quinta-feira, 21 de março de 2024

Condenado por estupro na Itália, STJ decide que Robinho deve cumprir pena no Brasil

Nesta quarta-feira, 20 de março, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) chegou a um consenso para que o ex-jogador Robinho cumpra sua sentença de 9 anos por participação em um caso de estupro coletivo no Brasil.

O caso que resultou na condenação de Robinho ocorreu em uma boate em Milão, em 2013, onde uma mulher albanesa foi vítima de violência sexual enquanto estava inconsciente, após ser drogada por seis homens. Embora os condenados alegassem que o ato foi consensual, a Justiça italiana reconheceu os abusos e deu razão à vítima.

O Ministério da Justiça da Itália solicitou a extradição de Robinho, que atualmente reside no Brasil. Contudo, o governo brasileiro recusou o pedido com base na proibição constitucional de extradição de cidadãos brasileiros. Assim, a alternativa foi que a Justiça italiana solicitasse que Robinho cumprisse sua pena no Brasil.

6 comentários:

  1. Mais um estuprador bolsonarento

    ResponderExcluir
  2. O melhor lugar do mundo para se cumprir uma prisão, é no Brasil.... Terra de banana! KKK

    ResponderExcluir
  3. Tinha que mandar essa praga pra lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixe de ser hipócrita, seu fornecedor de furico! Se o cara surgisse na sua frente e recusasse lhe esfuricar, você certamente iria processá-lo por discriminação furical, não é, corno?

      Excluir
  4. Volto a dizer se fosse no Brasil, ia ser condenado, alguns dias depois descondenado pelos meninos kkkkk, foi ser condenado em país sério, vai ter que cumprir aqui kkkkkkk onde já se viu? Os condenados aqui ficam livres kkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Cadê a condenação para os políticos ladrões deste país???
    Jamais acontecerá.
    Chumbo grosso para o pobre cada vez mais pobre, concentração de renda e muita corrupção.

    ResponderExcluir