terça-feira, 10 de setembro de 2019

Mulher é assassinada a marretadas e corpo é escondido em quintal de bar; esposo é suspeito

Policiais da 4ª COORPIN/ Santo Antônio de Jesus prenderam, nesta segunda-feira (9) Antônio dos Santos Borges, 44 anos, acusado de matar a esposa com golpes de marreta. A vítima, Maria Damiana dos Santos, 55 anos, estava desaparecida desde o dia 01 de setembro. Apesar de a filha da vítima só ter registrado na delegacia o desaparecimento da mãe na última sexta-feira (6), Maria Damiana foi assassinada na noite do dia 31 de agosto. Após investigações, os policiais realizaram uma campana e conseguiram pegar Borges em uma oficina mecânica onde estava o seu carro.

Após encontrarem o celular da vítima por baixo do pneu estepe, o acusado confessou o feminicídio e contou que ocultou o cadáver da esposa, com quem também dividia um comércio. Segundo relato policial, Borges deu detalhes sobre o crime e reagiu com frieza. Ele enterrou o corpo de Maria Damiana no quintal do bar do casal e disse que, na noite do dia 31 de agosto, aplicou golpes de marreta na cabeça da vítima enquanto ela dormia. Depois, abriu uma cova rasa no fundo do estabelecimento comercial e a enterrou. Quando familiares e amigos perguntavam sobre a mulher, ele dizia que ela teria ida embora sem dar qualquer informação. O acusado foi preso em flagrante e está à disposição da Justiça. A motivação para o crime não foi esclarecida ainda.

2 comentários:

  1. Se ele não matou ela para ficar com algum pertence dela deve ter sido mais por causa de alguma puta que com certeza estava envolvido, tem que matar esse marginal tbm ante que ele mate mais outras se essa mulher tem filhos de sangue quente que não seja filho desse monstro ai ele pode esperá que a vez dele vai chegar

    ResponderExcluir
  2. Essas mulheres tbm dá osadía a qualquer vagabundo que aparece cantando elas ai leva para dentro de casa só pra ter um pinto sem saber quem é a cobra ai acaba acontecendo essas coisa

    ResponderExcluir