terça-feira, 18 de maio de 2021

Insumos para produção da Coronavac devem chegar até o próximo dia 26, diz Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou que o Brasil deve receber Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) da China para a produção da vacina Coronavac até o próximo dia 26. Na última sexta-feira (14), o Instituto Butantan suspendeu a fabricação do imunizante por falta da matéria-prima.

Em sua conta no Twitter, o Butantan afirmou que vai receber 4 mil litros de insumos, capazes de produzir cerca de 6,7 milhões de doses da Coronavac.

De janeiro até maio, foram entregues ao Ministério da Saúde 46 milhões de doses da Coronavac. O primeiro contrato previa a chegada até abril, porém, os atrasos na chegada de mais insumos dificultaram a produção.

5 comentários:

  1. SE ISSO SE A CHINA MANDAR, BOZO FICA ATACANDO PORQUE NÃO QUER COMPRAR NADA, O QUE FICO INDGNADA E COMO AINDA TEM APOIADORES, SEGUNDO SENADOR KAJURU ELE PAGA 900MIL PARA APRESENTADORES E BLOGUEIROS PARA FALAR BEM DO DESGOVERNO DELE, ENQUANTO ISSO O POVO SOFRE COM FALTA DE VACINA,DESEMPREGO E FOME, QUANDO ENTROU TRUXE A CAIXA DE PANDORA E ABRIU.

    ResponderExcluir
  2. Se o presidente continuar ofendendo a China, ficaremos sem vacinas... Talvez seja esse o objetivo dele.

    ResponderExcluir
  3. Tomara que o rei do gado não fale besteira sobre a China até lá

    ResponderExcluir
  4. Vai chegar sim.
    Kkkkk
    Igual o fim do foro privilégiado, o combate ao centrão, o combate aos caciques do toma lá da cá dia conchavos.
    Kkkkk
    Povo burro

    ResponderExcluir
  5. Obrigado Bolsonaro.

    ResponderExcluir