sexta-feira, 20 de outubro de 2023

Homem que matou a sogra queimada na Bahia é condenado a mais de 47 anos de prisão

Um homem acusado de matar a sogra queimada na cidade de Gongogi, no sul da Bahia, em 16 de maio de 2015, foi condenado a 47 anos e nove meses de prisão pelo homicídio. Ele também foi julgado e acusado por dupla tentativa de homicídio. As informações são do Ministério Público da Bahia (MP-BA), nesta quinta-feira (19).

A condenação de José Orlando Dias Moura ocorreu após julgamento do Tribunal do Júri, em Ubaitaba, também no sul do estado, na última terça-feira (17). A pena deve ser cumprida em regime inicialmente fechado e, por ser superior a 15 anos, a execução é imediata.

Conforme detalhou o MP-BA, José Orlando ateou fogo na casa onde estavam a sogra, de 79 anos, a companheira e o sobrinho. A mulher e o rapaz sobreviveram. Os crimes foram agravados por meio cruel, idade da vítima e feminicídio. A Justiça levou em conta também o histórico de violência do acusado em relação a sua esposa.

No dia do crime, a esposa do acusado teria tido uma discussão com o réu. A briga foi ouvida pelo sobrinho da mulher, que morava na casa ao lado, e pela mãe dela, Hilda dos Santos, que estava no imóvel com o neto.

Ao chegarem na casa da companheira do acusado, avó e neto viram o réu com um galão de líquido inflamável, espalhando esse líquido pela casa e próximo a esposa, a quem ameaçava de morte. O sobrinho teria tentatdo tomar o líquido das mãos do tio e a sogra do acusado ficou ao lado da filha. O réu foi retirado da casa pelo sobrinho, mas conseguiu atear fogo ao imóvel. 

Sobrinho e tia conseguiram deixar a casa, mas Hilda dos Santos não escapou e morreu no incêndio. José Orlando Dias de Moura fugiu após o crime e só foi preso três anos depois, no interior de São Paulo.

A denúncia do caso foi oferecida pela promotora de Justiça Thaiana Rusciolelli Souza. A acusação foi sustentada pelo promotor de Justiça Luís Eduardo Souza e Silva, em sessão presidida pelo juiz George Barboza Cordeiro.

3 comentários:

  1. Monstro 😡 é nisso que dá essas vagabundas arruma maridos bandidos para acabar com a vida dá coitada da mãe tomara que esse assassino morra no fogo 🔥 tbm pra ele sentir a mesma dor

    ResponderExcluir
  2. Olha o nome dá senhora lembrei de um caso que aconteceu aqui na vinte e cinco de dezembro são Caetano um miserável quase matou a sogra tbm e a filha deu razão para ele o nome da senhora era esse dona hilda e o pior foi que depois ela ainda ficou de dentro com essa filha sou morador daqui tenho mercado e sei de tudo q aconteceu uma das filhas dessa senhora q tomou a frente de tudo

    ResponderExcluir
  3. fez merda..esse rapaz e de uma familia boa..

    ResponderExcluir