sexta-feira, 6 de agosto de 2021

Consórcio Nordeste anuncia a suspensão da compra de doses da vacina Sputnik-V

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias (PT), anunciou nesta quinta-feira (5) a suspensão da importação da Sputnik-V, contra Covid-19. O comunicado aconteceu após a reunião entre o consórcio e o Fundo Soberano Russo.

Dias explicou que o acordo que previa a compra de 37 milhões de doses da vacina foi suspenso pelo Governo da Rússia, porque não obter não obteve uma licença excepcional de importação e a Sputnik V não foi incluída no Plano Nacional de Imunização, além das novas limitações impostas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A primeira entrega, de aproximadamente 1 milhão de doses para seis estados do Nordeste, estava prevista para acontecer semana passada. O Fundo Soberano Russo informou que as vacinas que seriam destinadas para o Brasil serão enviadas agora para o México, Argentina e Bolívia, e que, assim que o Brasil decidir, as vacinas estarão disponíveis para envio imediato.

Países da América Latina tem enfrentado problemas na aplicação de doses de reforço da vacina contra a Covid-19 Sputnik V por escassez de doses. A informação é da Agência AFP. A vacina russa foi o primeira a chegar à Argentina, em dezembro de 2020, e em seguida a outros países da América Latina. Passados oito meses, a escassez das segundas doses pressiona os governos latino-americanos, destaca a reportagem.

Diante do cenário, a maioria dos países latino-americanos adotou a estratégia de estender o prazo de espera entre as doses. Conforme a AFP, o prazo foi alongado do mínimo de 21 dias para um máximo de 90. Ainda assim, o problema de escassez de doses permanece.

13 comentários:

  1. Vejam só, montaram uma organização criminosa e apelidaram pomposamente de CONSÓRCIO!Todos os integrantes são petralhas ou aliados, assim fica caracterizada FORMAÇÃO DE QUADRILHA e deveria ter sido condenada e extinta pelo "stf", mas como o maior poder "judiciário" mais poderoso que DEUS, sempre decide favoravelmente aos honestos "santos e anjos", fica a dúvida: a culpa é do povão?

    ResponderExcluir
  2. Queriam desviar mais recursos no processo de compra. Turma de petistas e aliados, todos ladrões.

    ResponderExcluir
  3. Deve ter sido a divisão da propina ter sido mal feita aí já era.

    ResponderExcluir
  4. Só tem inocente e com.boas intenções resumindo roubar muito no Brasil é permitido com aval do STF, LADRÃO que rouba pouco fica na CADEIA quem rouba muito fica na rua curtindo o DINHEIRO o Brasil está perdido as as forças armadas assista tudo de camarote.

    ResponderExcluir
  5. Vale lembrar também da compra dos respiradores que nunca chegaram.

    ResponderExcluir
  6. Ué, cadê os comentário dos petistas????????? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. O governo não liberou por capricho político preferindo que o povo morra e ainda tem essas mulas que defendem essa desgraça! Se tivesse liberado a propina dos militares da milicia que desgoverna o país estariamos imunizados há tempos e trabalhando normalmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk q comentário mais babaca. O problema é o seu governador

      Excluir
  8. Onde tem petralha, tem roubo. Infalível!

    ResponderExcluir
  9. Mudaram a palavra, ( ladrões, por nordeste)?
    Consórcio de ladrões, isso sim,
    É muito dinheiro roubado, tanto dinheiro e o nordeste morrendo tanta gente , prova disso é os respiradores,. Nada comentam,. Até o secretário já fez armação pra dá linha.
    São bilhões e o povo só viu propaganda política.
    Dois desastres, bozo e PT,.e os otários que idolatram esses malfeitores.

    ResponderExcluir
  10. Os petralhas são LADRÕES oU SANTOS? O "stf" afirma que Lullaladrão é mais honesto que Jesus Cristo. Vocês concordam?

    ResponderExcluir
  11. Vacina tão boa que nem os russos querem tomar, queriam fazer o povo de cobaia esses incompetentes

    ResponderExcluir