segunda-feira, 27 de novembro de 2023

Polícia apreende menor acusado de participação no assassinato de maqueiro do HRCC em Ilhéus

Em Ilhéus, uma guarnição de policiais militares do Peto 70 apreendeu, nesta segunda-feira (27), o adolescente acusado de ser o terceiro envolvido no assassinato de Edson Pereira dos Santos, 32 anos, que era maqueiro do Hospital Regional Costa do Cacau. 

O crime aconteceu no último dia 25 de maio. Na ocasião, Edson foi confundido com um integrante de organização criminosa, e por bandidos adversários, foi cruelmente torturado e executado. (Relembre aqui). 

Após a sessão de tortura, Edson foi cruelmente assassinado. O corpo da vítima foi ocultado no matagal, e a polícia iniciou uma intensa busca pelo paradeiro e pelos responsáveis pelo crime.  

Everton Mota Gonçalves (foto abaixo), conhecido como "TZ", foi localizado pelas autoridades no mesmo condomínio onde o crime ocorreu. Ele confessou sua participação no assassinato e indicou a localização do corpo de Edson. O suspeito foi apresentado na delegacia, onde foi lavrado o flagrante.

Everton Mota, o TZ, foi o primeiro a ser preso e revelou onde estava o corpo do maqueiro

M.R.J.S. foi apreendido em decorrência da expedição de um mandado de internação emitido pela Vara da Infância e Juventude. 

No entanto, também houve flagrante, já que os militares o encontraram portando uma pistola de calibre 9mm.

As apreensões do menor e da arma de fogo aconteceram ainda durante esta madrugada, no Condomínio Residencial Rio Cachoeira.

11 comentários:

  1. dessa idade já é um marginal. Deus tenha misericórdia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A misericórdia dele é chumbo no lombo

      Excluir
    2. Pior, não pode ser preso, mas, apreendido. Isto quer dizer que não será punido, receberá um prêmio pela atuação, será graduado e em um ano estará apto a alçar vôos cada vez mais altos e danosos. Este é o país que os bandidos que pregam o comunismo e a cleptocracia como formas de governo impuseram ao povo ignorante e covarde.

      Excluir
  2. Porquê a polícia não mandou ele logo sentar no colo do capeta estava com uma arma ja era troca de tiro defunto não fala.

    ResponderExcluir
  3. A cidade de Ilhéus e Itabuna já são referência nacional em baderna e crimes hediondos e ainda as pessoas querem votar em políticos baderneiros, baladeiros e padrinhos dos delinquentes. Itabuna por exemplo vai virar um abismo se tais políticos forem eleitos.

    ResponderExcluir
  4. Mais é isso que elas querem , se falar pra mamãe consertar o filhinho cortando cabelo igual malandro desde pequeno ela quer brigar com você é o presente de deus que elas sonha ter seu bebê sustentando pelo bolsa família orgulho da mamãe o menino ser do crime e a menina tem que se envolver com Zé droguiha

    ResponderExcluir
  5. É prender e jogar a chave fora.

    ResponderExcluir
  6. É prender e jogar a chave fora.

    ResponderExcluir
  7. Eu digo uma coisa os meninos de salvador ta em ilhéus e não tem só pistola não fuzil também ontem mesmo tinha 2 carros cheio de bandidos na litorânea perguntando aonde fica o alto do coqueiro a coisa nao vai ser boa

    ResponderExcluir