quinta-feira, 25 de janeiro de 2024

Governo discute criação de Delegacia de Combate à Intolerância Religiosa

Após lançar a Ronda de Defesa à Liberdade Religiosa Omnira, o governo da Bahia discute a criação da Delegacia Especializada de Combate à Intolerância Religiosa (Decradi).

Com esta finalidade, o governador Jerônimo Rodrigues (PT) se reuniu com lideranças religiosas de candomblé, umbanda, espiritismo, muçulmanos e israelitas, além de secretários de estado e representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), na tarde desta quarta-feira (24), em Salvador. Na ocasião, também foram apresentadas políticas estaduais e dados registrados no último ano.

“Esse encontro inter-religioso traz a construção de um ambiente de paz. Foi um momento para ouvir as considerações dos líderes religiosos, e acabamos tirando encaminhamentos sobre o fortalecimento da ronda Omnira, que atuará contra a intolerância religiosa”, afirmou o chefe do Executivo baiano, lembrando que o estado é o único no país que tem uma ronda específica para isso.

Entre as principais demandas, esteve a criação de uma delegacia especializada, reivindicação feita também na última sexta-feira (19), quando lideranças religiosas entregaram uma carta ao governador.

“Pudemos ter uma dimensão mais estratégica da política pública, que é a dimensão do monitoramento do Estatuto da Igualdade Racial e as ações que as secretarias de Estado têm feito. Considero um saldo bastante positivo, na direção do fortalecimento do Estado laico e do compromisso em assegurar a liberdade de crença, de culto, a liberdade religiosa e esse tem sido o papel do governo da Bahia”, ponderou a secretária de Promoção da Igualdade Racial do Governo do Estado da Bahia (Sepromi), ngela Guimarães.

De acordo com dados divulgados pela pasta, em 2023 o Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela recebeu 103 denúncias, sendo 73 de racismo e 30 de intolerância religiosa. Este ano, até o momento, foram dois casos de racismo e um de intolerância religiosa.

Delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito afirmou que o governo já vem buscando o espaço ideal para abrigar a delegacia, para que seja de fácil acesso para as comunidades religiosas. “Idealizamos uma delegacia para combater esse tipo de delito, ampla, acessível, com equipe capacitada, multidisciplinar, incluindo psicólogos e assistentes sociais, mas que tenha também um contexto histórico, como o Centro Histórico, o próprio Rio Vermelho, enfim, que fale com as religiões, principalmente, de matriz africana”, explicou.

Na última sexta-feira (19), foi autorizada a criação da Ronda Ominira, pela Polícia Militar da Bahia (PM-BA), para atender à demanda de organizações sociais e religiosas de proteger templos religiosos e prevenir a intolerância religiosa. O serviço deve atender ocorrências ligadas a crimes de intolerância religiosa e mediar conflitos.

24 comentários:

  1. Delegacia que irá privilegiar os adorados de satanás e prender os cristãos. estamos vivendo numa ditadura.

    ResponderExcluir
  2. Esse rebanho de FDP não consegue resolver os casos que tem no dia a dia, vem um vagabundo inventar mais o que não tem condições e nem crédito pra resolver

    ResponderExcluir
  3. Isto é falta do que fazer. Bando de FDP vagabundos vão se ferrar. Justiça políticos desembargadores juízes políciais todos vcs vão se ferrar cambada de parasitas

    ResponderExcluir
  4. Um "tapa" na cara, daqueles que diziam, que PT, iria fechar igrejas, ao contrário, estar dando suporte, para que tenham paz, e livre acesso ao culto religioso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reconheces no espelho um jumento com chifres de boi? Parabéns!
      Apenas a título de informação, o único animal com corpo de asno e cabeça de boi é o GNU. A propósito, seja plenamente o que és: Um adorador do cramulhão da rabada grossa! KKKKKKKKKKKKKKKK
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. Todos esses citados na matéria odeiam o Criador e servem à satanás... Quem lê a Bíblia, sabe que Ela fala contra tudo o que esses praticam. Só não está explícito, mas em breve vão criminalizar a Bíblia.

      A Bahia será destruída, estado mais pagão do Brasil.

      A paz que o mundo dá é oposta a paz que Jesus Cristo dá.

      Deixo a paz a vocês; a minha paz dou a vocês. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo. João 14:27

      "Se o mundo os odeia, tenham em mente que antes me odiou.
      Se vocês pertencessem ao mundo, ele os amaria como se fossem dele. Todavia, vocês não são do mundo, mas eu os escolhi, tirando-os do mundo; por isso o mundo os odeia". João 15:18,19

      E pra finalizar, não são israelitas, pois esses que se dizem israelitas são na verdade judeus sionistas, não tem descendência alguma acerca das tribos de Israel, são seguidores do judaísmo.

      Pra quem não sabe, mesmo sendo 0,2% da população brasileira, os judeus compõe 45% do STF. Maçons e judeus compõe 63% do STF.

      A outra peneira chegou, cada vez mais será separado o trigo do joio.

      Louvado e engrandecido sejas o Todo Poderoso, Criador dos céus e da Terra, meu Criador, meu Salvador, meu Redentor, sou propriedade somente Tua, YAHUAH e jamais pertencerei a esse sistema que está constituindo a Nova Ordem Mundial (governo do Anticristo).


      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que fdp burro.

      Excluir
    4. Tapa na cara? cade os representantes das igrejas? so to vendo ai um pretesto pra proteger a matriz africana, vitimizando, e demonizando as outras religioes.

      Excluir
  5. Vocês evangélicos que votaram no descondenado agora vão sentir na pele o Poder do Estado, essa policia não é para auxiliar vocês e sim contra vocês, se vcs em um culto falar qualquer coisa que ofenda um simpatizante do candomblé, ou de religiões de matriz africana, vocês vão dormir no xilindró....

    ResponderExcluir
  6. Abre outra de intolerancia a retardados outra pra os cavaleiros do zodiaco outra para os poquemons e outras pra caverna do dragão

    ResponderExcluir
  7. Porque essa discriminação? Cadê os representantes das igrejas Católicas, protestantes e etc? Por a caso não sofrem também discriminação?

    ResponderExcluir
  8. Segundo pesquisas, apenas 8% dos homicídios são elucidados no Brasil, seria mais interessante que o governo se preocupasse mais na apuração dos milhares de homicídios que ocorrem anualmente e que não há investigação, as famílias enlutadas agradecem.

    ResponderExcluir
  9. A vai te tomar no cu carai, tanta coisa pra fazer vai criar mas uma coisa para enfiar os amigos da politica se fuder.

    ResponderExcluir
  10. parabéns ao deputado Isidorio pela campanha que fez para Lula agora corno viado safado toma ae vão fechar teu centro de recuperção e tu so vai lamentar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Fala logo uma linguagem clara
    Delegacia do candoble, quando os importunado forem prestar queixa contra a perturbação já fica preso.

    ResponderExcluir
  12. Intolerância ao candomblé. Eles nunca tiveram preocupação com outras denominações.

    ResponderExcluir
  13. Já não era sem tempo. Tomara que essa Delegacia seja aberta de fato e de Direito. Os ufanistas de plantão têm memória curta e língua grande! A polícia invadia os terreiros, as igrejas são isentas de impostos e a intolerância está cada vez mais ativa. Digamos que, essa delegacia é para própria proteção dos ignóbeis , haja vista que o povo que segue a fé que eles chamam de "diferente" está disposto literalmente a tudo para resistir... mais uma vez!

    ResponderExcluir
  14. A religião é contrária aos interesses do povo .

    ResponderExcluir
  15. Engraçado essa turma do PT, pra eles religião é só de matriz africana. cade os representantes das outras religiões ? isso é so pra proteger uma menoria.

    ResponderExcluir
  16. Quanta bobagem para encantar jumentos! Até quando essa quadrilha petralha vai permanecer com esse canto de sereia surda e estropiada? Prometeram farra de cerveja com tira-gosto de picão, carroça nova, assentos em aviões para os jumentos voarem... Vê se pode? Não existe seriedade, somente molecagem e o caos. Esse povo que foi cortado do bolsa-esmola, necessita de trabalho para ganhar o próprio sustento e não se arrastar de joelhos à cata das migalhas que os vagabundos parasitas depositam na sarjeta para os asnos comedores de casca de banana e papelão viverem abaixados rastejando feito lesmas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse sacripanta fascista das 10:36h , está vestido com o uniforme da brutalidade. Hipócrita !

      Excluir
  17. Intolerância um caralho seus bandidos.

    ResponderExcluir