terça-feira, 24 de março de 2020

Bolsonaro tem aprovação de 35% e reprovação de 33% na gestão da crise do coronavírus, revela Datafolha

Pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira (23) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mediu a avaliação do desempenho do presidente Jair Bolsonaro, dos governadores e do Ministério da Saúde na condução da crise do coronavírus.

A pesquisa foi realizada por telefone ouviu 1.558 pessoas entre quarta-feira (18) e sexta-feira (20) em todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja abaixo os resultados:

Avaliação do desempenho de Bolsonaro em relação ao surto de coronavírus

Ótimo/bom: 35%

Regular: 26%

Ruim/péssimo: 33%

Não sabe: 5%




Avaliação do desempenho do Ministério da Saúde

Ótimo/bom: 55%

Regular: 31%

Ruim/péssimo: 12%

Não sabe: 2%



Avaliação do desempenho dos governadores

O Datafolha apontou o percentual de entrevistados aprovam o desempenho do governador do seu estado:



Média dos entrevistados: 54%

Nordeste: 51%

Sudeste: 52%

Centro-Oeste/Norte: 56%

Sul: 61%



Declarações sobre a pandemia

A pesquisa também questionou os entrevistados sobre o que achavam das declarações de Bolsonaro de que havia uma "histeria" em torno do coronavírus. As respostas foram:

Discordam: 54%

Concordam: 34%

Não têm opinião: 8%

Não concordam nem discordam: 3%



Cumprimentos a manifestantes

Outro tópico da pesquisa foi o gesto de Bolsonaro de cumprimentar manifestantes em um ato pró-governo, mesmo quando já havia a determinação de autoridades de saúde para se evitar o contato próximo com outras pessoas, para evitar a disseminação do vírus.

Reprovaram o gesto: 68%

Aprovaram o gesto: 27%

Não opinaram: 4%


33 comentários:

  1. Segundo as pesquisas do "datapetralha", o presidente do Brasil é um certo Jaiminho laranja de um ladrão presidiário e cachaceiro, mais conhecido como Molusco Nove Dedos o gatuno galhudo. Dizem que este galhudo não possui pentelhos ao redor do furico, somente chifres. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. Vocês deveriam ter vergonha na cara, porra de pesquisa fraudulenta desse rede globo bosta kkkkkkkk!!!!!Deixem o mito em paz cambada de satanás!!!

    ResponderExcluir
  3. Kkkkk o quê o presidente tem a ver com o coronavírus kkkk ponha na conta da China

    ResponderExcluir
  4. O cara corta salário do trabalhador E AINDA TEM GENTE QUE APROVA ???????


    Brasileiro é lixo mesmo.

    País de merda.

    Povo de merda.

    ResponderExcluir
  5. DATA FOLHA???????? POR TELEFONE?? KKKKK, AGORA SÓ BASTA ACREDITAR QUE LULA LADRÃO NÃO É LADRÃO.KKKKK

    ResponderExcluir
  6. Deus colocou o Bolsonaro lá e somente ele o tira ! Pode juntar globolixo, datafalha, ibope. uol. band, verdinho, vermelhinho, azulzinho, amarelinho, rosinha,mas ele só sai de lá se Deus o Senhor quiser.

    ResponderExcluir
  7. Verdinho tá na onda da Globo. Uma tendência da pega! Todos lutando contra a epidemia e vocês trabalhando para influenciar a opinião pública. Deixem o cara em paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor comentário! Só lembrando q segundo o data folha Bolsonaro não seria o presidente

      Excluir
  8. O desempenho de rui 51% de aprovação? Pesquisa fajuta. Esse elemento gastou 73 milhões para o Carnaval de Salvador, distribuiu 15. 500 unidades de lubrificante em gel, não tomou uma única medida sanitária para, pelo menos minimizar os riscos do COVID 19, mesmo com o alerta mundial para a pandemia, agora está confiscando os materiais das empresas particulares. E é isso que tem 51% de aprovação? Me poupe? O Presidente criticado porque cumprimentou algumas pessoas e quem promoveu um Carnaval com milhares aprovado? Sei. Já vi essas "pesquisas" antes.

    ResponderExcluir
  9. Pesquisa paga da porra nada como injetar dinheiro

    ResponderExcluir
  10. Datafolha = Globo = Fake news

    ResponderExcluir
  11. Esses 33% são dos ptralhas,ladrões do dinheiro público bando de parasita....

    ResponderExcluir
  12. Mito 2022 com certeza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daqui até 2022 mito vai botar no seu caneco.

      Excluir
  13. Segundo o "Datafôia" Bolsonaro não vencia ninguém nas eleições e o Presidente segundo as "pesquisas" é o Poste Haddad kkkkkkkkk
    Resumindo: É verdade esse "bilete"....kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. DATAFALHA OU DATAPETRALHA SÃO UNS BANDIDOS MESMOS, PENSA QUE O POVO É OTÁRIO! FAZENDO POLÍTICA, COMO SEMPRE VAGABUNDA EM CIMA DA DESGRAÇA DOS OUTROS! SÃO UNS BANDIDOS MESMOS ! O POVO DE BEM NÃO É OTÁRIO NÃO!

    ResponderExcluir
  15. Só vamos lembrar q a pesquisa foi feita entre os eleitores do Bolsonaro. Acho q isso é um dado importante para a matéria. Vamos ser profissionais na informação senhor verdinho.

    ResponderExcluir
  16. Fake news eles estão na rua fazendo pesquisa e já pode?

    ResponderExcluir
  17. Imagine se Adad fosse administrar essa pandemia já estava um caos total. Bolsonaro tem gente capacitadas .não políticos nós cargos sangrando o Brasil de norte a sul .tamo junto Brasil.

    ResponderExcluir
  18. Quem encomendou a pesquisa, e outra o data foice não tem credibilidade, pertence a grupo foice de SP.

    ResponderExcluir
  19. Ótimo/bom: 35%

    Regular: 26%

    Ruim/péssimo: 33%

    Não sabe: 5%
    Ou seja, tá no caminho certo. Os números não mentem. Juntando ótimo/bom + regular = 61%. Talvez até maior, pois 5% não soube responder. Deu pra entender, queridos?

    ResponderExcluir
  20. Boa Noite;
    Graças a Deus com o advento da Internet e das redes sociais, não somos mais reféns de pesquisas de cunho político como essa. Embora ainda haja muitos alienados sociais, principalmente no nordeste. A maioria dos Brasileiros não acredita mais em pesquisas como essa. O que vemos no Brasil é o desmantelo de partidos políticos, que outrora dominavam o cenário nacional. Partidos mudando de nome e de sigla, na intenção de mascarar os anos sombrios em que dominavam a sociedade. O quadro agora é outro, a exemplo disso o atual presidente foi eleito democraticamente com mais de 65 milhões de votos, sem contar o estado do nordeste. Contrariando as pesquisas e estatísticas que ha anos influenciavam o voto do povo. Só que a mamata acabou, o Brasil tem uma nova cara e o povo agora tem opinião própria. (Williams Gennigs).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acrescento ainda ao seu lúcido e equilibrado comentário que, o povo brasileiro deveria fazer um melhor uso da internet para adquirir conhecimento e preparar-se para as mudanças que virão após o desfecho deste infortúnio. O sofrimento está ocorrendo mas irá amainar, contudo, após o domínio das consequências nocivas do coronavírus, teremos os efeitos devastadores da crise financeira mundial que atingirá o cambaleante estado brasileiro. Devemos nos preparar para garantir a governabilidade do presidente eleito democraticamente e não permitir que o país seja novamente dominado por criminosos fantasiados de políticos, cujo objetivo é somente pilhar o erário público. Que Deus tenha piedade do nosso povo miserável e ignorante e nos conceda a misericórdia divina!

      Excluir
  21. ohhh povo besta que adora perder tempo com esses lixos políticos,deem o caneco para os dois,pronto resolvido.

    ResponderExcluir
  22. Conselho para todos brasileiros inteligente , ignori o presidente e os idólatras dele, esculte quem estudou e buscou conhecimentos.

    ResponderExcluir
  23. Veja que explicação perfeita:

    Para facilitar o entendimento:
    ��Zezinho tem uma empresa e emprega 20 funcionários.
    ��Cada funcionário ganha 2500,00.
    ��Logo, Zezinho tem um gasto de 50.000,00 mensais com sua folha salarial.
    ��Com a quarentena do Corona Vírus, Zezinho vai ficar 4 meses sem poder abrir sua empresa.
    ��O presidente perguntou: " Zezinho, você vai conseguir arcar com 4 meses de salário dos seus funcionários (200 mil reais) se a sua empresa não estiver produzindo?"
    ��Zezinho: "Infelizmente não, senhor presidente".
    ��Para Zezinho não falir e deixar 20 pessoas desempregadas, o presidente sugeriu a suspensão temporária dos contratos de trabalho dos funcionários na seguinte condição: "Cada funcionário receberá um salário mínimo. O governo custeia a metade e a empresa a metade."
    ��Lembrando que após o restabelecimento da normalidade, os contratos de trabalho serão retomados com as mesmas condições atuais.
    ��Pedrinho é funcionário de Zezinho e durante a quarentena está 24 horas com a TV ligada na Globo.
    ��Pedrinho achou um absurdo ganhar só um salário mínimo durante esse período.
    ��Acendeu seu baseado e foi pra varanda bater panela e gritar "Fora Bozo".
    ��Com a repercussão negativa da imprensa golpista que enganou Pedrinho, o presidente cancelou a MP.
    ��Trajado com sua camisa do Che Guevara, Pedrinho pergunta ao presidente: "Como fica minha situação a partir de agora? Quem poderá me salvar, Bozonaro?"
    ��"A partir de agora, Pedrinho, você irá negociar diretamente com o seu patrão."
    ��Pedrinho então pega o Seu iPhone que comprou em 20 parcelas no último natal e manda um zap pro Zezinho: "bom dia, Seu José"
    ��"Bom dia, Pedrinho. Estava mesmo querendo falar com você. Por favor, venha ao escritório"
    ��Ao chegar no escritório com máscara cirúrgica, Pedrinho se senta na mesa do patrão, limpa as mãos com álcool em gel e ouve:
    ��"Infelizmente não vou conseguir pagar o salário de todos vocês. Pra não fechar a empresa, vou manter somente a Paula, a Fernanda e o Ricardo. O restante infelizmente vou ter que demitir. Assine aqui."

    (Texto retirado do Facebook).

    ResponderExcluir
  24. Veja que explicação perfeita:

    Para facilitar o entendimento:
    👉Zezinho tem uma empresa e emprega 20 funcionários.
    👉Cada funcionário ganha 2500,00.
    👉Logo, Zezinho tem um gasto de 50.000,00 mensais com sua folha salarial.
    👉Com a quarentena do Corona Vírus, Zezinho vai ficar 4 meses sem poder abrir sua empresa.
    👉O presidente perguntou: " Zezinho, você vai conseguir arcar com 4 meses de salário dos seus funcionários (200 mil reais) se a sua empresa não estiver produzindo?"
    👉Zezinho: "Infelizmente não, senhor presidente".
    👉Para Zezinho não falir e deixar 20 pessoas desempregadas, o presidente sugeriu a suspensão temporária dos contratos de trabalho dos funcionários na seguinte condição: "Cada funcionário receberá um salário mínimo. O governo custeia a metade e a empresa a metade."
    👉Lembrando que após o restabelecimento da normalidade, os contratos de trabalho serão retomados com as mesmas condições atuais.
    👉Pedrinho é funcionário de Zezinho e durante a quarentena está 24 horas com a TV ligada na Globo.
    👉Pedrinho achou um absurdo ganhar só um salário mínimo durante esse período.
    👉Acendeu seu baseado e foi pra varanda bater panela e gritar "Fora Bozo".
    👉Com a repercussão negativa da imprensa golpista que enganou Pedrinho, o presidente cancelou a MP.
    👉Trajado com sua camisa do Che Guevara, Pedrinho pergunta ao presidente: "Como fica minha situação a partir de agora? Quem poderá me salvar, Bozonaro?"
    👉"A partir de agora, Pedrinho, você irá negociar diretamente com o seu patrão."
    👉Pedrinho então pega o Seu iPhone que comprou em 20 parcelas no último natal e manda um zap pro Zezinho: "bom dia, Seu José"
    👉"Bom dia, Pedrinho. Estava mesmo querendo falar com você. Por favor, venha ao escritório"
    👉Ao chegar no escritório com máscara cirúrgica, Pedrinho se senta na mesa do patrão, limpa as mãos com álcool em gel e ouve:
    👉"Infelizmente não vou conseguir pagar o salário de todos vocês. Pra não fechar a empresa, vou manter somente a Paula, a Fernanda e o Ricardo. O restante infelizmente vou ter que demitir. Assine aqui."

    (Texto retirado do Facebook).

    ResponderExcluir
  25. essa desgraça é o idolo dos evangelicos brasileiros.

    ResponderExcluir
  26. Eu posso fazer uma pesquisa própria e lançar na mídia.
    Com ele com aprovação ou desaprovação.
    Do jeito que a coisa anda com esse fascista no poder o Brasil vai demorar de sair do estrago que ele vai deixar.

    ResponderExcluir
  27. Kkkkkk
    Esta imprensa imbecil viu.
    Onde foi entrevistado estas pessoas?
    O povo esta de quarentena e fugindo de tudo.

    ResponderExcluir