segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Defesa de segurança do Carrefour nega intenção de matar Beto ou motivação racista

A defesa do policial militar Giovane Gaspar da Silva, 24, um dos seguranças presos pelo assassinato de João Alberto Silveira Freitas, 40, conhecido como Beto Freitas, em uma unidade do Carrefour de Porto Alegre, nega a intenção de matá-lo ou motivação racista e levanta a hipótese de que a vítima pode ter morrido em decorrência de um ataque cardíaco.

“A perícia também traz como provável causa um ataque cardíaco. Suspeita-se também que o senhor João Alberto estaria sob efeitos de entorpecentes tamanha a força que ele tinha no momento. Ele também tinha os olhos soltados e a íris expandida”, diz o advogado de defesa, David Leal.

João Alberto Silveira Freitas

O IGP-RS (Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul) apontou, em análise inicial, que a vítima morreu por asfixia. Imagens obtidas pela reportagem mostram que Beto Freitas, 40, foi asfixiado por quase quatro minutos, diante de 15 testemunhas, após ser espancado por pelo menos dois minutos por dois seguranças.

Leal também afirma que o seu cliente também não teve a intenção de matar João Alberto e não agiu de forma por racismo.

“O meu cliente não teve a intenção de matar. Ele não agiu por nenhum ato racista. Ele, inclusive, tem parentes negros, o pai dele é pardo, e não tem de forma alguma qualquer preconceito quanto a isso. O Brasil é um país que é preconceituoso, com toda certeza. Existe racismo, mas, analisando, concretamente, o fato não tem nada a ver com isso”, diz Leal.

O advogado afirma que não houve conduta dolosa. De acordo com ele, a intenção era conter João Alberto, que estaria “completamente descontrolado”. A defesa alega que o policial foi chamado até o caixa e chegou a apaziguar a situação.

“Ele [João Alberto] foi conduzido até a saída para onde o senhor se encaminhou voluntariamente. Na saída, perto da porta, surpreendentemente, o senhor João Alberto desferiu um soco no rosto do meu cliente. Meu cliente diz que depois ele ainda acertou outro soco. Ele [Giovane] tomou dois socos no rosto”, diz Leal. O vídeo mostra apenas um soco desferido por Freitas.

Ainda de acordo com o advogado, na tentativa de conter João Alberto, outras pessoas se aproximaram. “Na verdade, se formos bem justos aos fatos, mais pessoas estão envolvidas. Teve cliente que chegou ali chutando a cabeça do senhor João Alberto, pessoas que também o agrediram porque viram o que ele havia feito dentro do mercado, mas de forma alguma o resultado morte é justificado." Ele não deu mais detalhes sobre o que teria ocorrido antes.

O advogado diz que lamenta a morte de João Alberto, que presta sentimentos à família dele e que acredita que os responsáveis têm que responder pelos fatos, mas nos limites da lei.

Além de Giovane, o segurança Magno Braz Borges, 30, foi preso. De acordo com Leal, nenhum dos dois envolvidos tem antecedentes criminais.

“O fato de o senhor João Alberto ter antecedentes criminais não justificaria a consequência trágica da morte. Infelizmente, uma vida se perdeu. Enquanto defesa, nós temos também que preservar os direitos do meu cliente de forma justa e nos limites da lei”, diz o advogado.

O advogado de Borges não foi localizado pela reportagem.

Questionada sobre o laudo conclusivo do Instituto Geral de Perícias do Rio Grande do Sul, a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul disse que, embora a análise inicial tenha indicado asfixia como causa provável da morte, nenhuma hipótese está descartada. "A conclusão do documento deve ocorrer ao longo da próxima semana e será divulgada à imprensa no momento oportuno."

63 comentários:

  1. TEM ADVOGADO QUE É PIOR QUE O PRÓPRIO BANDIDO. QUANDO SABE DA VERDADE E MANIPULA A MENTIRA ESFARRAPADA EM TROCA DO DINHEIRO. EU QUERIA VER SE FOSSE UM PARENTE SEU QUE FOSSE MORTO NO LUGAR DO RAPAZ. ADVOGADOS DE PORTA DE CADEIA NÃO PODERIA EXISTIR, ESSES VAGABUNDOS QUE VESTEM UM PALITO PARA DEFENDER CRIMINOSO, MUITO VERGONHOSO UMA PESSOA ESTUDAR DURANTE 4 ANOS PARA DEFENDER LADRÃO. SE UM DIA UM VAGABUNDO DESSES ADVOGADOS DEFENDER UM BANDIDO CONTRA MIN EU MATO ESSE VAGABUNDO DO ADVOGADO NO LUGAR DO BANDIDO. ENQUANTO EXISTIR ADVOGADO PARA DEFENDER CRIMINOSO ISSO NUNCA VAI ACABAR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DEIXA O ADVOGADO FAZER O TRABALHO DELE. DEIXA O HOMEM TRABALHAR. ELE ESTUDOU E QUIS A ÁREA CRIMINAL. DEIXAO HOMEM TRABALHARRRRR!

      Excluir
    2. Fala isso até o dia em que você ou alguém da sua família precisar de um.

      Excluir
    3. Verdade, o único culpado de tudo foi o morto.

      Excluir
  2. Eles não tiveram a intenção de matar e mataram, agora se tivesse intenção de matar teriam matado e esquartejado ali mesmo, enfrente as câmeras com a funcionária gravando tudo.

    ResponderExcluir
  3. Eles não tiveram a intenção de matar e mataram, agora se tivesse intenção de matar teriam matado e esquartejado ali mesmo, enfrente as câmeras com a funcionária gravando tudo.

    ResponderExcluir
  4. Esses fila da PT são pessoas normais. Mas quando está com farda se acha o bambamba. Merece bala na cara bando de pilantra. Pronto falei

    ResponderExcluir
  5. Vídeo mostra bem claro,não tem como negar

    ResponderExcluir
  6. A FIXA DO COITADO 👇👇

    Pai e filho foram condenados por injúria racial e lesão corporal contra a ex-mulher de João Alberto
    Por essa os lacradores de plantão não esperavam. O pai de João Alberto Silveira Freitas, o cliente espancado e morto em uma filial da Rede de Supermercados Carrefour, foi condenado, em 2019, por injúria racial.

    Isso mesmo!

    Sentença da primeira instância revelou que, João Batista Rodrigues Freitas envolveu-se numa briga do filho com a ex-nora, Marilene Santos Manoel, e teria chamado-a de “negra macaca”.
    No processo, ainda consta que, tanto João Alberto quanto o pai, também foram condenados por violência doméstica. João pegou 7 meses de prisão em regime semiaberto e o pai, 1 ano e 5 meses no regime aberto.

    Marilene contou à polícia que estava limpando a casa, em maio de 2019, quando João Alberto passou na porta e a xingou. Depois, entrou e “passou a agredi-la com vários socos na cabeça, e feriu seu rosto com os dedos na região do nariz”.
    Para se defender dos ataques, ela disse que empurrou João Alberto, “momento em que seu ex-sogro, João Batista, a puxou para seguir com as agressões e a ofendeu”. O Ministério Público afirmou que o ex-sogro segurou Marilene para que o filho pudesse golpear a ex-mulher.

    Policiais foram chamados ao local e confirmaram as lesões no rosto da mulher. O laudo pericial descreveu “equimoses nas pálpebras inferiores e escoriação superficial na lateral esquerda do nariz”.

    Na segunda instância, Marilene retirou a acusação de injúria racial porque se contradisse em alguns momentos e chegou a afirmar que ele “apenas” a tinha chamado de “Nega”.

    Na segunda instância, Marilene retirou a acusação de injúria racial porque se contradisse em alguns momentos e chegou a afirmar que ele “apenas” a tinha chamado de “Nega”.

    A condenação por lesão corporal foi mantida para o pai e o filho porque essa não havia como esconder, já que as lesões eram “visíveis”, de acordo com o relato dos policiais que atenderam o chamado.
    Em 2018, o reincidente João Alberto já havia sido condenado, em segunda instância, também por ameaçar a ex-mulher de morte. Desde o fim do relacionamento, ele ia à casa dela, “normalmente após a ingestão de bebidas alcoólicas e passava a proferir ameaças e arremessar pedras na janela”.

    A versão de Marilene foi confirmada por um Policial Militar, que depôs como testemunha no caso, e disse que já havia recebido diversas chamadas de Marilene por ameaças de João Alberto.

    O cliente morto no Carrefour também tinha antecedentes criminais por porte ilegal de armas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então ele foi morto pq era espancador de mulher? estava com um crachá com essa informações né? Acho q uma coisa não tem nada haver com o asasinato em questão, as imagens mostram por si só que ele ao ser convidado se retirar do local, foi sem nenhum problema, o que aparece é que ao chegar na saida os assasinos poderiam esta provocando o mesmo e ai a pessoa surta e dar o soco no segurança que ao inves de imobilizar e chamar uma viatura já que o mesmo era policial, preferiu agir ali mesmo matando a pessoa. nao defenda o erro, poderia ser um parente seu que nao tivesse nenhuma ficha criminal, pq ele foi morto sem que ninguem lá sabia desses crimes dele.

      Excluir
    2. Me diga uma coisa, os seguranças tinham essa ficha dele em mãos quando o espancaram e mataram ? Se não tinham, nada disso tem a ver com o assassinato... Aí é vocês já querendo justificar a morte do cara usando seu passado.

      Excluir
    3. Ohhhh DÉBIL MENTAL, IMAGINE ESSE "SANTO" METENDO A MÃO NA CARA DA SUA MAE, ELA TRABALHANDO!!
      SE ELE Ñ FOSSE AGRESSIVO, TERIA MORRIDO?
      CADA AÇÃO TEM UMA REAÇÃO. SE É QUE VC ENTENDE ISSO.😬😬😬😬😬

      Excluir
  7. N importa tudo foi decorrência desses dois cão tem que fechar essa empresa desse fila de uma puta esse arrombado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Animal, para pra pensar um pouco. Fechar a empresa causaria centenas de demissões, prejudicando, inclusive, pessoas negras, que perderiam seus respectivos empregos. Outra coisa: parem de politizar o acontecido! Não foi crime em decorrência da cor dele, o mesmo agrediu pessoas no mercado o que levou ao confronto, resultando em óbito

      Excluir
  8. Não teve intenção de matar, imagine se tivesse.

    ResponderExcluir
  9. Se nao fosse preconceitos esses seguranças seriam negros.Que nada cara cidadão de bem maldiitos.Meus pesames pela esposa em familia.

    ResponderExcluir
  10. Porque era negro pobre. Carrefour tem advogado bom e dinheiro. Se alguém tivesse entrado na briga e mata um segurança aí a justiça via. Q país viu que ódio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O carrefour esta colaborando com a justiça e quer a punição dos culpados. não fale besteira. Procura saber direito das coisas antes de falar merda. os advogados q estão defendendo são dos assassinos e da empresa para a qual os mesmo trabalhavam ( q era terceirizada no carrefour, onde a rede carrefour reincidiu o contrato de imediato após o crime.

      Excluir
  11. Que importa no momento srs advogados é que seu criente errou, e nada justifica te- lo matado. Daqui a pouco agora é marcar com as consequencias.

    ResponderExcluir
  12. Essa Globo lixo tá querendo atingir o presidente, só cego que não vê. Não existe racismo nesse caso, o valentão acostumado a bater em mulher se lascou. Já foi tarde

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi. Bolsonaro que mandou matar? Pq estaria atingindo ele? Ta assumindo que ele é racista?

      Excluir
  13. Concordo. Era um criminoso por diversas agressões, e a "Justiça "não o conteve conforme deveria. Muitos estão por aí (independente da cor,existem vários criminosos perigosos (pq matam c/mesma violência que o indivíduo morreu) pior que os comunistas que aproveitam-se desse fato p/usar em benefício de suas ideologias. Vandalizar tentando impor suas "pautas" de inversão de valores, p/sociedade ,destruindo cada dia mais vida de cidadãos de bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns guerreiro, muito sábio você. Enquanto leio asneiras de um e outro,ler um comentário desses estimula nosso aprendizado...

      Excluir
  14. Uma pessoa por mais leiga q seja, mas desde que seja normal, consegue vê as coisas como elas são.
    Violência gera violência.
    Ninguém concorda com assassinato.
    Mas daí dizer que foi por Racismo, já é palhaçada demais, e pior gera um apartheid social desnecessário em nome de lacração.
    É triste viu!
    Os negros sendo usados mais uma vez, enquanto que Respeito seria tudo de que cada humano precisa e quer, independente de sua cor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais racistas são os próprios negros!!

      Excluir
  15. O racismo é um produto da esquerda q usa dessa narrativa para manipular seus adoradores e tentar capturar novos adeptos. Porém a sociedade tem a capacidade de entender o que o pq dessa insistência de qq assunto em que uma pessoa de cor escura esteja envolvida ser levado para terminologia racista.
    Racista é o grupo q dissemina esse ódio contra pessoas.
    Todos somos iguais e devemos pagar por seus erros.
    O excesso cometido nessa ação será levado a justiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc é um verme, FDP e grandississimo corno bolsominion.

      Excluir
    2. Voce fala assim pq nao e seu parente.seu fdp discarado

      Excluir
    3. DAS 11:56 EXATAMENTE ISSO, INFELIZMENTE AS PESSOAS ESTÃO ALIENADOS A TAL PONTO QUE NÃO ENXERGAM O ÓBVIO. DIGO MAIS, ESTÃO A TODO VAPOR COM A AGENDA RACISTA E HOMOSSEXUAL!

      Excluir
    4. ISSO MESMO, QUANTOS NEGROS SÃO MORTOS POR TRAFICANTES ? QUANTOS POLICIAIS NEGROS SÃO MORTOS? INCLUSIVE POR TRAFICANTES BRANCOS ! MAS QUANDO TAIS COISAS ACONTECEM,NINGUEM FALA NADA !

      OBS: ANTES DE FALAREM MERDA, SOU NEGRO!

      Excluir
    5. Ao comentárista das 13:43 fica puto não porra,seu presidente ladrão não sentará mais na cadeira presidencial e vc não irá mais mamar nas tetas do governo vai mamar numa caceta agora aliás vc já está mamando numa caceta,acabou as bolsas rsrsrs bolsa bandido, bolsa puta,bolsa peso morto feito vc,porque vc não vai pra venezuela e fica por lá com uma aposentadoria de 7 reais sei ordinário

      Excluir
    6. Neguim das 22:28.
      Eu sou branquinho de olhos verdes, bora correr ao meu lado na praia gritando: é um assalto!!!!, na frente da peto ou do BOPE.
      Bora correr comigo neguim, pra ver em qual côco a bala vai estourar?
      Seu otário.

      Excluir
    7. Ahh, 22:28.
      Sou branco viu mas eu defendo o racismo que existe e destrói vc.
      Otário burro= preto, pobre de direita, bolsominion

      Excluir
  16. https://www.facebook.com/953409664828624/photos/a.953414724828118/1192635670906021/

    ResponderExcluir
  17. Comentario mais racista e preconceituoso que já vi. "Tenho parentes negros, tenho amigos gay..." haaaaaaaaaaaaaaa duvido se fosse um branco se teriam tido o mesmo tratamento que fizeram com esse rapaz.

    ResponderExcluir
  18. Se ele teve um preparo para aturar como segurança, de fato ele sabe como imobilizar uma pessoa, e sabe também como o nosso corpo respondi com a falta de oxigênio no cérebro.. sendo assim ele sabe que asfixiar uma pessoa durante 4 minutos resultaria em ym óbito, fora as agressões que a vítima sofreu. Não queiram manipular a verdade. Cada dia mas pessoas despreparadas, e que não sabe o significado da vida. Por trás de uma morte, uma família toda fica desestruturada. Lamentável, pois sabemos que o dinheiro corrrompe a justiça.

    ResponderExcluir
  19. Se a justiça não punir rigorosamente esses marginais,vai morrer mais pessoas negras.

    ResponderExcluir
  20. Que botou esse motivo racista foi a mídia de esquerda.. já viram os antecedentes criminais desse cara, batia na mulher, e outros delitos. Nada justifica oque aconteceu.

    ResponderExcluir
  21. Sim fosi parente meu eu ia morrer depois... Agora pelo menor um desse vagabundo eu matava corvades...tem hora que mim dá vontade de ser um matador tipo de gente dessa 😡😡😡

    ResponderExcluir
  22. deixe-me ver... deixe-me pensar... cliente rico... deixe pensar... mim lembro do índio galdino que os filhinhos lindos de papai tocaram fogo nele vivo e era só uma brincadeirinha... já sei... pensei... está na "mãe" juntiça brasileira, e os assassinos queriam apenas abraçar por calor humano apenas! ufa, o juiz vai jugar inocente! viva a mãe justiça brasileira, vulgo "PÀTRIA AMADA BARRIL" , um BARRIL DE BOSTA!

    ResponderExcluir
  23. O RACISMO ESTÁ ENCRUSTADO NO PRÓPRIO MEIO DOS NEGROS!! ELES SÃO OS MAIS RACISTAS!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São um bando de filhos da puta mesmo.

      Excluir
    2. VERDADE, CONCORDO CONTIGO....
      E PENSANDO ASSIM VÃO AFRONTAR SEGURANÇAS DESPREPARADOS E DÁ NISSO. INFELIZMENTE

      Excluir
  24. Pra que mais racista do que o próprio negro!

    ResponderExcluir
  25. Covardia e despreparo dos seguranças, tem que pagar pelo crime que cometeram.

    ResponderExcluir
  26. VAI TRABALHAR BANDO DE PREGUIÇOSOS. QUAL RACISMO QUE TEM NO BRASIL?

    ResponderExcluir
  27. Mas aquele anjinho tinha ficha policial?

    ResponderExcluir
  28. Eu não entendo ... todo dia morre gente de cor nas favelas e ninguém nada ... agora matam um bandido e as pessoas perdem a cabeça

    ResponderExcluir
  29. Rapaz, o cara ( o morto) era santinho, ameaçou pessoas dentro do estabelecimento, DEU UM TAPA na cara do segurança, deu de bravo e agora é santo. PORQUE NINGUÉM BATE NA CARA DE UM AÇOUGUEIRO, NUM POLICIAL ARMADO, NUM JUIZ ?
    Não defendo a violência de nenhum dos lados, contudo, a resposta de um tapa da cara tem que ser um TIRO NA CARA.
    Quem dá tapa na cara dos outros tem que aguentar as consequências.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VOCÊ ESTAVA LÁ? Viu o início de tudo ou é PUTA QUE ENGRAVIDA PELO OUVIDO???

      Porque não chamaram a Polícia??

      Como vc se sentiria sendo levado para um estacionamento, longe de tudo e todos??

      Se liga PAU NO ÂNUS.


      O CERTO ERA CHAMAR A POLÍCIA

      Excluir
    2. O certo não é agredir ninguém.
      Deu tapa na cara tem que levar uma sova das boas.
      Vc tem coragem?
      Então vai dá um tapa na cara de uma AÇOUGUEIRO.

      Excluir
  30. A violência está demais,outro dia o baixinho Gideon que é dono da TOP Lanches Hamburgaria do Baixinho no BF agrediu um funcionário do Atacadão e foi conduzido pela policia,já não gostava dos lanches dele,agora então que não vou comprar lá,prefiro muito mais os do Hamburgão e da verdadeira Top Hamburgueres que é diferenciado.Espero que isso não volte mais a acontecer.

    ResponderExcluir
  31. Sim ele tinha uma ficha criminal e deu um soco no segurança,mas eles são treinados pra manter a calma,já pensou se toda vez que alguém ofender uma pessoa, alguém resolver bater no outro a ponto de matar? Nos não somos animais que ache por instinto,nos temos a capacidade de pensar e descidir o que fazer.

    ResponderExcluir
  32. Foi fazer companhia a Mariele no inferno ,dois santinhos

    ResponderExcluir
  33. Bom e claro que houve excesso de força você aprende defesa pessoal no curso de segurança mais tem que saber usar pra imobilizar não pra matar despreparo total dos seguranças

    ResponderExcluir
  34. Esse cara que morreu era pombo sujo, já foi preso várias vezes, inclusive por agredir mulheres e porte ilegal de arma de fogo. Parem de defender vagabundo!!

    ResponderExcluir
  35. 80 anos de cadeia para esses marginais,a justiça seja feita,se fosse um branco rico,esses filhos da puta mijava de coca,satanás vocês vão pagar na cadeia ou no inferno.

    ResponderExcluir
  36. BOA AÇÃO DOS AGENTES , O CARA MALA COM MILÉSIMAS PASSAGENS PELA POLICIA NÃO SO DEU UM MURRO COMO TENTOU CONTRA A VIDA DOS AGENTES ! LEGITIMA DEFESA

    ResponderExcluir
  37. Esses casos de violência estão aumentando,aqui aconteceram 02 casos do rapaz que agrediu o funcionario de Cabral e o outro foi o Baixinho da Top Lanches do Baixinho que agrediu um funcionário do Atacadão,essa violência precisa acabar.

    ResponderExcluir
  38. Rapaz, tomar um tapão na cara dói viu.
    Será que tem alguém que gosta de tomar um tapa na cara ?
    Não sei não, se for em mim e eu tiver com uma arma nas mãos, ele vai ser mandado para o inferno imediatamente.

    ResponderExcluir
  39. Negro tem que morrer mesmo, o lugar deles é na África lá eles não sofrem racismo, porque o povo de lá é tudo negro

    ResponderExcluir