segunda-feira, 5 de fevereiro de 2024

Indígena de 31 anos é encontrado morto em área de barragem no norte da Bahia

Um indígena de 31 anos foi encontrado morto na sexta-feira (02), na frente de uma barragem situada na zona rural de Glória, no norte da Bahia. A vítima foi identificada como Luanderson Gomes Bispo. Natural de Tacaratu, no Pernambuco, ele era da etnia Pankararu e morava em Paulo Afonso, também no norte baiano, há apenas três meses.

De acordo com informações apuradas pela TV São Francisco, afiliada da Rede Bahia na região, o homem mudou de cidade para cursar pedagogia no campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). A instituição emitiu nota de pesar.

Parentes disseram que Luanderson estava desaparecido desde o dia 25 de janeiro, quando saiu para a festa da padroeira da cidade de Glória, que fica a menos de 20 km de Paulo Afonso. Dias depois, a família registrou boletim de ocorrência e ele era procurado, desde então. Não foi detalhado se o homem estava sozinho ou acompanhado quando foi visto pela última vez.

Luanderson foi encontrado morto por bombeiros e moradores, às margens do rio São Francisco, na barragem de Itaparica, na zona rural de Glória. O corpo apresentava estado avançado de decomposição e não foi possível identificar se havia sinais de violência.

O Departamento de Polícia Técnica de Paulo Afonso foi acionado e fará necropsia, que irá determinar a causa da morte. Até o fim da manhã deste sábado (3), o corpo ainda não tinha sido liberado para sepultamento. A cerimônia de despedida será realizada em Tacaratu, na aldeia do povo Pankararu.|

Um comentário:

  1. Cadê a caravana do governo ja chegou por ai, ou so aqui onde tao tomando terra eles vao vir

    ResponderExcluir