segunda-feira, 16 de março de 2020

Prefeitos da Região Cacaueira decidem suspender aulas em redes municipal e privada de ensino

Nesta segunda-feira (16), durante uma Assembleia Extraordinária da Associação dos Municípios da Região Cacaueira (AMURC), os prefeitos da região adotaram, em conjunto, a decisão de fechar as escolas e suspender as aulas das redes municipal e privada de ensino. As informações são do blog Políticos do Sul da Bahia. 

Unidades que atendem a assistência social e de eventos com mais de 50 pessoas também devem ser adiados ou suspensos. As medidas visam proteger a população de uma proliferação ainda maior do novo Coronavírus, causador da doença Covid-19.

Ainda de acordo com a reportagem, o encontro teve a presença de prefeitos e secretários de saúde dos municípios de Almadina, Barro Preto, Itabuna, Itajuípe, Buerarema, Coaraci, Firmino Alves, Camacan, Santa Cruz da Vitória, Ubaitaba, Itapitanga e Floresta Azul. 

O presidente da Amurc e prefeito de Firmino Alves, Aurelino Cunha, o Lero Cunha, falou sobre o conjunto posicionamento dos gestores da região: "As decisões adotadas pelos gestores presentes servem como uma alerta para os demais prefeitos, para que possam avaliar a possibilidade e seguirem as mesmas recomendações”, reiterou.

Em Itajuípe, por exemplo, o prefeito Marcone Amaral já determinou, através de decreto, a suspensão imediata das aulas da rede municipal e das escolas particulares, visando proteger o máximo possível de crianças e jovens. Já em Buerarema, Vinícius Ibrann, prefeito, informou que suspenderá as aulas e emitirá um decreto proibindo a aglomeração de pessoas. 

Um comitê de crise para o combate ao novo Corona Vírus (COVID-19) foi formado, com a participação de secretários municipais, prefeitos, governo do Estado e hospitais da região, visando prover ações articuladas e preventivas nos municípios da região, ainda conforme o Políticos do Sul da Bahia. 

14 comentários:

  1. É MAIS DO QUE OBRIGAÇÃO....POR 30 DIAS...TEM QUE FECHAR ESCOLAS...PUBLICAS E PARTICULARES,,,,BARES....RESTAURANTES....ACADEMIAS....

    ResponderExcluir
  2. Tem que deixar o shopping e cinquentenário, tbm os bares.

    ResponderExcluir
  3. Eu tô achando que eles sabem de alguma coisa e não querem falar pra não gerar pânico.

    ResponderExcluir
  4. Melhor noticias,melhor coisa a se fazer no.momento

    ResponderExcluir
  5. Bom dia gostei da atitude das autoridades dessas cidades. Só aqui na prefeitura de ilhéus que nao tem cabra macho pra tomar decisões tudo medroso.. Cadê o secretário de saúde acorda meu filho... vc não é pai..

    ResponderExcluir
  6. E o prefeito de Itabuna, vai esperar q o surto chegue e alastra as escolas é?

    ResponderExcluir
  7. Não suspende pra sabe q as crianças de escola não tem ninguém por elas

    ResponderExcluir
  8. Parabéns prefeita Ana Paula Barro Preto e demais prefeito por abracarem a causa juntos somos mais fortes.

    ResponderExcluir
  9. Que PORRA Mardson, atrapaiado estava fazendo nessa reunião, se enxerga TRASTE

    ResponderExcluir
  10. OS BARES CONTINUAM LOTADOS, VAI HAVER ALGUMA PROVIDÊNCIA ?

    ResponderExcluir
  11. Itabunenses sejam precavidos,as autoridades ñ se importam com os menos favorecidos.

    ResponderExcluir
  12. Enquanto prefeitos e secretários de saúde, se reunem na AMURC para tomar medidas contra a disseminação do corona vírus o nosso Prefeito aqui em Itaju do Colônia, irresponsavelmente,faz farra em sua casa tomando cerveja e soltando fogos com seus asseclas gastando o nosso dinheiro, comemorando uma pesquisa direcionada a seu favor e esquecendo os menos favorecidos

    ResponderExcluir
  13. E Almadina que nem alcool Gel tem nos postos de saúde! a cidade está acabada com Milton Satanás.

    ResponderExcluir
  14. Rapaz, Almadina ha três meses que dois postos do psf, dos três existentes na cidade estão sem médicos ha 3 meses. O Governo de Milton Santanas é uma fraude, uma mentira em almadina. Só não enxerga quem não quer!

    ResponderExcluir