quarta-feira, 3 de janeiro de 2024

Policial Militar é baleado e morto durante patrulhamento em bairro de Salvador


O policial militar Guilherme Alves Pinheiro, da 37ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), foi morto, na tarde da terça-feira (2), enquanto realizava rondas no bairro do IAPI, em Salvador. O soldado foi atingido na cabeça por um disparo de arma de fogo. Em decorrência desse incidente, as autoridades reforçaram o policiamento na localidade do Bem-Amado, situado no bairro do IAPI.

Mesmo após ser conduzido a uma unidade hospitalar para receber atendimento médico, o soldado Alves não conseguiu resistir aos ferimentos, resultando no seu falecimento. O aumento da presença policial na área conta com a mobilização de unidades táticas e especializadas, visando a identificação e prisão dos responsáveis pelo ataque fatal.

O homem suspeito de matar o policial foi baleado pela polícia e socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE) onde e teria confessado o crime. Adailton Sousa dos Santos está internado na unidade de saúde após ter trocado tiros com policiais.

Em comunicado oficial, a Polícia Militar expressou luto pela perda de seu membro, que sacrificou a própria vida em serviço, ressaltando o legado deixado por Guilherme Alves Pinheiro para a PMBA e a sociedade baiana. A instituição se une à dor dos familiares e amigos, comprometendo-se a investigar minuciosamente o ocorrido em busca de justiça e segurança para a comunidade.

10 comentários:

  1. já era de se imaginar que um dia os bandidos iria reagir as execuções e iria começar a matar policias. quem começou a matar não foi o bandido sim a policia

    ResponderExcluir
  2. Esses bandidos de farda agora ficam na entrada das bocas revistando tds que passam para tomarem o dinheiro que está no bolso, carteira, mochila. Eles nem revistam mais nada na pessoa ou no carro quando já encontram o dinheiro e roubam.
    Muitas pessoas são simples moradores das localidades e tbm são roubados pelos policiais.

    ResponderExcluir
  3. Esses bandidos de farda agora ficam na entrada das bocas revistando tds que passam para tomarem o dinheiro que está no bolso, carteira, mochila. Eles nem revistam mais nada na pessoa ou no carro quando já encontram o dinheiro e roubam.
    Muitas pessoas são simples moradores das localidades e tbm são roubados pelos policiais.

    ResponderExcluir
  4. Numca gostei de polícia. Hj o PCC e o CV tem mais crédito que esses policiais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um absurdo o que estamos vivendo nesse país... nenhum cidadão íntegro teria esse pensamento. Isso só pode ser fala de um vagabundo ou vagabunda merecedora de todo desprezo das forças de segurança. Não é pq existe bandido infiltrado nacorporação, que podemos generalizar. Aí do estado se não fosse ainda a polícia miserável !!!

      Excluir
  5. Ficamos sobre leis feitas por bandidos de paletó e gravata.Olha o que juízes e procuradores fizeram lá no Ceará. Cada um deles receberam mais de 157 mil cada um deles. Isso é o que? Ao meu ver assalto com um belo tapa na cara da sociedade. O maior criminoso hj neste país é a JUSTIÇA. Juízes procuradores delegados polícia em geral são bandidos.

    ResponderExcluir
  6. Nada de encontrar Gabriel do Nova Itabuna, já 2 meses e a polícia não investiga.

    ResponderExcluir
  7. Marmita de Zé droguinha.

    ResponderExcluir
  8. SE OS PRÓPRIO POLÍCIA SE MATA, NOVIDADE BANDIDO MATAR. AQUI EM BAIXO NESSA MEMSMA PAGINA TEM UMA REPORTAGEM DE UM PM MATOU O OUTRO KKKKKKKKK! FICA AÍ ATRÁS DE IRMÃO DE FARDA KKKKKK

    ResponderExcluir
  9. COmando e Governo mandando cartinha de Luto não vale de nada, tem que ter leis mas duras, mas como pode afetar também os vereadores, prefeitos, deputados, senadores eles nunca vão votar a favor de penas mas brandas.

    ResponderExcluir