quinta-feira, 11 de janeiro de 2024

PF deflagra operação contra grupo criminoso que fraudava licitações

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (11), a Operação Mil Faces com o objetivo de desarticular grupo criminoso especializado na prática de fraudes virtuais e por telefone. Na ação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva em Porto Seguro.

Por meio das investigações foi possível localizar elementos que indicam a prática de habilitação fraudulenta de linhas telefônicas em nome de terceiros para fins criminoso. Com o material apreendido, será possível detalhar a extensão e finalidade das práticas criminosas. Diante dos fatos, os envolvidos poderão responder por crimes de estelionato, associação criminosa, dentre outros.

3 comentários:

  1. Olha, salvo engano de minha mente, ainda engatinhava quando em 1967, foram instituídas as modalidades de licitação, originalmente denominadas concorrência, tomada de preços e convite. A medida que o tempo passou, aquele pessoal voltado exclusivamente para as ações classificadas como desonestas, cada vaz mais buscaram uma "espertize" no assunto, apesar das inúteis tentativas dos "órgãos controladores da roubalheira", tentarem uma vã modernização nas ações de "impedimento e repressão". A partir daí surgiram centenas de milhares de bandidos especialistas e, especialmente, a chamada Quadrilha do Inferno ou Quadrilha Petralha, comandada pelo maior, mais eficiente, mais danoso e diabólico LADRÃO DE TODOS OS TEMPOS.

    ResponderExcluir
  2. Aqui em Una essa prática é corriqueira, Faustino da Mercearia Beija Flor já tem esquema montado com Gabriel Rucioleli, Rodrigo Caliman, esse Rodrigo em tão pouco tempo vem construindo um patrimônio gigantesco em Una, daí fica a pergunta? Será que os Vereadores são coniventes com essa tristeza realidade? É de doer o coração esses caras mudando de vída com o dinheiro Público, enquanto os mais carentes tem que comer Cestas Básica com alimentos com gorgulhos e carnes que só tem sebo. Tá na hora de fazer uma investigação minuciosa nessas licitações aqui de Una e Região.

    ResponderExcluir
  3. Alguém olha pra Itabuna?

    ResponderExcluir