sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Covid-19 leva trabalhador da Barry/Itabuna para UTI

 

As constantes denúncias feitas por Luiz Fernandes Ferreira Andrade (ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Alimentação de Ilhéus, Itabuna e Uruçuca/ SINDICACAU), que objetivavam cuidados com a preservação da saúde dos trabalhadores que atuam nas fábricas de Itabuna e Ilhéus, inerente a falta da realização de testes rápidos (PCR), nos funcionários das empresas, principalmente, na Barry Callebauty (unidade Itabuna). 

A não realização dos testes resultou na internação de um dos trabalhadores em grave estágio de contaminação pelo COVID-19 (Coronavírus) que, inclusive, teve que ser submetido à Unidade de Tratamento intensivo – UTI do Hospital Santa Cruz, em Itabuna.

O ex-presidente do sindicato, Luiz Fernandes (foto), afirma que desde o mês de agosto/2020 vem alertando os responsáveis da Barry que tal fato poderia ocorrer devido o alto índice de contaminação que, na então época, assolava o país. 

“A minha preocupação com os colegas e companheiros de trabalho eram tão constantes que resolvi procurar a vigilância epidemiológica do município de Itabuna e o CEREST onde, de pronto, fui convidado para, junto aos agentes de saúde, participar de uma fiscalização, coordenada pelos dois órgãos, na Barry/Itabuna. Como resultado ficou constatado que realmente a empresa não estava seguindo as normas preventivas de combate à proliferação do Coronavírus conforme determinação da Organização Mundial da Saúde – OMS”, declara Luiz Fernandez. 

O trabalhador que foi contaminado pelo vírus, e hospitalizado na UTI, já se encontra em sua residência e em plena recuperação.

13 comentários:

  1. Tem que ficar de olho é na TEL telematica, empresa não respeita nada nem ninguém, dentro da empresa está lotada de funcionários e alguns deles já foram afastados por está com sintomas.

    ResponderExcluir
  2. VAI NA TRIFIL DESGRAÇA

    ResponderExcluir
  3. cada vez mais vcs do verdinho perde moral, colocando noticias dessa, se colocando contra as empresas e a maioria da população. Esse cara é um sindicalista sem moral que sonha em fechar as fabricas com o seu pensamento de viés comunistas. Fiquem de olho na quantidade de acessos que vcs vem perdendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo plenamente... detesto esse sindicalista filho da puta... comunista esquerdopata...

      Excluir
    2. vc deve ser chefe ou puxa saco!!!!!

      Excluir
  4. Essa empresa está devendo aos trabalhadores referente a escala de trabalho de 7×1 que é ilegal, essas empresas são capitalista

    ResponderExcluir
  5. Esse sindicalista eu conheço mora na rua Rio Bahia na Mangabinha. Não tem família pra sustentar mora com a mãe. Não e trabalhador . Vive as custas de sindicato . Quer acabar com os fábrica . E os empregos dos pais de família.

    ResponderExcluir
  6. Muito bem, que continue tempo pessoas assim, lutando pelo povo!

    ResponderExcluir
  7. É mentira!! a empresa tá cumprindo rigorosamente com o protocolo ,muito mais que o protocolo pede,pode perguntar a qualquer colaborador q tenho certeza q vai confirmar.. O colaborador ficou na UTI 1 dia mais já está bem.esse Luis já fez muito pelo trabalhador , mais agora tá estragado seu belíssimo trabalho junto ao sindicato com mentiras .Luis vai curtir sua aposentadoria meu rei vc já fez sua parte .

    ResponderExcluir
  8. Luiz vc com essas mentiras tá prejudicando nós colaboradores. o sindicato atual tá de braços cruzados deixando esses tipos de mentira acontecer . Pessoal luiz não faz mais parte do sindicacau ele só tá tumultuando

    ResponderExcluir
  9. Esse comentário das 11:11 está certíssimo, esse cara e um maluco relento sem moral.

    ResponderExcluir
  10. Por favor VIGILÂNCIA SANITÁRIA façam uma visita na tel, tem gente trabalhando sem máscara lá dentro, muitos funcionários trabalhando lá dentro também que tira a máscara e tem muita gente lá... Já teve muitos casos de covid lá e inclusive teve funcionário afastado que teve contato com muitos outros lá e só ele foi afastado. Tá tudo errado lá.

    ResponderExcluir
  11. Concordo com tudo que a matéria diz. Teve um colaborador que foi diagnosticado com o covid e ficou com 70% do seu pulmão comprometido. Quase morre. A vigilância sanitária tem que investigar as empresas de Itabuna mesmo. Um absurdo foi a eleição, o covid tirou férias nesse período e agora que voltou? Que Deus nos dê sabedoria para passar esse Vírus porque se depender de nossos governantes estamos fritos.

    ResponderExcluir