quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Bahia tem aumento do índice de estradas classificadas como péssimas ou ruins em 5 anos

As estradas que cortam a Bahia avaliadas com qualidade péssima ou ruim aumentaram nos últimos cinco anos. Enquanto em 2015 o estado geral da malha viária do estado era de 5,9% péssimas e 13,6% ruins, neste ano os índices passaram para 6,5% e 16,2%, respectivamente. Os dados são da Pesquisa Rodovias, realizada anualmente pela Confederação Nacional de Transportes (CNT).

Também houve crescimento no estado das rodovias consideradas pela CNT como ótimas. Elas passaram de 8,5% em 2015 para 10,5% em 2019. O índice de rodovias classificadas como regulares caiu desde 2015, em que eram 36%, e chegou aos 34,8% atuais. Já aquelas consideradas boas há cinco anos (36%), após um pico de 38% no ano passado, fecharam este ano com um índice de 32%.

EXTENSÃO FEDERAL


Quando se observa a qualidade dos trechos de rodovias federais que passam pela Bahia houve crescimento no índice dos quilômetros considerados ruins e também nos ótimos. Em 2015 a extensão federal classificada como ruim era de 8,2%. O número passou para os atuais 13,7%. O aumento das rodovias federais ótimas foi menor e passou de 9,1% para 11,2% nos anos em questão.

O total de estradas apontadas como boas oscilaram negativamente e passaram de 41,4% para 35,4% nos últimos cinco anos. Realidade semelhante a daquelas apontadas pela CNT como regulares, em que a alteração foi de 39,1% para 38,5% neste mesmo período. As rodovias péssimas caíram pela metade. Enquanto em 2015 elas eram 2,2%, em 2019 passaram a ser 1,1%.

EXTENSÃO ESTADUAL

A malha viária estadual da Bahia com qualidade avaliada como ruim, regular e boa pela CNT diminuiu nos últimos cinco anos, enquanto aquelas péssimas e ótimas apresentaram crescimento. As boas passaram de 24,4% em 2015 para 23,9%. As regulares de 29,1% para 26,2%. E as ruins de 25,5% caíram para 22,2%. A Bahia registrou um crescimento de 5,2% na extensão estadual considerada péssima de 2015 a 2019. O aumento das estradas ótimas foi menos expressivo, de apenas 1,5%.

Em 2019 apenas 28,38% dos recursos necessários para recuperar as rodovias da Bahia foram investidos, de acordo com a CNT e a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra). A Pesquisa CNT Rodovias 2019 apontou que é necessário um investimento de R$ 2,10 bilhões para recuperar as rodovias que cortam o estado com ações emergenciais, de manutenção e de reconstrução. O documento revelou que 57,5% da malha rodoviária pavimentada na Bahia apresenta algum tipo de problema, sendo considerada regular, ruim ou péssima. Os outros 42,5% da malha são considerados ótimos ou bons.

9 comentários:

  1. Ai ano que o governador Ruim passa um asfalto que só dura as eleições pra tapear os otarios e ta tudo bem !

    ResponderExcluir
  2. não fale do meu governador !!! sai Dai verdinho com essa noticiá furada vocês conseguiu essa pesquisa aqui em Itabuna só se for kkkkkkkkkkk porque não estou vendo essas estradas ruins não ate a br 163 que ha anos não tinha asfalto já estão terminando de fazer o asfaltamento a transamazônica tinha 20 anos sem asfalto agora estão fazendo. Só o verdinho e a Globolixo com essas pesquisas sem nexo mesmo.
    Agora poste meu comentário !
    Poste uma reportagem promissora tbm !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai para Itaju, Santa Luzia E OUTROS CANTOS

      Excluir
  3. Vamos falar então do municipio de BANCO CENTRAL onde os recursos da estrada (cascalho) foi desviado, a estrada está pessimas condiçoes, assaltos a carro inclusive, a solucao é tocar fogo em pneus e fechar a BR 101.
    Municipio de INEMA quem vive la sabe o caos que é, o cidadao trabalha igual um cavalo na roça e em troca o governo e municipio da uma estrada horrivel de se transitar

    ResponderExcluir
  4. Cadê o tal do correria??? kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Otario do comentário 8:56 com toda certeza mais um alienado do pt , já que as estradas estão boas coloca seu carro nessas BBa, seu otario , estradas essas que tem mais de 15 anos de promessas de reforma e nada , só dando prejuízo ao pai de família que precisa passar por elas todos os dias , vá seu merda pega a estrada e depois montra a conta da revisão

    ResponderExcluir
  6. É muitos buracos tamanho G. Turma de ladrões safados.

    ResponderExcluir
  7. CONTINUEM VOTANDO NO PT DE RUIM BOSTA JUMENTOS DE ESQUERDA. A BAHIA ESTA UMA MISÉRIA DEM EDUCAÇÃO. SEM SEGURANÇA E SEM SAÚDE.

    ResponderExcluir