terça-feira, 29 de outubro de 2019

Homem é detido após se masturbar dentro de ônibus em Vitória da Conquista

Um homem de 37 anos foi detido na manhã desta segunda-feira (28) ao se masturbar dentro de um ônibus em Vitória da Conquista. Segundo informações do blog do Anderson, o homem foi detido pela 77ª Companhia Independente de Polícia Militar e apresentado no Plantão Central da Polícia Civil no Distrito Integrado de Segurança Pública. 

De acordo com testemunhas, o suspeito, que não teve a identidade revelada, estaria filmando mulheres e se masturbando dentro do veículo. A prática é configurada importunação sexual, podendo gerar pena de 1 a 5 anos de reclusão, segundo a Lei 13.718/2018.

6 comentários:

  1. O camarada mata, estupra rouba, pinta o caralho, vai pra audiencia de custodia, no outro dia tá solto, o camarada pode pegar 5 anos de cadeia por causa de uma punheta,ele ta errado e eu sei disso ! Más, a outras prioridades acorda Brasil !!!!!!!!!! Acorda brasileiros!!!!!!!! O que é um peido quando ja está todo cagado!

    ResponderExcluir
  2. Fida dsgçç punhetero.

    ResponderExcluir
  3. Quando é assim vira evangelico pra dar testemunho.

    ResponderExcluir
  4. É SÓ O QUE SE VER, E SÃO MUITOS DESSES VAGABUNDOS MERECE TOMAR UM TIRO NA CARA
    OU NO SACO PARA PRENDER RESPEITAR AS PESSOAS

    ResponderExcluir
  5. Homens, precisamos mudar. Fala mal desse cara que se masturbou no buzu, ele vai pagar pelo erro, segundo a lei de importunação sexual. Infelizmente vivemos em uma cultura que objetifica a mulher, errar todo mundo erra. Agora não pode permanecer no erro, e voltar a fazer isso novamente. Nessa lei de importunação, entra um beijo roubado ou tentativa de beijar, a mão boba etc... Quem nunca fwz isso? Porém precisamos ensinar desde cedo aos homens respeitarem as mulheres, pois tem gente que não faz nada disso mas agride a companheira. Eu tive minha lição quando errei! Se pudesse voltar no tempo e mudar eu faria isto, mas não dá. Agora é Conviver com a vergonha de constrager outras pessoas

    ResponderExcluir