sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Menina de 11 anos morre após sofrer estupro coletivo e ser jogada de pedreira

Uma menina indígena da etnia Guarani Kaiowá, de 11 anos, morreu, nesta segunda-feira (9/8), após ser atirada de um penhasco de 20 metros de altura em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Antes de ser assassinada, a criança teria sofrido um estupro coletivo. Cinco homens foram detidos e confessaram o crime, entre eles três adolescentes e dois adultos, sendo um o tio da vítima.

Os três adolescentes foram apreendidos e estão internados provisoriamente na Unidade de Internação Masculina Laranja Doce, em Dourados. Os dois adultos estão no presídio estadual de Dourados. Os homens foram presos por estupro de vulnerável, feminicídio e homicídio qualificado.

De acordo com a polícia, a menina foi obrigada a beber pinga e levada para a pedreira, onde ela foi estuprada. O local fica próximo a aldeia Bororo, onde ela vivia. Segundo a investigação, quando terminaram, os cinco homens resolveram joga-la do penhasco porque ela estava gritando muito e dizia que iria denunciar deles. Ela foi encontrada em meio a pedras, sem roupa e dilacerada.

Os quatro homens combinaram de embebedar a menina e levar ela até a pedreira para violentá-la. O tio da menina teria chegado depois e também participado do crime. Ainda segundo a polícia, a suspeita é que menina era abusada pelo tio desde os cinco anos quando ela foi morar na casa da avó.

9 comentários:

  1. Os menores apreendidos e os adultos presos. Quanto zelo e desperdício na conservação de vidas monstruosamente tóxicas! A depender das porcarias de "leis e justiça" desta república de merda, se dispuserem de alguns trocados para contratar um "libertador" de porta de cadeia, em uma semana estarão livres para praticarem outras monstruosidades. Revoltante viver nesta bostolândia!

    ResponderExcluir
  2. Mundo perdido de pessoas ruins

    ResponderExcluir
  3. Morte aos pedófilos. Lixo humano

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. E ainda tem gente que é contra a prisão perpétua?

    ResponderExcluir
  6. Tenho nojo de homens !!! Odeio esses monstros nojentos q se dizem homens.

    ResponderExcluir
  7. Tem que ser estuprados, multilados, queimado e deixado pra morrer bem devagarinho.
    E ainda será pouco
    🤬😡🤬😡🤬

    ResponderExcluir
  8. Que mundo é esse que vivemos e isso não vai acabar, porque a leu faz com que esses mostrou daqui a pouco.estejam soltos, morte pra eles do msm jeito

    ResponderExcluir
  9. Tem que colocar todos em pé na parede e metralhar todos, porque o que eles fizeram não tem perdão.
    Se fosse na China já estariam em baixo do chão também

    ResponderExcluir