quarta-feira, 5 de outubro de 2022

Itabuna abre a Campanha Outubro Rosa com “Pit-Stop”

Levando a mensagem de que saber que existe a doença não é o suficiente para evitar o câncer de mama ou do colo uterino e que o importante é se prevenir, a Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou um Pit-Stop na manhã desta terça-feira, dia 5, no semáforo da Praça Otávio Mangabeira, centro, como primeira ação da Campanha Outubro Rosa. 

Exposições de faixas e panfletagem foram algumas das ações realizadas pela equipe da Saúde, tendo como público-alvo motoristas, motociclistas e pedestres.  

“Sabemos que a prevenção deve ser feita o ano todo, já que os serviços de saúde estão à disposição da mulher, inclusive mamografias e citologias. Então, o nosso objetivo com esta campanha é conscientizar a população sobre a importância de fazer os exames regularmente”, destacou a coordenadora do Programa de Saúde da Mulher e da Criança e do Adolescente, Katiane Andrade.

O Centro de Referência em Prevenção, Assistência e Tratamento (CERPAT) também esteve presente na ação com uma abordagem relacionada às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). “Distribuímos preservativos masculino e feminino, além de informativos”, comentou a coordenadora do CERPAT, Fernanda Barros.

Ela aproveitou para lembrar que no próximo dia 19, às 8 horas, no auditório do Hospital de Olhos Beira-Rio, haverá uma ação especial que marcará a Campanha Outubro Verde, mês que também é dedicado ao combate à Sífilis. “Teremos um ciclo de palestras voltado para os profissionais da área da saúde.  O mês de outubro é muito importante, porque engloba duas campanhas: o Outubro Rosa e o Outubro Verde”, reforça.

5 comentários:

  1. Só propaganda quando chega no posto de saúde, não tem atendimento médico e nem exames. Só prá encher linguiça!

    ResponderExcluir
  2. A intenção é boa, mas infelizmente parece que só em Outubro, é que as mulheres devem se cuidar e prevenir. Falo isso porque aqui no posto de saúde da Urbis 4. Está um verdadeiro descaso com a saúde dos moradores locais. Um posto de Saúde que só tem um médico, que é dividido com a Faculdade Santo Agostinho. Tenho familiares Mulheres que procuram a unidade, e passam por uma via crucis, para ser atendida. É uma hipocrisia se importar com a mulher em outro, e no resto do ano, mulheres , do lar e mãe de famílias, passar por essa humilhação de não ter médico e remédios na farmácia.

    ResponderExcluir
  3. Campanha fajuta .O atendimento deveria ser especial o ano inteiro..Existe mulheres esperando a anos uma cirurgia ou tratamento.

    ResponderExcluir
  4. Itabuna uma cidade com mais de 200.000 mil habitantes não tem uma ambulância capacitada pra levar um enfermo de forma confortável p salvador.Alugam empresas particulares de carros pequenos dando todo tipo de constrangimentos aos cidadãos,parecendo que estamos pedindo favores.Por isso seu candidato perdeu.E vc perderá a próxima eleição se não melhorar esse tipo de catendimento.

    ResponderExcluir
  5. Do que adianta fazer campanha se não tem mamografia? Tem gente há quase 6 meses esperando e nada, se for um câncer a pessoa morre na fila.

    ResponderExcluir