terça-feira, 14 de setembro de 2021

Policial Militar da Bahia é morto por engano em ação da Polícia Civil em Pernambuco

Um soldado da Polícia Militar de Juazeiro, no norte da Bahia, foi morto durante uma operação da Polícia Civil de Petrolina, cidade pernambucana vizinha. O caso aconteceu no início da noite de segunda-feira (13) e a suspeita é de que ele tenha sido morto por engano.

A vítima é o Joanilson da Silva Amorim. Ele estava de folga, na casa dele que fica no bairro Jardim São Paulo, que fica em Petrolina, quando vizinhos o chamaram para ajudar a prender suspeitos de assalto.

Ao sair de casa, policiais civis teriam confundido Joanilson com um dos criminosos. Ele foi baleado na cabeça, no braço e na perna. O militar chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Universitário de Petrolina, mas não resistiu.

A morte do soldado foi confirmada por volta das 20h. Até a manhã desta terça-feira (14), a Secretaria de Segurança Pública de Pernambuco não se manifestou sobre o caso.

16 comentários:

  1. que fatalidade terrivel, isso é algo lastimável! sentimos muito! muito,muito triste esse acontecimento !

    ResponderExcluir
  2. Quando falamos que a polícia tem que ser mais preparada, tá aí a prova. Morreu um inocente, esse homem estava com arma na mão? ele atirou contra os policiais civis? se não, porque atiraram nele? só pq era suspeito?

    ResponderExcluir
  3. Sim, pelo fato dele está com arma em punho infelizmente ninguém tem estrela na testa . Foi uma terrível fatalidade.

    ResponderExcluir
  4. Sabe o que é isso. Despreparo, vai na sede de tirar a vida dos outros ao invés de prender, isso só prova que eles nao dão chance da pessoa se entregar, já chega atirando. Se não fosse assim, daria tempo do pm se indentificar. Ainda tem gente q apoia esses robôs do sistema

    ResponderExcluir
  5. Realmente despreparo, esse tipo de situação acontece na Bahia direto, como no caso do delegado em Itabuna, ali foi pior que estava com as mãos para cima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amigo, relembra esse caso aqui por favor, obg.

      Excluir
  6. E sempre não da em nada não sei como é isso não , falta de despreparo geral e amor ao próximo.

    ResponderExcluir
  7. Ta ai a prova quando eles chega e mata a pessoa e diz que foi troca de tiros da pra se vê pó ai matou o próprio colega ai foi pó engano se fosse o outra pessoa eles diria que foi troca de tiros ai revidou ta ai direitos humanos nesses despreparado. Também bozó mandou atira primeiro e pergunta depois

    ResponderExcluir
  8. Aqui em Itabuna foi pior um policial civil matou um filho do policial militar menor de idade e trabalha e vive feliz como se nada aconteceu.

    ResponderExcluir
  9. https://www.verdinhoitabuna.blog.br/2018/05/delegado-assassinado-na-bahia.html
    Aqui está o link, para que não possa mos esquecer que estamos diante de uma política nacional e estadual de matança desenfreada por parte das autoridades de segurança no país

    ResponderExcluir
  10. A POLÍCIA ATIRA E DEPOIS PERGUNTA.


    TÍPICA ATUAÇÃO POLICIAL.


    ResponderExcluir
  11. Essa é a política do bandido bom é bandido morto. Atira primeiro depois pergunta. Agora como cereja do bolo bozoliano aplique-se o excludente de ilicitude.

    ResponderExcluir
  12. Estado é a maior ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA já idealizada e posta em execução pelo homem.
    Triste pelo ocorrido, mas tudo que o estado se propõem a cumprir só PIORA.
    Antes de qualquer RETARDADO MENTAL vim dizer ``quando estiver em apuros chama o Batman`` eu respondo seu CORNO funcionário público ou autônomo Batman não existe.

    ResponderExcluir
  13. A corrupção sujeira que a gente nunca imagina tá dentro das corporações mas a sociedade tem medo a mídia tem medo é como mexer em convite de abelha a é tanta injustiça que acontece que a gente nem imagina justiça tem que ser para todos aqui na Bahia já existe milicianos quem conhece o Rio de janeiro sabe que o os maiores bandidos são polícia

    ResponderExcluir
  14. Policia da BAHIA é bem preparada ai esta a resposta .

    ResponderExcluir
  15. Este vagabundo do RUI BOSTA ,ainda vai para a televisão da condolências as famílias ilutadas, porquê não falou do policial do Porto da Barra que ele mandou matar, vagabundo ,criminoso,ladrão

    ResponderExcluir