quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

Barreiras: Socorrista é acusado de estuprar vítima dentro de ambulância

 

Um socorrista do Samu de Barreiras, no Extremo Oeste baiano, foi indiciado por estupro devido à suspeita de abuso sexual dentro de uma ambulância. Segundo o G1, o indiciamento foi confirmado nesta terça-feira (1°) pelo delegado José Romero, que apura o caso. O homem foi denunciado pela vítima. Ainda segundo o delegado, o indiciamento do suspeito foi feito após provas coletadas e pelo fato de a vítima não ter condição de se opor ao ato criminoso.

O caso ocorreu na noite do dia 17 de outubro após a jovem se sentir mal durante um jogo de futebol com amigos. Ainda segundo informações, os amigos dela chamaram o Samu que logo chegou ao local e prestou socorro à jovem. Já dentro da ambulância – com os amigos na frente e só a jovem e o paramédico atrás – ela disse que o socorrista apalpou os seios e acariciou o órgão genital. Mesmo não se sentindo bem, a jovem conseguiu reagir à ação e interromper a agressão.

Ainda segundo informações, o paramédico vai responder ao processo em liberdade.  Em nota, à época, a secretaria de saúde do município informou que afastaria o socorrista até que fossem concluídas as investigações.

3 comentários:

  1. verdinho não sou defensor de criminosos mas devemos ter muita calma nessa hora as investigações devem ser aprofundadas para que seja esclarecido sem prejuizo nem pra jovem nem para o socorrista, muitas condenações veem acontecendo e tem ferrado muita gente a troco de rixas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oxxi, passar a mão agora virou estupro?

      Excluir
  2. Prende esses filhos da puta e joga na cadeia pros meninos lanchar eles!.

    ResponderExcluir