sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

'Não sou esse monstro', diz goleiro Jean sobre episódio de agressão à esposa

O goleiro Jean, reforço contratado pelo Atlético-GO, foi apresentado hoje (13) e falou pela primeira vez sobre o caso em que é acusado de agredir a esposa, Milena Bemfica, durante férias nos Estados Unidos.

"Peço desculpa a todas as mulheres. Não sou esse monstro que a imprensa fez de mim", comentou.

O episódio ocorreu em Orlando, na Florida, na madrugada do dia 18 de dezembro de 2019. O atleta diz que ainda não havia se pronunciado porque estava "impossibilitado pela Justiça Americana".

"Toda história tem dois lados, mas nada justifica a agressão. Fiquei totalmente errado. Não estou dizendo que pela história ter dois lados eu estou certo em agredir. Foi uma reação que eu tive. Nunca tinha agredido ninguém. Quem me conhece há mais tempo sabe de toda a minha história e se surpreendeu com o que aconteceu. Mas tem coisas que eu só vou poder falar em breve", disse.

18 comentários:

  1. Goleirinho fraco!! Volta p o time de sardinhas!!

    ResponderExcluir
  2. E FACIL FALAR DEPOIS QUE ESTA SEM ALCOOL OU OOTRAS COISAS NA CABEÇA FAZEM AS BESTEIRAS DELES AGORA DAR UMA DE SANTINHOVAI PRA LA

    ResponderExcluir
  3. CUIDADO HOMENS QUE SAO BEM SUCEDIDOS.
    O MUNDO TA CHEIO DE MULHER RUIM,QUE SÓ ESPERAM UM CARA RICO APARECER,PARA ELA CASAR E DEPOIS FERRAR O POBRE COITADO DOMINADO PELA BELEZA.
    JÁ DIZIA OS RACIONAIS MCS "CÃO DE BUCETA E SAIA".
    SEJAM ESPERTOS,TUDO QUE VCS TEM,CSAO TENHAM FILHOS,OU MÃE, PONHAM SUAS FORTUNAS NO NOME DE SEU FAMILIAR DE CONFIANÇA.
    O MUNDO TA CHEIO DE CACHORRAS PROCURANDO UM "OSSO COM CARNE PRA MORDER" QUÉM SERA A PROXIMA VÍTIMA..?
    QUANTOS JOGADORES E ARTISTAS TEM CASAMENTO LONGO..? POUQUISSIMOS NÉ?
    SEGUE O EXEMPLO MENINOS!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois desse seu comentário
      Certeza maior que vc não gosta de
      MULHER!!!

      Excluir
  4. Quem mandou casar com puta, soube que tem vários vídeos e áudios desta sua mulher!

    ResponderExcluir
  5. Uma vez puta, sempre puta...

    ResponderExcluir
  6. O cara é capaz de deixar as filhas passarem necessidades ! Que tipo de homem ! Você é um lixo cara !

    ResponderExcluir
  7. Parabéns meu velho !!
    Só em princípio reconhecer o erro e pedir perdão publicamente , por ser um kr público , já é nobre . Agora aos poucos mostrar o seu valor !

    ResponderExcluir
  8. problemas particulares cabe a si resolver, más no caso desse é imperdoável, eu se fosse o patrocinador do clube não ia querer minha marca envolvida com um crime desse! independente razão desse ou daquele. esse cara poderia ter matado a esposa.

    ResponderExcluir
  9. Pessoal tem um livro bom que to lendo que e homem que bate em mulher e gay. Ele precisar ler esse livro e muito bom.

    ResponderExcluir
  10. Vc falou certo se vc fosse o patrocinador pena que ñ e otário!

    ResponderExcluir
  11. É vc lendo esse livro ai tá se sentido gay tmb n kkk

    ResponderExcluir
  12. Pilantra desse bate em um homem vagabundo cachaceiro.

    ResponderExcluir
  13. Vc foi um otário Jean. Não se deve está agredindo a companheira, mais foi td que ela queria. Agora a justiça vai ordenar uma pensão gorda pra ela. Todo dia ela vai escolher uma dura diferente pra se divertir KKKKKK

    ResponderExcluir
  14. Vc foi um otário Jean. Não se deve está agredindo a companheira, mais foi td que ela queria. Agora a justiça vai ordenar uma pensão gorda pra ela e todo dia ela vai escolher uma dura diferente pra se divertir KKKKKK

    ResponderExcluir
  15. Nada haver esses comentários. Ele provou a mulher problemática que ela tem sido, o levou perder a cabeça e mais estavam separados e ele com as filhas e ela armou para ele. Vi um vídeo dela ameaçando ele, ela declarando que seria capaz de qualquer coisa para destruí-lo se ele não fosse a casa dela.

    ResponderExcluir
  16. Calma, vai fazer o quer deixar o cara passar fome? Quem somos nós pra julga lo? Somos mais Judas que Santo,e temos julgando,?todos nós sabemos que temos reação. Calma não somos diferentes dele.

    ResponderExcluir