terça-feira, 17 de agosto de 2021

Governador da Bahia anuncia recuperação de 337 km do Anel da Soja

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), vai recuperar 337,3 km do Anel da Soja, que compreende à BA – 450/BA – 460/ BA – 463. O anúncio foi feito encontro com prefeitos na segunda-feira (16), quando assinou a ordem de serviço.

O Anel da Soja é um dos principais corredores viários para o escoamento da produção agrícola do oeste da Bahia. Pela rodovia passam, principalmente, soja, milho, feijão, algodão e outros commodities produzidos na região.

Além do anel da Soja, foram anunciadas obras em duas outras estradas, de São Desidério a Roda Velha e de Barreiras a Catolé. O valor total de investimentos em estradas assinados hoje é de R$120 milhões.

Segundo o governador é importante que os municípios estejam em consonância para realizar ações capazes de desenvolver a região do Oeste. “Nós podemos buscar soluções conjuntas na área da infraestrutura, na área de soluções de planejamento, fixando um conceito de consorcio com convicção de gestão”, disse Rui.

Na primeira reunião com os prefeitos que compõe o Consórcio Intermunicipal dos Municípios do Oeste da Bahia (Consid) o governador avaliou as necessidades dos municípios e anunciou a recuperação de vários trechos de estradas, entre eles: estrada de Muquém; do povoado de Passagem ao povoado de Serra Branca, estrada Barreiras/ Catolândia, Cristópolis, Baianópolis via Mata do Cedro; Barra/ Ibiraba; Riachão das neves (Povoado de São José) e a ponte de Mansidão.

Durante a reunião foram apresentadas as ofertas articuladas de sete ações integradas que os consorciados deverão receber: planejamento da produção, formação qualificada, Regularização fundiária, insumos produtivos, credito rural, agroindustrialização, tudo para promover o crescimento e a industrialização de todos os participantes.

No segundo encontro, realizado na sede da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), e com a participação da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) o assunto principal foi implantação de projeto de geração de água e irrigação com inteligência e dinâmica para os produtores, além de ampliação do fundo que possibilita as associações a realizarem a manutenção das estradas que escoam a produção agrícola da região.

A prefeita de Muquém do São Francisco, Mara Rios, aderiu ao consorciamento e garante que é uma solução boa inclusive para os pequenos municípios. “Quando me tornei prefeita, vi a importância do consórcio. Impossível uma pequena prefeitura fazer tudo sozinho, agora nós conseguimos realizar obras com custo muito menor” explicou.

Para finalizar, Rui também anunciou a requalificação e ampliação do aeroporto de Barreiras, que deve ter a licitação concluída no mês de novembro. Estiveram presentes no evento os prefeitos de 20 municípios: Tabocas do Brejo Velho, Luís Eduardo Magalhães, São Félix do Coribe, Cocos, Morpará, Cristópolis, Muquém do São Francisco, Ibotirama, Wanderley, Serra Dourada, Riachão das Neves, Formosa do Rio Preto, Correntina, Barra, Angical, Barreiras, Santa Rita de Cassia, Catolândia, Mansidão e Santana.

10 comentários:

  1. Agora vai aparecer muita obra eleitoreira que vai ficar somente no papel,igual a duplicação ilhéus/Itabuna.

    ResponderExcluir
  2. Quase 16 anos do PT na Bahia e no Brasil e só promessa pra essa obra

    ResponderExcluir
  3. Este aí é o petralha espertalhão Ruim Bosta o sumidouro de respiradores. Continua correndo, cagando e prometendo. E os otários acreditando! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  4. Perto de eleições é assim, esse partido de trambiqueiro, é só enrrolacão, o povo cansou de esperar as obras da Ilhéus Itabuna.
    Daqui a uns dias jackes Rolex aparece prometendo de novo,
    Igual o colégio estadual,o centro de cultura,a praça da catedral, as placas tão lá a quatro anos, mas tem bestas que acredita.

    ResponderExcluir
  5. Rapaz... Depois de muitos anos o governador lembrou desta rodovia. Parabéns seu governador, sempre fim encontrou os documentos perdido dessa rodovia.

    ResponderExcluir
  6. isso cem contar a barragem que não sabemos pra que veio so oba oba

    ResponderExcluir
  7. ESSE DINDIN E FEDERAL

    ResponderExcluir
  8. Esse governador é pilantra mentiroso, cadê a duplicação da rodovia ilheus×Itabuna que só sai da garganta

    ResponderExcluir
  9. Edde vagabundo mente que nem sente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o governo federal aplicasse o dinheiro da RACHADINHA recuperaria muito mais.

      Excluir