sexta-feira, 9 de julho de 2021

Viúva de capitão Adriano, miliciano morto na Bahia, fecha delação premiada com Ministério Público

 

A viúva do capitão Adriano da Nóbrega, miliciano que era ligado a Flávio Bolsonaro e que morto na Bahia, em confronto com a polícia, no ano passado, está perto de homologar uma delação premiada com o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro e o Ministério Público do estado. 

Júlia Emílio Mello Latufo está negociando há algumas semanas com os procuradores, tendo como seu advogado o ex-senador Demóstenes Torres, que voltou a advogar. A delação já está na segunda fase, ou seja, foi aceita pelos procuradores e agora está focada em tratar de anexos específicos sobre homicídios cometidos por organizações criminosas no Rio de Janeiro.

Júlia Lotufo viveu um relacionamento amoroso por 10 anos com Adriano da Nóbrega e chegou a acompanhá-lo até a Bahia, onde ele foi morto, em fevereiro de 2020. Ficou foragida e teve a prisão preventiva decretada, mas a punição foi reduzida a prisão domiciliar. Antes da morte de Nóbrega, ela trabalhou na Subdiretoria-Geral de Recursos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Agora, ela responde a um processo da 1ª Vara Criminal Especializada da Capital do RJ, por organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Com a morte do marido, segundo esse processo, coube a ela cuidar do espólio de atividades ilegais de Adriano. Ela foi denunciada pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio (MPRJ), e nesse processo consta um documento da contabilidade dos negócios ilegais de Adriano. Essa planilha foi obtida na quebra do sigilo telemático da viúva.

Partiu de Júlia a iniciativa de fazer contato com os investigadores. Ela procurou inicialmente a Polícia Civil. O secretário de Polícia Alan Turnowski procurou o MP do Rio com o objetivo de fazer uma reunião da defesa de Júlia com a promotora Simone Sibílio, responsável pela investigação dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes. Este encontro ocorreu há algumas semanas, e Sibílio se interessou sobre as informações que Júlia tinha a fornecer sobre o caso Marielle.

A defesa de Júlia foi encaminhada para outra área do Ministério Público, que investiga a participação de milicianos em assassinatos de aluguel – mortes como as cometidas pela organização criminosa Escritório do Crime. Posteriormente, o Ministério Público Federal foi envolvido na negociação e tudo caminha para que na semana que vem haja a homologação.

Ex-capitão do Bope, Adriano da Nóbrega foi apontado pela Polícia Civil do Rio como chefe da milícia de Rio das Pedras e da Muzema, na Zona Oeste Rio. O PM era amigo de Fabrício Queiroz e foi homenageado por Flávio Bolsonaro com a Medalha Tiradentes. A mãe e a ex-mulher de Adriano, Raimunda Veras Magalhães e Danielle Mendonça da Costa, chegaram a ser lotadas no gabinete de Flávio na Alerj. Nóbrega foi assassinado em um confronto com policiais na Bahia, em 9 de fevereiro de 2020, após ficar escondido em uma propriedade na zona rural de Esplanada, cidade a 160 km de Salvador.

12 comentários:

  1. A PM BAHIANA MATOU O CAP. CORNO!
    VAI MOZERA CONFIAR EM MULHER
    AGORA ELA TA DE BOA DANDO PRA OUTRO..KKKKK É SO MORRER.

    ResponderExcluir

  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    O TROUXA MORREU;

    A MULHER COM OUTRO;

    E FLÁVIO RACHADINHAsonaro COM MANSÃO.

    kkkk

    ResponderExcluir


  3. VEJAM AÍ. SÓ ISSO

    " Adriano da Nóbrega foi apontado pela Polícia Civil do Rio como chefe da milícia de Rio das Pedras e da Muzema, na Zona Oeste Rio. O PM era amigo de Fabrício Queiroz e foi homenageado por Flávio Bolsonaro com a Medalha Tiradentes. A mãe e a ex-mulher de Adriano, Raimunda Veras Magalhães e Danielle Mendonça da Costa, chegaram a ser lotadas no gabinete de Flávio na Alerj. "



    E TEM PATIFE GRITANDO MITO ainda, por enquanto, pois está ficando difícil defender O PIOR PRESIDENTE QUE O BRASIL JÁ TEVE.

    ResponderExcluir


  4. NA VERDADE, A DIREITA, OS DEFENSORES DO MITO:

    TEM BANDIDOS DE ESTIMAÇÃO.



    E eu gosto de jogar na cara deles. AO MENOS ELES FICAM ENVERGONHADOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 😂😂😂😂😂😂VIADO tem dessas coisas.
      Envergonhado deve ficar tu em soltar as pregas que nem tem mais.

      Excluir
  5. Cuidado com matérias falsas verdinho isso não vai acontecer

    ResponderExcluir
  6. Os bolsominio vão dizer que é mentira kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da mesma forma que vc acha o LADRÃO de 9 dedos inocente 🤮🤮🤮🤮

      Excluir
  7. A família do bozo é uma quadrilha
    Todos vão sentar no colo do cramulhão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inclusive a sua vagabundo preguiçoso

      Excluir
  8. Aí foi queima de arquivo de Flávio filho de pinóquio

    ResponderExcluir
  9. MILICIANOS TEM QUE MORRER TODOS JUNTOS COM POLITICOS DEMONIACOS TODOS FILHOS DO ENCHUM RESULMINDO DO CAPETA

    ResponderExcluir