quarta-feira, 3 de abril de 2024

Suspeito de atropelar ex-vereador no interior da BA se apresenta à polícia; motociclista não tem CNH

O motociclista suspeito de atropelar o político Noeci Salgado, de 74 anos, se apresentou à polícia de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, na terça-feira (2), 12 dias após o acidente. O atropelamento aconteceu em 21 de março e o idoso está internado em estado grave desde então.

Após a colisão, o suspeito não prestou socorro e fugiu. De acordo com a polícia de Vitória da Conquista, o ele não tem habilitação para pilotar motocicleta e usava os dados de outra pessoa para trabalhar como piloto de aplicativo.

O acidente aconteceu no centro da cidade, na Av. Otávio Santos. A vítima é o ex-vereador e atual vice-presidente do diretório municipal do PT.

Uma câmera de segurança flagrou o momento da colisão. No vídeo, é possível ver que Noeci esperou que os carros parassem para atravessar a pista, mas uma moto em alta velocidade atingiu o ex-vereador quando ele já terminava o percurso.

Após a batida, o suspeito levantou a moto, observou a vítima e fugiu em seguida. Segundo a Polícia Civil de Vitória da Conquista, antes de se apresentar na delegacia, o suspeito já havia sido identificado, mas não foi encontrado na casa onde vive. 

A família do suspeito recebeu uma intimação para que o suspeito se apresentasse no Distrito Integrado de Segurança Publica da cidade, mas também não compareceu na data marcada. Apenas na terça-feira, quase duas semana após o acidente, o suspeito foi até a delegacia na companhia de uma advogada.

Após o depoimento, o suspeito foi liberado. Segundo a polícia, a liberação ocorreu porque, apesar da prisão temporária ter sido solicitada à Justiça, ela ainda não foi decretada. A moto que o o suspeito pilotava no momento do acidente, que estava escondida, foi apreendida pela polícia e passará por perícia.

Um comentário:

  1. vai responder por dois crimes com certeza se a justiça for feita conforme os procedimentos legais.

    ResponderExcluir