quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

PF prende acusados de fraudes contra instituições bancárias em Feira de Santana

Cerca de 100 policiais federais cumprem, na manhã desta quarta-feira (4), oito mandados de prisão preventiva e 29 mandados de busca nas cidades de Feira de Santana, Salvador, Santa Bárbara e Catu, todas na Bahia, além de Fortaleza, no Ceará, expedidos pela 1ª Vara Federal de Feira de Santana. Os mandados são cumpridos através da Operação Assepticus, deflagrada pela Polícia Federal (PF) com o objetivo de desarticular uma organização criminosa atuante na região de Feira de Santana, especializada em fraudes contra instituições bancárias.

Segundo a PF, as investigações iniciaram a partir de provas e colaborações premiadas obtidas na Operação Ali Babá, deflagrada em julho de 2016, e apontam a participação de servidores públicos e despachantes em desvios que superam os dez milhões de reais.

Conforme apurado, os investigados forjavam contratos sociais e outros documentos com dados falsos, simulando a existência de faturamentos e rendimentos de grande monta, que, com a conivência de funcionários das instituições financeiras, possibilitavam a obtenção de empréstimos vultosos que jamais eram quitados. Os investigados irão responder pelos crimes de organização criminosa, estelionato, corrupção ativa e passiva, crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro. *As informações são do site Acorda Cidade

5 comentários:

  1. Tá faltando o MPF e a PF, fazer esse trabalho aqui em Itabuna, Cidade de gente trambiqueira, não generalizando,por que tem muitos honestos e trabalhadores também, porém a maioria são estelionatários.
    Tem um tal de Adilson, dono da JS materiais de construção no Bairro de Fátima,loja de fachada, esse aí é um dos maiores trambiqueiro , golpista e estelionatário de Itabuna.

    ResponderExcluir
  2. A Polícia Federal em conjunto com o Ministério Público, deveria fazer numa operação dessa lá em Itabuna.
    Cidade de trambiqueiros e estelionatários.

    ResponderExcluir
  3. A Polícia Federal em conjunto com o Ministério Público, deveria fazer numa operação dessa lá em Itabuna.
    Cidade de trambiqueiros e estelionatários.

    ResponderExcluir
  4. A Pf tinha que acaba com jogo de máquina casanica que tá de mais em Itabuna

    ResponderExcluir