sábado, 7 de novembro de 2020

Aviões da FAB levam geradores para o Amapá

A Força Aérea Brasileira (FAB) enviou aeronaves com toneladas de equipamentos necessários para reestabelecer a energia elétrica no estado do Amapá. As aeronaves transportarão máquinas de purificação de óleo e geradores para Macapá (AP). A missão, que começou na última sexta-feira (6), deve terminar neste sábado (7). 

Na noite da última terça-feira (3) um incêndio em uma subestação de energia localizada na Zona Norte da capital Macapá provocou um apagão. Treze dos 16 municípios do estado foram afetados. (Leia mais)

O transformador avariado pertence à empresa concessionária Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE), controlada pela espanhola Isolux, e foi totalmente destruído. Como outros dois equipamentos também foram danificados, não houve possibilidade de reaproveitamento das peças para religamento da subestação.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou que o reestabelecimento das condições normais de abastecimento de energia no estado pode levar até 30 dias. Ainda de acordo com o ministro, existe a expectativa de que esse novo movimento reestabeleça de 60% a 70% da energia.

7 comentários:

  1. ADMINISTRAÇÃO BOZO !

    ResponderExcluir
  2. Pega o dinheiro da RACHADINHA do filho de um político famoso, aplica geração de energia que tudo fica resolvido.

    ResponderExcluir
  3. Levou um pózin também ?

    ResponderExcluir
  4. Eu pensei que só faltava energia na VENEZUELA.

    ResponderExcluir
  5. O Amapá está lá em cima na Região Norte de nosso país, fazendo divisa com as Guinas Francesa e Suriname. Pensem num lugar longe, onde o Judas perdeu as botas.

    ResponderExcluir
  6. bolsonaro mandou os aviões da fab com as pilhas de sua lanterna onde percorrem as favelas do rio de janeiro a serviço da milicia, cuidado para não abrir a caixa errada e ao invés de pilhas usadas das referidas lanternas não encontrarem cocaina de novo no avião da fab, ok? ok?

    ResponderExcluir
  7. a desgraça do bolsonaro deixou o amapá as escuras por 14 dias ou mais!

    ResponderExcluir