domingo, 24 de novembro de 2019

Juiz baiano é preso pela Polícia Federal

A Polícia Federal prendeu o juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio, da 5ª vara de Substituições da Comarca de Salvador, em um desdobramento da Operação Faroeste, que apura um esquema de vendas de sentenças relacionadas à grilagem de terras no oeste do estado, que afastou o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e mais cinco magistrados. A prisão ocorreu na manhã deste sábado (23) e é válida por cinco dias. 

De acordo com a Polícia Federal, o mandado de prisão temporária do juiz foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que também expediu o mandado de prisão temporária de José Valter Dias, que não foi localizado pela polícia. José Valter Dias é apontado como um dos maiores proprietários de terra do oeste baiano. O juiz Sérgio Humberto de Quadros Sampaio estava afastado do trabalho desde a última terça-feira, quando começou a operação. Ele e outros quatro desembargadores, entre eles o presidente do TJ-BA, Gesivaldo Britto, são investigados no suposto esquema de venda de decisões judiciais, além de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico de influência no estado. Segundo a decisão do STJ, essas duas prisões só foram decretadas agora porque os dois suspeitos não foram encontrados durante as buscas realizadas na última terça-feira. O ministro Og Fernandes destaca que a medida foi necessária para preservar a investigação e evitar fugas. 

Ainda de acordo com a decisão do STJ, o juiz Sérgio Humberto mantinha uma vida de luxo em uma residência avaliada em R$ 4,5 milhões e aluguel mensal de R$ 10 mil, fora a taxa condominial. Foram encontrados na casa do juiz quatro carros de luxo, entre eles um porsche e uma BMW, além de três relógios rolex e joias. Segundo o ministro Og Fernandes, esse patrimônio ultrapassa o patamar normal financeiro de um servidor público. O G1 não conseguiu contato com a defesa do juiz preso neste sábado até a última atualização desta reportagem. (G1)

15 comentários:

  1. Juiz baiano foi conduzido!
    Preso quando for julgado e sentenciado!
    O mesmo está a disposição dá justiça!

    ResponderExcluir
  2. verdinho seja democratico e não tenha medo..publique os comentarios...EU ESTOU PENSANDO,,,UM JUIZ...UM SEMI DEUS....PORQUE ELES SE ACHAM SEMI DEUSES..INTOCAVÉIS,,,,PRESO,,,VENDENDO SENTENÇAS......DEVE ROLAR MUITO DINHEIRO,,,

    ResponderExcluir
  3. Esses são os juízes brasileiros, 99% filhos de papai que não tá bem aí para os mais necessitados, ao tirar Lula do páreo, mostra isso, acabou com a economia do país ao colocar um incompetente no governo

    ResponderExcluir
  4. EM QUEM PODEMOS CONFIAR...
    SO EM ((DEUS)))
    QUANTA AMBICAO SEU JUIZ.VIOLOU OS ESTATUTOS DO JJURAMENTO QUANDO FOI EMPOSSADO.
    SE A LEI FUNCIONAR DE VERDADE VC VAI TER QUER PEGAR CARREGO NA FEIRA DE ONDE VC VEIO.
    SEM CONTAR COM O DESPREZO QUE TERA.
    ENVERGONHOU A FAMILIA O ESTADO OS AMIGOS E SE PROPIO.ACREDITO QUE OS SERVIDORES MENOS GRADUADOS TAMBEM LAMENTA.
    CADEIRA VAZIA NO STJ

    ResponderExcluir
  5. ladrão ... que seja condenado esse capiroto

    ResponderExcluir
  6. BANDO DE FILHO DA PUTA, FERRANDO A VIDA DAS PESSOAS

    ResponderExcluir
  7. ALGUNS JUÍZES DE ITABUNA AGORA ESTÃO ARREGADOS NÉ, VAMO VER O QUÃO RÁPIDO ELES CONSEGUEM APAGAR O PRÓPRIO PATRIMÔNIO ACUMULADO

    ResponderExcluir
  8. Galera só passando aqui para dizer que esse país não tem mais jeito,qualquer um que se eleger vai roubar e nunca vai fazer algo melhor para esse pais,porque na verdade todos são corruptos,poliçias não todos,mas presidentes,governadores,deputados,senadores,juízes etc.

    ResponderExcluir
  9. Jaques Wagner, não foi preso e olhe que com ele foi encontrado ate relógio cravejado de brilhantes, sera que o STJ. nao sabe disto? ou so que crucificar o Juiz, que vive trabalhando, sera que o Magistrado não vem de família abastada? antes de crucificar precisa ver porque depois de manchada a honra, nao limpa mais, mesmo sendo provada a inocência.

    ResponderExcluir
  10. Será que este mesmo esquema é o caso do ICMBio com a reserva biológica de Una em relação com a demarcação da área do Revis?? Ministério público fique de olho por favor.

    ResponderExcluir
  11. CADEIA NESTES LADRÕES DE GRAVATA. TRAVESTIDOS DE AUTORIDADES.

    ResponderExcluir
  12. Parabéns para PFB, estão de olho nos majestrados, eles tem que saber que quando erram existe justiças sim, mas infelizmente, juizes são político, promotores são políticos, não agravando a todos, mas tinham ser honens não moleques.

    ResponderExcluir
  13. Logo irá aparecer alguém para defende-lo, porque! Alguém grande deve favor a ele e assim sucessivamente é Brasil onde um esconde os erros dos outros, mas tenho fé em Deus que antes morrer verei o país ser entregue ao exército, e a sim voltar o respeito a moral e os bons costumes.

    ResponderExcluir