segunda-feira, 18 de março de 2024

Casal e bebê são baleados e morrem após ataque de bandidos no Rio

Morreu o bebê de sete meses que estava com um casal dentro de um carro que foi atacado por criminoso em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro. O homem e a mulher morreram na hora, enquanto a criança, atingida na cabeça, chegou a ser socorrida. O crime foi registrado no domingo (17).

O veículo trafegava na estrada Bento Pestana, no trevo da Cova da Onça, quando foi abordado por bandidos em uma moto. Os criminosos emparelharam com o carro, efetuando os disparos. O automóvel era alugado, de uma locadora do município de São Gonçalo, onde a família morava. Raíssa dos Santos Ferreira e o marido, Felipe Rodrigues, não resistiram ao ataque.

O pequeno Miguel Felipe dos Santos Rodrigues foi socorrido por moradores e levado ao hospital Getulinho. Com o quadro agravado, a criança foi transferida para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, em estado gravíssimo.

A bala ficou alojada e passou por cirurgia durante a madrugada, mas não resistiu. As execuções são investigadas pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá. Policiais estão analisando imagens de câmeras de monitoramento e ouvindo testemunhas.

Vídeo:

3 comentários:

  1. A quadrilha chegou com tamanha força e extremamente reorganizada que aquelas empresas do petrolão, ODEBRECHT e OAS, que distribuíam bilhões de reais roubados do povo para os bandidos petralhas, colocaram novas fantasias e máscaras e já estão "operando" na Petrobras, Embasa, etc, etc... Daí o ódio do LADRÃO DESCONDENADO e dos ladrões petralhas quando um presidente privatiza uma empresa pública fonte dos roubos bilionários dos bandidos. Cada empresa privatizada reduz leque de fontes dos roubos, pois todas as empresas públicas, tanto servem de cabides de empregos para os bandidos parasitas de verbas públicas, como o meio para os roubos. Pior, agora que o judiciário está totalmente aparelhado pró criminosos, não existe nenhuma maneira de investigar os roubos do Ladrão e sua quadrilha petralha que estão ocorrendo em todos os setores. Agora os ladrões estão blindados pelas leis e a justiça, assim, pode, roubar á vontade sem o menor receio de serem flagrados com milhões em fundos de previdência por culpa da venda de produtos "avon" ou escondidos em malas, caixas e sacolas em aprtamentos, de terceiros?
    Pois é, os petralhas roubam, nunca sabem de nada, a culpa é dos adversários, pois eles, embora sejam ladrões contumazes, se acham LADRÕES DO BEM!
    Arnaldo? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. Esse é o resultado da política de "amor aos bandidos" implantada pelo Ladrão Descondenado e dos quadrilheiros petralhas. Eles fingem algumas ações "contra" os parceiros e os dois "fugitivos postos em liberdade", apesar das pantomimas empregando centenas de "atores federais" continuam passeando pelas "belezas" sertanejas. Basta analisar o propagandeado projeto de lei do governador-fantoche intitulado "Bahia pela paz" ou "Amor aos bandidos"? Enquanto os trabalhadores e pais de família morrem, assassinados pelos bandidos, o desgovernador acha normal, mas quando morre um parceiro...

    ResponderExcluir