terça-feira, 21 de novembro de 2023

Bahia tem ao menos 19 mortes em confronto com a polícia em novembro

Pelo menos 19 pessoas morreram em confronto com a Polícia Militar durante o mês de novembro na Bahia. A última ocorrência foi registrada na segunda-feira (20), no bairro de Tancredo Neves, onde seis suspeitos trocaram tiros com os policiais, foram baleados e morreram.

Segundo a polícia, todos os mortos eram suspeitos de participação em crimes e atiraram contra agentes de segurança.

O número é baseado em um levantamento do g1, que leva em consideração informações confirmadas pelas polícias Civil e Militar ou pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia.

Parte das ocorrências foram registradas em Salvador, enquanto outra parcela aconteceu no interior do estado, em cidades como Mirangaba e Queimadas. Relembre os casos, clicando abaixo em Read More:

👉 "Nove de ouros" do Baralho do Crime

Em 8 de novembro, um homem investigado por tráfico de drogas foi morto a tiros durante um confronto com a Polícia Militar em Mirangaba, na região norte do estado.

Jeferson de Jesus Amorim fazia parte do Baralho do Crime e era conhecido pelos apelidos "Gela", "Parrudo" e "Meu Pai".


👉 Cinco mortos no interior

Entre 8 e 9 de novembro, cinco homens foram mortos em confronto com a PM em Salvador, Queimadas e Cruz das Almas. Segundo a polícia, todos eles eram suspeitos de tráfico de drogas e diversos entorpecentes e armas foram encontrados nas ações.


👉 Chefe de facção criminosa em Salvador

Em 17 de novembro, um homem suspeito de chefiar uma facção criminosa no bairro do Alto das Pombas, em Salvador, foi morto durante confronto com o policiais militares. O caso aconteceu durante uma operação.

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que ele foi identificado como Reinan Machado Pereira, conhecido pelo apelido de "Da Penha", apontado como autor de homicídios e líder de facção criminosa.

Durante a operação, a polícia apreendeu uma pistola calibre 9mm de fabricação norte-americana, carregador, munições, 30 trouxas de maconha e um tablete de cocaína. O caso foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.


👉Troca de tiros em Jequié

Em 19 de novembro, três suspeitos morreram após trocarem tiros com a polícia em uma estrada de terra às margens da BR-116, em Jequié, no sudoeste da Bahia.

De acordo com a PM, os policiais realizavam abordagens na BA-555, quando um veículo furou o bloqueio. Os agentes seguiram o carro e, ao chegar na estrada de terra, os suspeitos abandonaram o veículo e fugiram para um matagal, onde foram baleados e morreram.


👉 Troca de tiros em São Marcos, em Salvador

Em 20 de novembro, três suspeitos de tráfico de drogas morreram após trocarem tiros com a PM no bairro de São Marcos, em Salvador. Durante o confronto, um dos disparos chegou a atingir uma janela de uma casa.

Três revolveres, 40 embalagens de maconha, 55 pedras de crack e 51 pinos de cocaína foram apreendidos na ação. Todo material apreendido foi apresentado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.


👉 Seis mortos

Em 20 de novembro, seis suspeitos de envolvimento no ataque a tiros contra uma viatura da Polícia Militar, no bairro Tancredo Neves, em Salvador, morreram em confronto com os agentes de segurança.

Um PM foi atingido de raspão e passa bem. Armas e drogas foram apreendidas. Não há detalhes de quantos homens teriam atacado a viatura, mas na época, testemunhas sinalizaram a participação de ao menos 20 pessoas.

5 comentários:

  1. Devem ser todos inocentes
    Ministro dos direitos desumanos já já entra em ação
    Dar nojo

    ResponderExcluir
  2. Vamos triplicar esse número está muito baixo !!!

    ResponderExcluir
  3. Esse povo não sabe fzr contas, eu comecei a contar os confrontos q ocorrem, somente em novembro já está em 45 Mortes com a de Itajuípe

    ResponderExcluir
  4. Menino de vó, deixou vovó , vai deixar vai deixar kkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Pela quantidade de bandido que a Bahia tem morreu pouco, bora trabalhar polícia!

    ResponderExcluir