. Com certeza o aeródromo tem mais utilidade do que a destinação para reforma agrária do INCRA que era comandado pelos comunistas do PT. Essa reforma agrária petista só teve a finalidade em colocar um monte de preguiçosos que não produzem nada e vivem de cesta básica.

    ResponderExcluir