quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Dupla é presa logo após assalto em Gandu

A Polícia Militar e a Polícia Civil conseguiram frustrar a ação criminosa de uma quadrilha na cidade Gandu. O fato aconteceu na tarde desta segunda-feira (11) após os indivíduos praticarem um roubo com uso de arma de fogo em uma loja de eletrônicos no município. José Raimundo Rocha Santos, de 38 anos, e Tiago Viana dos Santos, de 33 anos, foram presos em flagrante, logo após o crime.

De acordo com a polícia, os dois indivíduos entraram na loja enquanto um terceira os aguardava no carro. José Raimundo chegou a ameaçar o proprietário do estabelecimento e um cliente com um revólver cal. 38, subtraindo aparelhos celulares, televisores, relógios, eletrônicos e uma quantia em dinheiro. Logo após o roubo, José acabou preso pela Polícia Civil no centro da cidade, sendo apreendida a arma de fogo utilizada no crime e parte dos produtos subtraídos. Em seguida, a Polícia Militar prendeu Tiago tentando fugir pela BR-101, apreendendo o veículo utilizado no crime e recuperando outros bens subtraídos.

Na ocasião, lavrou-se Auto de Prisão em Flagrante dos autores por roubo qualificado e receptação, ficando custodiados na delegacia local à disposição da Justiça. De acordo com o delegado, José Raimundo teria deixado o presídio há dez dias, enquanto Tiago está no regime semi-aberto, tendo direito a sair durante o dia para trabalhar e a noite cursa direito em uma universidade particular, retornando ao presídio para dormir. Os bens recuperados foram restituídos às vítimas e o Inquérito Policial irá identificar o terceiro autor do crime.

Prepostos da Polícia Rodoviária Federal, que também atuaram nas buscas pelos autores, identificaram que o veículo utilizado pelos criminosos é roubado e apresenta adulteração dos sinais de identificação, ostentando placa de veículo diverso. A integração entre a Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal intensificou o combate à criminalidade em Gandu e até o fechamento dessa matéria o município contabiliza 116 dias sem registro de homicídio, sendo o período mais longo nos registros do Sistema de Gerenciamento Estatístico da Secretaria de Segurança Pública.

4 comentários:

  1. de novo ? essa dupla ai é mais conhecida que farinha de mandioca !

    ResponderExcluir
  2. Deveria ter matado, filhos das putas vivem as nossas custas comendo de graça no presídio e com visita íntima, tinham que deixar esses demônios se acabarem no presídio.

    ResponderExcluir
  3. de novo thiago!!! ladrao de carro e agora loja

    ResponderExcluir
  4. Quem nunca errou atire a primeira pedra , eu defendo e sempre irei defender ele .

    ResponderExcluir