quinta-feira, 29 de outubro de 2020

TCU identifica que quase 11 mil candidatos com patrimônio superior a R$ 300 mil receberam auxílio emergencial

Quase 11 mil candidatos que declararam patrimônio superior a R$ 300 mil receberam o auxílio emergencial, aponta relatório apresentado nesta quarta-feira (28) pelo ministro Bruno Dantas no plenário do Tribunal de Contas da União (TCU). 

Outros 1.320 candidatos milionários também conseguiram o benefício, segundo o cruzamento de dados feito a partir da Base Unificada de Pessoas, da Folha de Pagamentos do INSS e do Bolsa Família, além do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Cadastro de Pessoas Físicas.

"Causa perplexidade imaginar que alguém que tenha patrimônio dessa monta e ainda assim se disponha a solicitar o recebimento de auxílio emergencial possa ser eleito e gerir a coisa pública e a vida em comunidade", disse Dantas, relator do processo.

A Lei 13.982 de 2020, referente ao auxílio emergencial, não estabeleceu restrições formais quanto ao valor do patrimônio dos beneficiários, mas uma medida provisória posterior passou a vetar a concessão do benefício a quem declarou bens de até R$ 300 mil em 31 de dezembro de 2019. 

4 comentários:

  1. A triste realidade do povo brasileiro, onde canalhas originalmente desonestos, estão em "campanha enganadora eleitoral" para pedir a aquiescência dos otários em eleger aqueles criminosos que irão lhe roubar e explorar durante quatro anos. Será que neste universo de algumas centenas de milhares de candidatos aos cargos de malandragem e roubalheiras existem DEZ (10) pessoas HONESTAS?
    Parece que, o mais conhecido político probo e realmente trabalhador desta república de ladrões, é o prefeito de Colatina-ES, o qual recusou candidatar-se à reeleição por discordar desta prática idealizada pelo canalha do FHC.
    Não tenho certeza, talvez esteja superestimando a esperança, mas, será que existem dez políticos honestos nesta república...?

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente, para desespero daqueles que trabalham e tentam viver honestamente, a maioria absoluta do povo brasileiro aprova a "malandragem, a esperteza, a sagacidade" dos bandidos fantasiados de políticos. Basta pesquisar a declaração de bens dos candidatos a roubalheira desenfreada, a relação dos bens não representa 1% do patrimônio destes canalhas. Pesquisem em cada município e façam a comparação.

    ResponderExcluir
  3. São pastores cheio do espirito de jesus do pastor Marco Feliciano.

    ResponderExcluir
  4. Bando de demônios!!!

    ResponderExcluir