quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

STJ tende a manter investigação do caso Marielle no Rio

Ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que vão se debruçar sobre o processo que busca federalizar as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes acreditam que a tendência é manter a apuração do caso no Rio de Janeiro.

Segundo integrantes da Corte ouvidos reservadamente pela revista Veja, a maior parte dos ministros da 3ª Seção, responsável por julgar o caso, entende que as investigações devem continuar com a Polícia Civil do Rio de Janeiro. A tese é defendida pelos familiares de Marielle e Anderson e, mais recentemente, pelo ministro da Justiça, Sergio Moro.

Nos bastidores, é discutida a possibilidade de que o processo comece a ser analisado ainda em março, quando o colegiado se reunirá duas vezes. Caberá à ministra Laurita Vaz colocar o caso para ser julgado.

7 comentários:

  1. essa morte vai ser igual a do prefeito de santo ANDRE QUEM MATOU ????

    ResponderExcluir
  2. Vão procurar o que fazer bando de MIZERA, ESQUECE ESSA SAPATONA DO CARALHO. QUEM MANDOU MATAR BOLSONARO?

    ResponderExcluir
  3. A NEGA DESSA SAPATA JÁ TA CASADA COM OUTRA,E EESE POVO AINDA COM ESSA BESTAJE, MORREU FEDEU,PORQUE NÃO,INVESTIGA OS MANDANTES DE CELSO DANIEL, HOMEM HONRADO.

    ResponderExcluir
  4. Quem MANDOU e quem MATOU CELSO DANIEL?

    ResponderExcluir
  5. tanta coisa pra se resolver no Brasil fica perdendo tempo com essa 44 da porra

    ResponderExcluir
  6. ENQUANTO O CLÃ DOS BOLSONAROS NÃO ESTIVEREM TODOS NA CADEIA O CASO NÃO PODE SER ARQUIVADO. OS CRIMINOSOS QUE TODOS JÁ SABEM E SEMPRE SOUBERAM CONTINUA SOLTO E PROTEGIDO. BASTA IR LÁ PRENDER E SE POSSIVEL EXECUTAR TODOS ELES, , EM BRASÍLIA E NO RIO TODOS SABEM OS ENDEREÇOS PELOS JORNAIS NAS PÁGINAS CONTINUAS POLICIAIS!

    ResponderExcluir
  7. Só porq essa mala tinha dinheiro pra ficar com essa besteira . Prucura o q fazer bando de safados.

    ResponderExcluir