segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Maternidades em Itabuna e Ilhéus suspendem atendimentos

A falta de profissionais e atrasos de salários vêm gerando uma série de transtornos nos atendimentos obstétrico e pediátrico em Itabuna e Ilhéus, principalmente, para a população mais carente. Em Itabuna, a Fundação Fernando Gomes – que administra a Maternidade da Mãe Pobre – enviou ofício à Secretaria Municipal de Saúde informando sobre a falta de médicos para os plantões.

De acordo com o documento,  que também foi enviado ao Conselho Municipal de Saúde, a pediatria da Maternidade Ester Gomes ficou todo o feriadão sem médico pediatra no plantão.  Já a paciente que precisa de atendimento na abstetrícia só deverá contar com o serviço depois do dia 7.  A maternidade é a porta de entrada no atendimento a moradores de, pelo menos, 120 municípios do sul da Bahia.

ILHÉUS

Em Ilhéus, o Ministério Público da Bahia teve que ingressar com ação civil para tentar garantir o atendimento na única unidade de saúde que oferece atendimento pediátrico.  A justiça acabou aceitando a ação e determinou que o Município e à Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus que adotassem medidas, no prazo máximo de 24 horas, que garantam o funcionamento do serviço de pediatria e neonatologia da Maternidade Santa Helena. O descumprimento acarreta em multa diária de R$ 800.

Segundo a ação ajuizada pelos promotores de Justiça Pedro Nogueira e Thomás Brito, no último dia 17 de dezembro, o Grupo de Neonatologia de Ilhéus anunciou à Irmandade a total suspensão, a partir de 1º de janeiro de 2021, dos serviços de pediatria e neonatologia da unidade, única existente na cidade.

Conforme a ação, a suspensão dos serviços decorre de atrasos dos pagamentos aos profissionais de saúde. De acordo com os promotores, os médicos informaram que não têm recebido da Santa Casa de Ilhéus os salários referentes aos serviços prestados na unidade. O MP-BA tem procedimento instaurado para apurar as circunstâncias e responsabilidade em relação ao caso. (Pimenta)

15 comentários:

  1. Um lugar com médicos que tem históricos de crimes como Luiz Leite que cobrava pra fazer parto pelo SUS, que agrediu uma gestante ...sim ele ainda atende la. Xinga as enfermeiras e pacientes, nega atendimento e dorme a noite toda... Sim ele ainda atende la e outros do mesmo tipo dele. Extorquem pacientes pra fazer procedimentos pelo SUS, recebem salario do município e atendem super mal. E em Itabuna todos ja estão cansados de saber disso tudo e nao existe uma fiscalização se quer pra apurar ou ouvir profissionais que atuam la e pacientes. Esses vermes são todos iguais....

    ResponderExcluir
  2. Cadê os petistas dos inferno pra reclamar agora , cadê o governador Ruim Bosta ?

    ResponderExcluir
  3. Batam panelas agora contra o governador que não faz nada pela saúde

    ResponderExcluir
  4. Rui Costa cadê vc ?

    ResponderExcluir
  5. Votem nós governadores do PT que só vai piorar as coisas

    ResponderExcluir
  6. 17 COMPRADOS . EU SOU OPOSIÇÃO. !

    ResponderExcluir
  7. É AUGUSTO CASTRO CONFORME VOCE FALOU EM SUA CAMPANHA QUE IRIA REABRIR O HOSPITAL SAO LUCAS E RENOVAR COM A PEDITRIA DO MANOEL NOVAES, VAMOS VER DE QUE BARRO VOCE FOI FEITO, ATE AGORA NAO COMENTOU NEM ISSO NAS SUAS ENTREVISTAS, COM A MATERNIDADE DA MAE POBRE, ESTE CANCER VAI SER DIFICIL CURAR SO COM PALAVRAS POIS AI É O FOCO DA DIN DEIRAMA DA QUADRILHA DOS GOMES, VAI TER TURBULENCIA, VAMOS VER SE VOCE HONRA AS CALÇAS QUE VESTE, OU REABRIR HOSPITAIS FOI SO PARA GANHAR ELEICAO

    ResponderExcluir
  8. Gente,primeiro vamos nos averiguar para depois falar,nenhum funcionário está com salário atrasado ok,podem perguntar a qualquer funcionário que vão responder isso,e o médico que não compareceu ao plantão estava doente ,não passou bem,vamos dar a Cezar o que é de Cezar ok.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai puxa saco,a maternidade está uma bagunça salários atrasados dos anos passados, essa maternidade só tem patrão que quer mandar, tá bom de mudar essa direção, seria ótimo se Leopoldo voltasse á ser o diretor, pq cada dia essa maternidade só piora, tem uma médica pediatra Dra vc Cláudia que só falta bater nos pais e mas crianças para atender,essa maternidade é fora do normal

      Excluir
    2. Sérgio Gomes estar cego, pois estar perdendo funcionários excelentes profissionais pq não estão suportando as pressões psicológicas da tal coordenadora ADRIANA CARDOSO. Todos falam mal da própria. insuportável. Volta LEOPOLDO, esse sim era um bom administrador, pq a tal CARMINHA também não vale nada, mal administração. SÉRGIO até uma boa pessoa mas se emprenha muito por cabeça desses vermes. Fora ADRIANA CARDOSO e CARMINHA..

      Excluir
  9. Sei que minha família não precisará desta malternidade , mas lamento demais pelos descaso quê passa as gestantes, tudo que e dos gomes tem roubos, vamos agilizar uma maternidade só do município.

    ResponderExcluir
  10. UM MEDICO PIOR QUE O OUTRO, ATENDEM MUITO MAL, SÃO MAUS EDUCADOS E ESTUPIDOS. PRESENCIEI O TAL DO LUIS LEITE XINGAR UMA ENFERMEIRA. PEDIATRA XINGAR PAIS DE IDIOTAS. AQUELE LUGAR TA UM INFERNO CHEIO DE MAMADORES QUE NÃO TEM UM PINGO DE AMOR PELA PROFISSÃO. QUERO VER O QUE AUGUSTO CASTRO VAI FAZER

    ResponderExcluir
  11. As pessoas de Itabuna e região talvez não saibam, mas a martenidade é um empresa privada, que pertence a familia de Fernando Cuma, sendo prestadora de serviços de saúde para a região. O melhor destino desta entidade seria desapropiar como interesse público pelo Estado ou município, já passou da hora de Itabuna ter um hospital materno infatil com organograma de funcionamento público como por exemplo o Hopital da Criança em Feira de Santana. Fica a dica!

    ResponderExcluir
  12. o temer e o bolsonaro cortaram as verbas das maternidades e santa casas de misericórdia, eles dois, acham que coisa de povinho (74% da população) somente, e povinho é extrume de cachorro, não merecem nem mesmo o mínimo para sobevivencia, e cá pra nós eles dois estão certissimo! povinho tem que se fuder mesmo, tem que morrer, rebanho de desgraças!

    ResponderExcluir
  13. verdade, o temer quando aplicou o golpe cortou as verbas das santas casas e em são paulo por exemplo fecharam quase todas inclusive as mais bem aparelhadas, a da cidade de Valença na ba por exemplo só não fechou porque o ruy costa ajuda, se não fosse isso tinha fechado, bolsonaro sem dúvida foi a maior catástrofe que abateu nesse país, cara é tão ruim quanto seus eleitores!

    ResponderExcluir