terça-feira, 11 de junho de 2019

Bombeiro agride ex-companheira e comete suicídio em Paulo Afonso


O centro da cidade de Paulo Afonso (BA) foi palco de uma tragédia em família que resultou na morte de um policial bombeiro militar nesta terça-feira (11). O fato aconteceu na rua do Bom Conselho, momento em que o bombeiro agrediu sua ex-companheira, com uma coronhada na cabeça e um tiro na perna. Com a aproximação da polícia no momento da agressão, posteriormente o bombeiro policial, identificado como Sargento Carlos Ribeiro, adentrou em uma residência e acabou se matando, atirando na sua própria cabeça.

Ainda de acordo com informações da PM, em conversa com alguns familiares, Ribeiro não aceitava o fim de um relacionamento, já que sua ex-companheira teria entrado com o pedido de divórcio.

A Polícia Militar isolou o local até a chegada do SAMU, que constatou o óbito do sargento. A mulher que até então não teve sua identidade identificada, foi encaminhada pela equipe médica para o Hospital Nair Alves de Souza.

5 comentários:

  1. Cachorradas parece até que só tem uma galinha no pedaço onde ele morava o mundo cheio de mulheres e tantas galinhas como a dele que dava pra outros machos precisou ele fazer isso se ela não queria mais ele realmente porque já estava com outro galo

    ResponderExcluir
  2. ELEITOR DE BOZONARO.

    VALENTÕES COM AS MULHERES.

    O TAL MC REAÇA foi pelo mesmo caminho.

    Agrediu mulher grávida.

    O bom que eles mesmos estão usando armas.


    Eleitor de Bozonaro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu chefe ladrão está na cadeia e vai ficar lá por muito tempo. Dê seu grito de ódio e de derrota. Lula respeitava tanto a mulher que tinha vários casos. Quando a mulher dele morreu entregou a culpa da compra do apartamento nas costa dela.

      Excluir
  3. Se fosse eleitor do pt não fazia nada. Afinal todos os petralha são cornos conformavel.

    ResponderExcluir