segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Trump diz que 'não se importaria' de negociar com Irã: "depende apenas deles"

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse em seu Twitter na noite deste domingo que "não se importaria" de negociar com o Irã. "Depende totalmente deles", afirmou o republicano, colocando como condições para voltar às tratativas o fim da repressão aos protestos que ocorrem no país persa e a abdicação de posse de armas nucleares por parte do regime.

O líder da Casa Branca ainda afirmou que o Conselho Nacional de Segurança americano sugeriu, hoje, que sanções e protestos "sufocaram" o Irã, o que obrigaria o país a negociar. Em meio à crise entre as nações, os EUA, na última sexta-feira, 10, confirmaram a imposição de sanções a Teerã, que assistiu a protestos neste fim de semana após o governo local confirmar sua responsabilidade na queda de um avião ucraniano.

4 comentários:

  1. O CINISMO DESSA MÚMIA É DEMAIS! O IRÃ TEM QUE TOMAR MEDIDAS CONTRA ESSE TRASTE!

    ResponderExcluir
  2. sei que não sou ninguém comparado com esses ricaços ai. más, se tratando de país de primeiro mundo, como pode pegar um psicopata desse, nojento, e votar para ser presidente? que primeiro mundo é esse que gosta de bandido para dirigir o país.parece até o brasil !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha aí os petralhas querendo entender de política internacional. Vão "deschifrar" o furico de Lulaladrão cambada de filhos de uma ronca e fuça. Petralha entende de roubos,assaltos,assassinatos de "cumpamheros" e de chifres.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
  3. Vai lá pai negociar no IRÃ

    ResponderExcluir