quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Itagibá: Acusado de furtos, roubos e tráfico morre em confronto com policial

Morreu na manhã dessa quarta-feira (08) após confronto com um policial civil, um homem de 19 anos acusado de furtos, roubos e tráfico de drogas. De acordo com informações da Polícia Civil, Alessandro de Oliveira Menezes, apelidado de Xeba, estava com uma arma de fogo ameaçando uma pessoa que teria sido vítima de um furto praticado por ele. A Policia Civil foi acionada e um investigador deu inicio a tentativa  de prisão do suspeito, encontrado-o em um matagal às margens da BA-650.

Ainda segundo a Polícia, Xeba foi encontrado atrás de uma moita e quando o policial tentou realizar a abordagem o suspeito realizou um disparo e tentou fugir. O policial revidou e baleou Alessandro que ainda saiu correndo em direção a uma rua do bairro Gilda Fonseca, onde foi encontrado morto minutos depois. Próximo a uma cerca foram encontradas duas armas de fogo, uma garruncha e uma pistola 22.

A Policia Civil informou que contra Alessandro havia um mandado de prisão preventiva. Ele já havia sido preso em flagrante delito por crime de tráfico de drogas e por crime de roubo, além de ser suspeito de diversos crimes de furto que vinham sendo ocorridos em Itagibá. (Giro Ipiaú)

9 comentários:

  1. Balearam a mulher de Maguila da Unimed verdinho. Nem orea do Raio A tomou de raspão. Tiros na Califórnia também

    ResponderExcluir
  2. Balearam a mulher de Maguila da Unimed verdinho. Nem orea do Raio A tomou de raspão. Tiros na Califórnia também

    ResponderExcluir
  3. Balearam a mulher de Maguila da Unimed verdinho. Nem orea do Raio A tomou de raspão. Tiros na Califórnia também

    ResponderExcluir
  4. Itagibá não tem essa , vagabundo morre mesmo .

    ResponderExcluir
  5. Absurdo matar o cara assim... ele tinha que pagar pelos seus erros na cadeia. Como diz na constituição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho isso meu mano. Primeiro eles não dão direito a cidadania aqueles que nascem a margem da alta sociedade, tais como; educação, moradia, saúde, exemplo de honestidade... e por aí se vai! Quando eles desenvolvem tudo d ruim que aprenderam com as ruas cruéis são mortos como ratos pelo Estado que nunca lhe deu mão para ajudar, apenas lhe deu-as para punir ao seu melhor modo. Isso é simplesmente repugnante.

      Excluir
    2. Pega os marginais e leva pra casa, aí acaba a repugnância.

      Excluir
    3. Que peninha hein? Owt, ele era tão bonzinho. Menino de ouro.

      Excluir
    4. Eu nunca tive ajuda do estado, e mesmo assim nunca roubei. Vagabundo nasce vagabundo. Tem q morrer todos!

      Excluir