terça-feira, 11 de maio de 2021

Covid-19: novo lote com 69 mil doses da Pfizer chega à Bahia

Um novo lote com 69.030 doses da vacina da Pfizer chegou à Bahia, na madrugada desta terça-feira (11). Os imunizantes chegaram ao estado pelo aeroporto de Salvador, em voo que pousou por volta de 0h45.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), ficou definido na reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) de segunda-feira (10), que 20% dessas doses (cerca de 14 mil) serão destinados a Salvador, e os outros 80% serão distribuídos pelos 12 municípios da região metropolitana.

Ainda de acordo com a Sesab, as secretarias municipais de Saúde farão a retirada gradual das vacinas na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (CEADI), em Simões Filho, em virtude do prazo de aplicação de até cinco dias quando refrigerado em temperaturas de 2°C e 8°C.

Em nota, a Sesaba ainda anunciou que, na quarta-feira (12), será publicado no Diário Oficial do Estado a ampliação dos grupos prioritários ´para receber a vacina contra a Covid-19. Esse novo público incluirá lactantes sem doenças crônicas, até o sexto mês de amamentação; e trabalhadores de transporte aquaviário (lancha e transporte de passageiros). Além disso, a CIB incluiu agentes do sistema sócio-educativo, bem como pessoas com doenças crônicas e deficiência permanente a partir de 18 anos.

8 comentários:

  1. Enquanto o povo passa fome, Bolsonaro faz churrasco com picanha que custa R$1.799 o quilo, só não tem dinheiro para comprar vacina.

    ResponderExcluir
  2. como nosso futuro presidente disse, o bosta-naro é uma desgraça, se dependesse dos governadores do nordeste todos já estariam vacinados e imune a covid, mas, o mtrste don desgraçado don genocida, não permitiu e preferiu matar o povo!! assassinato !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso futuro presidente uma porra! Se fosse para eleger ladrão eu votava em fernandinho beira mar que no mínimo sabe ler.

      Excluir
    2. Vá aprender a ler e escrever petralhão cabeça de bosta! KKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
  3. Graças a Bolsonaro.

    ResponderExcluir
  4. E as recepcionistas das clínicas privada fica como? Deveria entrar tbm como prioritário afinal somos nós a linha de frente seja ela em clínica médica, odontológica, radiológica e dentre outras especialidade, estamos na categoria de essencial mas só foi liberada a vacina para Drs. (as) e técnicas, sabendo que para o paciente ser atendido pelos os demais profissionais somos nós que fazemos as fichas então pq não entrar na lista como prioritário?

    ResponderExcluir
  5. Viva, Bolsonaro eficiente.

    ResponderExcluir
  6. É dessa que eu quero tomar quando chegar minha vez!

    ResponderExcluir