quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Desemprego no Brasil sobe para 13,8% em julho, maior taxa desde 2012

A taxa de desemprego no Brasil subiu para o recorde de 13,8% no trimestre encerrado em julho, atingindo 13,13 milhões de pessoas, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Mensal (PNAD Contínua), divulgada hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram 7,2 milhões de postos de trabalho fechados em apenas três meses.

É a maior taxa de desemprego da série histórica da pesquisa, iniciada em 2012, refletindo os impactos da pandemia de coronavírus, que afetam a economia desde o final de março.

Em comparação ao trimestre encerrado em fevereiro, o aumento foi de 1,2%. Já em relação ao mesmo trimestre de 2019, o índice subiu 2%.

Em termos de número de desempregados, o contingente de 13,13 milhões no trimestre encerrado em julho é o maior desde abril do ano passado, quando havia 13,17 milhões de desocupados. O recorde histórico foi registrado em março de 2017 (14,1 milhões).

O nível da ocupação (porcentual de pessoas ocupadas na população em idade de trabalhar) também chegou ao patamar mais baixo da série, caindo para 47,1%.

11 comentários:

  1. Não... fica em casa. Trabalho não importa, saúde é importante, mas trabalho tbm é.

    ResponderExcluir
  2. Esse é o resultado de um governo fracassado, ambicioso e que tem como meta salvar a familicia Bolsonaro da penitenciária da papuda.

    ResponderExcluir
  3. Efeito do fique em casa

    ResponderExcluir
  4. Iço é cumpa do lulladrao e o comunismo.
    As indeologias de esquerda cervembpara iço, distruir o pais e deichar o polvo mas burro.
    Nunca votei nem voltarei neça esquerda comunista.
    Meu voto é no noço melhor presindente que o Brasil nunca tinhia visto antes.
    B17 com muinto orgulio

    ResponderExcluir
  5. Rapaz, o BRASIL nada contra a correnteza.
    Empresas fecham as portas, desemprego em alta, renda baixa.
    Contudo, a todo momento aparece uma placa com o nome de IGREJA(S) ( entre e pague) por toda a cidade.

    ResponderExcluir
  6. viva o "tal", mito... mito... kkkkkkkkkkkkkkkk tomaram no cú rebanho de desgraças! peça a jesus agora a sexta básica de capim que o bosta-naro ofereceu em sua medíocre campanha e ofereceu ao eleitor e povo brasileiro! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk eu quero é mais, povinho merece! a elite agradece!

    ResponderExcluir
  7. Esse tipo de matéria é desnecessária. Esse ano o que mais terá será índices maiores de desemprego, pobreza.
    Torcer para que ano que vem possamos rir disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se engane não daqui para pior, se nunca existiu um plano de governo de bosta-naro, porque vai melhorar em alguma coisa? até o salário mínimo está em palta para ser extinto, e o escravo vai negociar o saco de capim pro mês com o patrão!

      Excluir
  8. O QUE VCS ESPERAVAM DEPOIS DO FECHA TUDO E FIQUE EM CASA. A RESPOSTA ESTÁ AÌ "DESEMPREGO". SÓ PARA LEMBRAR, A BAHIA É O ESTADO COM MAIOR INDICE DE DESEMPREGADO EM TODO BRASIL.

    A CONTA CHEGOU - ECONOMIA FICA PARA DEPOIS!

    ResponderExcluir