quarta-feira, 25 de março de 2020

Prefeitura de Coité decreta 'toque de recolher' por causa do coronavírus


A prefeitura de Conceição do Coité, cidade a cerca 235 km de Salvador, decretou um "toque de recolher", das 20h às 5h, por causa do novo coronavírus. Até esta terça-feira (24), o município não tinha casos confirmados da doença.

O decreto foi publicado na segunda-feira (23) e tem validade de 15 dias, podendo ser prorrogado. A medida prevê que "todo cidadão deve permanecer em sua residência, para evitar contaminação pelo novo coronavírus".

A circulação nos horários do toque de recolher fica liberada apenas para carros oficiais em serviço, ambulâncias e atendimento de urgência, emergência e prestação de socorro, profissionais de saúde em serviço, pessoas que trabalhem em atividades e outros serviços essenciais, além da fiscalização municipal.

Ainda no decreto, a prefeitura autoriza que agentes públicos solicitem o apoio da força policial, em caso de descumprimento da medida.

O documento detalha que quem descumprir as medidas será penalizado com base nas leis que preveem expor da saúde de outros a perigo e infração de determinação do poder público.

Até a manhã desta terça-feira, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) havia registrado mais de 70 casos de pacientes infectados com a Covid-19. Outros 725 casos suspeitos foram descartados.

Os municípios com casos positivos são: Alagoinhas (1); Barreiras (1); Brumado (1); Camaçari (1); Conceição do Jacuípe (1); Conde (1 – paciente reside em Campinas, em São Paulo); Feira de Santana (6); Itabuna (1); Jequié (1); Juazeiro (2); Lauro de Freitas (3); Porto Seguro (8); Prado (2); Salvador (46, sendo três pacientes residentes em localidades fora da Bahia); e Teixeira de Freitas (1).

5 comentários:

  1. Ditadura se estalou na cidade, falta de respeito com as pessoas onde fica o direito de ir e de vim? Ministério público se pronuncie reveja essa situação.

    ResponderExcluir
  2. os noia fumador de pedra de crack esses amaldiçoado de espirito imundo vai ficar sem fumar. o traficante vai ficar sem vender.

    ResponderExcluir
  3. O que eu fico me perguntando: Se em 7 de fevereiro/2020 foi publicado em jornais do mundo todo essa manchete: "Morte de médico que fez alerta sobre o coronavírus gera revolta na China". Por que o mundo não preocupou em se resguardar? No Brasil, preocupados com a economia, nossos governantes não deram a mínima. Só nos preparamos para a festa que mais atrai turistas estrangeiros: o Carnaval. Quando pensaram em fechar as fronteiras, o Corona Vírus já estava pulando o carnaval em nosso País. Já havia se instalado na Europa e em outros Continentes. O mundo subestimou o "Corona Vírus" e estamos pagando um preço muito alto.
    O brasileiro tem a fama de ser um povo solidário, mas também existem alguns empresários oportunistas, que, no momento de solidariedade, eles aumentaram os preços dos produtos de higienes que ajudam na prevenção. O álcool com gel, luvas e outros produtos, desapareceram, mas quando são encontrados, os preços elevaram mais de 300% em algumas cidades. O PROCON em São Paulo já multou e fechou várias farmácias por práticas de preços abusivos. Aqui na Bahia ainda não soube de nenhum órgão fiscalizador e temos preços abusivos também. Que o empresário leia bem o artigo 76, I a V - do Código do Consumidor antes das práticas abusivas.
    É hora de nos unirmos e não de oportunistas querendo ficar ricos com a essa crise de calamidade pública que chegou, atingindo a todos nós. Lembre de que sua saúde também vai depender da minha saúde. Só vá a rua se for necessário. Se comprar algum produto de prevenção, PEÇA A NOTA FISCAL E DENUNCIE AO PROCON SE OS PREÇOS FOR ABUSIVOS.
    Telefone PROCON Itabuna: (73) 3613-5210
    Email: proconitabuna@gmail.com
    Atendimento PROCON: 151 (ligação gratuita).
    Que Deus abençoe a todos e nos livre desse vírus.

    ResponderExcluir
  4. Eu já tou nas ruas só esperando o comércio abri pra paga as contas

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente com você!

    ResponderExcluir